Na volta do São João e com aumento da oferta, preços do milho e amendoim caem na Ceasa de Jaguaquara

/ Jaguaquara

Saco do amendoim custando atualmente R$ 58,00. Fotos: BMFrahm

Faltando poucos dias para o São João, cresce a procura pelo milho e amendoim na Ceasa de Jaguaquara, um dos mais movimentados centros de abastecimento do Estado.

Diferente dos anos anteriores, quando em período de pandemia os principais ingredientes para comidas típicas da época entraram na lista dos vilões dos preços altos na Ceasa, o milho e o amendoim estão com preços mais acessíveis neste ano, quando o São João volta a ser realizado.

Em pesquisa realizada no interior do órgão neste domingo (19), por exemplo, a redação do BMFrahm constatou que, o preço dos produtos apresenta queda.

O saco do milho é encontrado por R$ 18,00 em Jaguaquara

Em 2021, o saco do milho verde com 20 kg era vendido por R$ 35,00. Hoje, é encontrado por R$ 18,00. Outro item que também sofreu queda é o amendoim, custando atualmente R$ 58,00, o saco com 14 kg, que no ano passado chegou a ser vendido por R$ 90,00.

De acordo com o gerente administrativo da Ceasa, Léo Lemos, a mudança nos preços do milho e do amendoim deve-se ao fato de que, apesar da procura ser maior com a volta dos festejos, a oferta também aumentou de forma significativa no mercado.

Jaguaquara vence Itapetinga por 1 a 0 no primeiro jogo das quartas de final da Copa Intervale

/ Esporte

Jaguaquara conquista importante vitória. Foto: Blog Marcos Frahm

No primeiro jogo das quartas de final da Copa Intervale, competição que envolveu, desde o início, 64 equipes de municípios baianos, a seleção de Jaguaquara venceu a equipe de Itapetinga neste domingo (19), em jogo disputado no Estádio Menandro Menahim.

Gol de Jaguaquara! Após cobrança de escanteio, o atacante Popó cabeceou e marcou o único gol que deu a importante vitória ao selecionado jaguaquarense, que no dia (3) de Julho irá repetir o duelo jogando em Itapetinga.

A torcida de Jaguaquara compareceu em bom número para empurrar o time em casa. Emissoras de rádio local e outra de Itapetinga fizeram a transmissão do jogo no Menandrão.

Confira os ouros resultados da rodada: Marcionílio Souza 1 x 1 Laje; Barra do Rocha 2 x 3 Wenceslau Guimarãs; Uruçuca 0 x 1 Cachoeira.

Jequié vence o Grapiúna por 2 a 1 e chega à 3ª colocação no Campeonato Baiano da Série B

/ Esporte

Vitória leva o time jequieense à 3ª colocação na fase. Foto: ADJ

O triunfo conquistado pela Associação Desportiva Jequié-ADJ, por 2 a 1, diante do Grapiúna, na tarde deste domingo (19), no estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista, leva o time jequieense à 3ª colocação na fase de classificação da Série B, do Campeonato Baiano 2022, com 13 pontos conquistados em sete rodadas da competição.

A ADJ, poderia inclusive deixar n gramado com um placar mais amplo, se o meia Felipe Alves, não tivesse desperdiçado uma cobrança de pênalti, aos 45 minutos da etapa final.

O atacante Rodrigo, abriu o placar para o Jequié, aos 32 minutos do primeiro tempo, cabendo a Joseph empatar para o Grapiúna. O gol da vitória da ADJ, foi marcado por Felipe Alves, numa belíssima cobrança de falta. Por uma falta dura, o zagueiro Maicon, do Grapiúna, foi expulso de campo, aos 38 minutos do tempo final.

O time do técnico Paulo Salles, volta a campo no próximo domingo (26), no estádio Waldomiro Borges, diante do Itabuna, pela rodada de nº 8.

O Jacobinense segue na liderança no campeonato somando 18 pontos; na segunda colocação o Juazeiro, com 14. em terceiro, o Jequié com 13 e, em quarto; o Galícia com 11, mesmo número de pontos do quinto colocado, o Botafogo.

 

Bahia registra 3.898 casos ativos de Covid-19 e mais 4 óbitos, diz boletim epidemiológico da SESAB

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 269 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,02%) e 367 recuperados (+0,02%). Dos 1.559.232 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.525.349 já são considerados recuperados, 3.898 encontram-se ativos e 29.985 tiveram óbito confirmado. Nas últimas 24h, o estado registrou 4 óbitos.

Os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas.

O boletim epidemiológico deste domingo (19) contabiliza ainda 1.901.365 casos descartados e 338.873 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas deste domingo. Na Bahia, 63.886 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento temos 11.608.765 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.706.361 com a segunda dose ou dose única, 6.157.305 com a dose de reforço e 443.086 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 961.500 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 539.161 já tomaram também a segunda dose.

Pastor evangélico de 30 anos é morto a tiros próximo à igreja durante ação policial em Ilhéus

/ Polícia

Alisson dos Santos Rocha foi morto a tiros. Foto: Redes sociais

Um pastor evangélico identificado como Alisson dos Santos Rocha, de 30 anos, morreu depois de ser atingido por tiros no bairro Nossa Senhora da Vitória, em Ilhéus, no sul da Bahia. O caso aconteceu no sábado (18) e moradores informaram que os disparos ocorreram durante uma operação policial na localidade.

Testemunhas disseram que viaturas e uma aeronave da Polícia Militar participaram da ação, próximo à igreja que a vítima frequentava. A PM negou que os tiros tenham sido disparados por agentes no helicóptero.

De acordo com os moradores, Alisson fazia um trabalho evangelístico na região no momento em que começaram os disparos. As pessoas correram e se esconderam atrás de um muro, mas ele foi atingido por um tiro no pescoço.

A Polícia Militar informou que equipes da 69ª CIPM faziam na localidade conhecida como Tangerina, quando um grupo de homens armados viram os policiais e efetuaram disparos de armas de fogo. Houve um revide e os suspeitos fugiram. Em seguida, a corporação disse que foi acionada por moradores informando que um homem havia sido atingido por tiro na Rua da Matriz, no mesmo bairro.

Ainda conforme a PM, outra equipe chegou ao local e encontrou a vítima amparada por moradores, que disseram que ele havia sido atingido durante a troca de tiros. A polícia disse que socorreu o homem e o encaminhou aos cuidados de socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas a vítima não resistiu aos ferimentos.

A ocorrência foi registrada na 7ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin). A PM acrescentou que todas as circunstâncias da ocorrência que resultou na morte do líder evangélico serão apuradas.

Protesto de moradores

Por causa da morte de Alisson, moradores fizeram um protesto no sábado e bloquearam um trecho da rodovia IlhéusBuerarema, na altura que corta o bairro Nossa Senhora da Vitória, em frente à sede de um módulo policial. Bombas chegaram a ser estouradas, e não houve registro de feridos.

Além de líder evangélico, Alisson também trabalhava como pintor e fazia trabalhos sociais na comunidade onde a igreja fica situada.

O corpo dele foi velado na Igreja Batista Sinai e sepultado no Cemitério do Couto, na zona rural de Ilhéus. O Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar disse que uma investigação foi iniciada para saber a origem do tiro que atingiu o religioso. As informações são do G1

Polícia Federal identifica outros 5 suspeitos de ocultar corpos de Dom Phillips e Bruno

/ Polícia

A Polícia Federal informou, na tarde deste domingo (19/6), que identificou cinco novos suspeitos de terem participado da ocultação dos cadáveres do jornalista britânico Dom Phillips e do indigenista Bruno Araújo Pereira, no Vale do Javari, no Amazonas. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.

Três pessoas já estão presas pelos assassinatos: os irmãos Amarildo da Costa de Oliveira, conhecido como ”Pelado”, que confessou o crime, e Oseney da Costa de Oliveira, ou Dos Santos além de Jeferson da Silva Lima, conhecido como Pelado da Dinha, que se entregou à polícia nesse sábado (18/6). Jeferson Lima teve prisão temporária de 30 dias decretada pela Justiça. Com informações do Metrópoles

Em ofício, ministro Edson Fachin reitera convite a Forças Armadas para reunião nesta segunda

/ Justiça


Presidente da Corte, Edson Fachin. Foto: Antonio Augusto/Secom/TSE

Após o ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira, solicitar uma audiência entre técnicos da Forças Armadas e da Justiça Eleitoral para discutir sugestões sobre o sistema de votação brasileiro e dirimir eventuais divergências técnicas surgidas nos trabalhos da comissão de transparência, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, enviou ofício ao ministro neste domingo (19), reiterando que cabe à comissão de transparência da Justiça Eleitoral discussões técnicas sobre o processo eleitoral deste ano.

No ofício, Fachin lembrou que já estava marcada uma reunião para esta segunda-feira (20), às 15h, para a qual o representante das Forças Armadas, general Heber Portela, já havia sinalizado presença.

”Como é do conhecimento de vossa excelência, a grande maioria das sugestões apresentadas no âmbito da comissão de transparência foram acolhidas, a indicar o compromisso público desta Justiça Eleitoral com a concretização de diálogo plural não apenas com os parceiros institucionais, mas também com a sociedade civil”, afirmou.

No documento, Fachin ressalta que espera a presença de Heber Portela na reunião e ressalta que renova o reconhecimento da Justiça Eleitoral ”não apenas pela contribuição das Forças Armadas no âmbito da comissão de transparência, mas sobretudo pelo valioso suporte operacional e logístico prestado por elas em todas as últimas eleições”.

A Justiça Eleitoral e o Ministério da Defesa têm trocado ofícios sobre questionamentos feitos pelas Forças Armadas a respeito do sistema de votação brasileiro.

A proposta de um diálogo ocorre após o ministro ter se queixado que as Forças Armadas não vinham sendo prestigiadas pela Justiça Eleitoral. Como resposta, o TSE divulgou uma lista das recomendações que foram acatadas para as eleições deste ano.

Festejos juninos: Setor hoteleiro espera ter ocupação de 50% no São João de Salvador

/ Entretenimento

O presidente da Associação da Indústria de Hotéis da Bahia, Luciano Lopes, afirmou em entrevista ao BATV que a expectativa do setor é que a taxa de ocupação dos hotéis atinja 50% em Salvador. O empresário explica que a programação de shows na capital baiana deve movimentar o turismo na cidade.Lopes comentou que, antes da pandemia, a taxa de ocupação dos hotéis durante o São João em Salvador girava em torno de 40% a 45%. Apesar da capital não ser um dos destinos tradicionais para as festividades juninas, o setor ainda espera ampliar seu faturamento por conta da fortes atrações artísticas na cidade.

“”Esperamos estar com a taxa de ocupação em torno de 50%, que é um pouco maior que o índice antes da pandemia em  que já chegamos a ter um índice de 35%. Esperamos que, após dois anos sem São João, a gente possa ter uma movimentação no estado como um todo”, afirmou o presidente da associação.

Em Ilhéus, no sul da Bahia, o presidente da Associação de Turismo, Átilla Eiras, afirmou que tem a expectativa que a taxa de ocupação atinja os 100%. No município de Ibicuí, a previsão também é de lotação máxima nos hotéis.

Ficou com vontade de curtir o São João em Salvador? Confira a programação completa no Parque de Exposições (clique aqui). Com informações do site Bahia Notícias

Festejos juninos são cancelados no município de Presidente Tancredo Neves, baixo sul da Bahia

/ Bahia

A prefeitura de Presidente Tancredo Neves, no baixo-sul da Bahia, anunciou em suas redes sociais, neste sábado (18), o cancelamento dos festejos de São João. A decisão foi tomada após o Ministério Público da Bahia (MP-BA) recomendar que o município cancelasse o evento por conta dos gastos que seriam custeados pela prefeitura.

A cidade foi uma das 164 da Bahia que decretaram situação de emergência por conta das chuvas no final de 2021. Em nota, a prefeitura afirma que propôs a manutenção da festa com a redução de mais de 60% dos gastos inicialmente previstos. A proposta era que a diminuição da verba deixasse o evento com custo de R$ 1.366.245,00

”Considerando os precedentes judiciais em cidades em condições similares, bem como, o entendimento que vêm sendo adotado pelo STJ, e visando evitar o emprego de dinheiro público de maneira irreversível na contratação de itens essenciais a realização dos festejos, sem qualquer segurança de sua realização, o prefeito Antonio dos Santos Mendes ( Toin do Bó), acatará a recomendação ministerial e cancelará as festividades juninas no município.” Com informações do G1

Quem nunca se esqueceu? Lapsos de memória podem não significar doença mental, diz psiquiatra

/ Saúde

Quem nunca passou pela situação de ao entrar em outro ambiente esquecer o que ia fazer ali? Esse lapso de memória é chamado de ”efeito porta”termo criado pelo professor de psicologia e ciências cognitivas da Universidade de Sheffield, na Grã-Bretanha, Tom Stafford. Ele considera que a memória falha, literalmente, ao se cruzar uma porta.

De acordo com a psiquiatra Danielle H. Admoni, a memória recente está ligada à atenção. ”Se a gente está focado em muitas coisas, a nossa atenção diminui e, consequentemente, a nossa memória recente também”, explica a professora da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp).

Segundo Danielle, o simples fato de a pessoa sair de um ambiente e pensar em outros assuntos vai fazendo com que ela tenha vários focos de atenção. Com isso, acaba esquecendo o foco de atenção primária. Para ter esses lapsos de memória, não é necessário que a pessoa esteja em um estado cognitivo vulnerável, com a mente muito sobrecarregada, mas que haja uma interposição de focos de atenção.

Situações de estresse ou quando a pessoa está com muitos problemas na cabeça para resolver, entretanto, aumentam as chances do ”efeito porta”. ”A gente está com a cabeça em mil outras coisas, tirando a nossa energia, e aquilo diminui a atenção para o que a gente está fazendo, com mil problemas, e não consegue focar no que está fazendo ali, naquele momento”.

Estudos feitos na Universidade de Notre Dame, nos Estados Unidos, e na Bond University, na Austrália, comprovaram que quando passamos por uma porta, podemos ter lapsos de memória em relação a objetos, a coisas materiais. Um exemplo típico é aquele em que a pessoa está na cozinha lavando louça e pensa em ir ao quarto pegar um fone para ouvir música. Ao chegar no quarto, contudo, ela esquece por completo o que ia pegar naquele ambiente. Desiste e volta para a cozinha, onde continua a lavar a louça, sem ouvir a música que desejava.

”O simples ato de entrar ou sair por uma porta representa uma espécie de limite de evento na mente. Quando você muda de ambiente, muda também o foco de atenção, compartimenta a memória e a lembrança se torna mais difícil”, explica  o psiquiatria pela Unifesp, Adiel Rios, pesquisador no Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

MANTENDO O FOCO

Segundo a psiquiatra e professora da Unifesp, há maneiras indiretas de se manter a atenção naquilo que era primário. ”Um bom jeito é anotar, seja em uma agenda virtual ou de papel, colocar um alarme, por lembretes de cores diferentes para os compromissos. Porque, ao bater o olho, a gente lembra que tem que pagar a conta xis, levar o filho a tal hora na escola. A nossa cabeça já não dá mais conta de guardar tanta informação. Então, a gente tem que ter um recurso externo para isso, para justamente lembrar. Na hora que você olha aquilo, você lembra de alguma coisa que esqueceu, porque teve outros focos de atenção”.

De maneira geral, para manter a saúde mental em dia, é preciso procurar diminuir o estresse e ter tempo para coisas prazerosas. ”Quando a gente está só pensando em trabalho, problemas que não consegue resolver, isso vai tirando a nossa energia. A gente tem que ter focos de distração também, como hobbies”, enfatizou Danielle.

A melhora da atenção e da memória também está fortemente ligada à atividade física e a uma boa noite de sono. ”Ter um estilo de vida saudável, tentar não se sobrecarregar e recorrer a recursos externos. Tudo isso acaba ajudando a gente a não esquecer as coisas no dia a dia”.

Ainda segundo Danielle, a forma de ver o mundo e de responder aos conflitos tem grande influência na saúde mental. Quanto mais foco a pessoa dá a um determinado problema, mais o corpo responde com sintomas de estresse. Portanto, uma maneira de amenizar os problemas é desenvolver formas saudáveis de lidar com as próprias emoções. ”Nesse sentido, a psicoterapia surge como uma aliada para o autoconhecimento, o autocontrole e a inteligência emocional”, destacou.

TÉCNICAS

Para trabalhar tanto a atenção como a memória recente, especialistas indicam várias técnicas para evitar os lapsos de memória. Fazer uma lista do que deseja lembrar ou ainda agrupar informações importantes em uma sequência temporal, com começo, meio e fim. É importante evitar que outro pensamento ocupe sua mente enquanto você estiver realizando uma tarefa. Jogos como xadrez, quebra-cabeça e atividades como palavras-cruzadas proporcionam uma melhora perceptível à memória.

Outra técnica interessante é assistir a um episódio de uma série ou um filme e anotar em seguida o maior número de detalhes que lembrar ou ouvir uma história e contar a alguém da forma mais fiel possível.

Ler também é uma atividade importante, já que a leitura proporciona exercitar a imaginação, o raciocínio e a memorização. Também é possível resumir em texto o que foi lido ou estudado.

”A meditação também desempenha um papel importante no equilíbrio pessoal e contribui para o relaxamento e o descanso em um nível mais profundo, podendo ser praticada em casa, inclusive numa pausa do trabalho”, afirmou Adiel Rios.

DOENÇA MENTAL

Para a professora da Unifesp, os lapsos de memória, ou ”efeito porta”, não significam que a pessoa tenha uma doença mental. ”Mas é algo para ficar de olho, porque é incômodo quando você não consegue lembrar as coisas. Isso traz ansiedade e angústia”, completa.

No dia a dia, as pessoas costumam ficar expostas a uma grande quantidade de estímulos, o que leva a realizar várias tarefas simultaneamente. Entretanto, segundo Danielle, o cérebro não está acostumado a receber tantos estímulos e a processar inúmeras informações de uma vez só.

”O resultado é o esgotamento mental, podendo saturar o córtex cerebral, gerando uma mente hiper pensante, agitada, impaciente, com bloqueio criativo, baixo nível de tolerância e, claro, prejuízos na memória”.

Quando se tem uma situação de sobrecarga recorrente, é preciso pensar em novas estratégias e procurar um profissional de saúde mental. Terapeutas e psicólogos podem ajudar em casos mais brandos. Em casos mais graves, como o de pessoas com idade avançada, isso pode ser um sinal inicial de demência, e é necessário o auxílio de um psiquiatra.

Com informações da Agência Brasil.