Após repercussão negativa, Bolsonaro confirma desligamento de Alvim da Secretaria de Cultura

/ Brasília

Jair Bolsonaro demite Rodrigo Alvim. Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) utilizou as redes sociais no início da tarde desta sexta-feira (17) para comunicar o desligamento de Rodrigo Alvim da Secretaria de Cultura do Governo.

”Comunico o desligamento de Roberto Alvim da Secretaria de Cultura do Governo. Um pronunciamento infeliz, ainda que tenha se desculpado, tornou insustentável a sua permanência”, escreveu.

No Twitter, Bolsonaro reiterou o ”repúdio às ideologias totalitárias e genocidas, como o nazismo e o comunismo, bem como qualquer tipo de ilação às mesmas”.

“Manifestamos também nosso total e irrestrito apoio à comunidade judaica, da qual somos amigos e compartilhamos muitos valores em comum”, acrescentou.

O caso – Um vídeo em que o secretário da Cultura Roberto Alvim copia trechos de discurso de Goebbels sobre as artes provocou uma onda de indignação nas redes sociais na madrugada desta sexta-feira (17).

Os comentários estão fechados.