Vale do Jiquiriçá; Jovem morre após moto bater com caminhão parado na BA -540, em Amargosa

Vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu. Amargosa News

Uma pessoa morreu e outra ficou ferida após um acidente entre uma motocicleta e um caminhão Ford F.4000, ocorrido na noite desta terça-feira (18), na Rodovia BA-540, no trecho do município de Amargosa, no Vale do Jiquiriçá.

De acordo com publicação do site Amargosa News, a moto bateu na traseira do caminhão que estava estacionado às margens da pista de rolamento.

As vítimas chegaram a ser socorridas por uma equipe do SAMU, mas uma delas não resistiu e foi identificada pelo pré-nome de Danilo, que atuava como porteiro de uma escola em Amargosa.

Municípios baianos atingidos pelas chuvas recebem nova remessa de doações do Sistema Fieb

/ Bahia

Mais de 5 mil colchões e 4 mil kits com travesseiros, lençóis e fronhas serão distribuídos nas regiões sul, extremo sul e sudoeste da Bahia, que foram atingidas pelas chuvas no final do ano passado. Essa é a segunda remessa de doações resultado da mobilização realizada pela Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb) para arrecadar recursos e comprar itens de primeira necessidade para as famílias desabrigadas ou desalojadas.

O prefeito de Ilhéus e diretor da União dos Municípios da Bahia (UPB), Mario Alexandre, participou de uma das cerimônias de entrega dos donativos, que aconteceu nesta segunda-feira (17), na Unidade Integrada da Fieb Robson Braga de Andrade, localizada rodovia 415 (km 13), na região sul do Estado.

Os itens desta nova remessa foram adquiridos com recursos doados pelo Departamento Nacional do Serviço Social da Indústria (SESI) e pelo SESI Bahia. ”A união de esforços foi fundamental para apoiar as famílias atingidas pelas enchentes neste momento difícil”, pontuou o superintendente do SESI, Armando Neto, na cerimônia de entrega das doações.

A outra entrega oficial também foi realizada no município de Itapetinga, na região sudoeste. O ministro da Cidadania, João Roma, esteve presente nas duas cerimônias.

A mobilização realizada pela FIEB terá, ainda, uma terceira etapa, com a entrega de mais 12 mil cestas básicas para as vítimas dos estragos provocados pela chuva. Esta nova entrega será possível graças à adesão de novas empresas à mobilização. No total, 53 empresas e instituições doaram recursos para compra de itens de primeira necessidade. Este material será entregue ao Governo do Estado através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), em ação conjunta com o secretário Nelson Leal.

Na primeira fase da mobilização, em dezembro, a FIEB entregou 4.853 cestas básicas ao Governo do Estado. Além disso, em Ilhéus, a Escola SESI Adonias Filho acolheu cerca de 150 pessoas da comunidade ribeirinha de Vila Cachoeira, bastante atingida pela cheia do rio. A unidade do SESI na região adquiriu e doou mais de 3,2 mil unidades de água mineral de 1,5 l, 318 cestas básicas e outros itens como cobertores, toalhas de banho, lençóis e fraldas descartáveis. O material foi distribuído para os municípios de Ilhéus, Itabuna, Itajuípe, Coaraci, Ubaíra e Itape.

Já na região sudoeste do estado o SESI doou mais de 5,9 mil unidades de água mineral de 1,5 l, 212 cestas básicas, 545 cobertores, além de itens como kit higiene (creme dental, escova de dente, sabonete e desodorante) e toalhas de banho. O material foi distribuído nas cidades de Vitória da Conquista, Jequié, Itapetinga, Itambé e Itororó.

Roma rebate críticas de Rui por atuação federal em chuvas na Bahia; ”querendo fazer factoides”

/ Política

Roma rebate críticas de Rui Costa. Foto: Isac Nóbrega/PR

As enchentes que aconteceram na Bahia no final de 2021 seguem com espaço no debate político. Nesta terça-feira (18), o ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos) rebateu as críticas do governador da Bahia, Rui Costa (PT), em relação a atuação do governo federal. Ele apontou que as falas do petista são ”eleitoreiras”.

”Claramente um viés eleitoreiro, fazendo propaganda do PT, querendo fazer factoides, coisas muito aquém do que nos cabe em uma calamidade como essa. Então, estou com a mente serena e coração tranquilo do que foi feito pelo governo federal”, disse Roma ao UOL Entrevista.

Rui Costa tem cobrado mais recursos ao governo federal para a reconstrução de rodovias federais e estaduais. Além disso, diversas cidades precisam de ajuda para a reconstrução da infraestrutura. O governo estadual tem trabalhado diretamente para ajudar as famílias e comerciantes que tiveram prejuízo com as fortes chuvas.

”Ainda não recebemos um repasse substantivo de recursos do Governo Federal. Eu tenho tido contato com representantes do governo, há interesse, mas a burocracia é muito grande e acaba não sendo acessível o recurso. Há cidades devastadas e não dá para esperar os repasses chegarem”, disse Rui no Twitter.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) prometeu liberar crédito extraordinário de R$ 200 milhões ao Estado, porém, a portaria publicada no Diário Oficial da União distribuía o valor pelo Norte, Nordeste e Sudeste. Desse total, R$ 80 milhões seriam destinados aos nordestinos.

”R$ 80 milhões não dá para recuperar a Bahia, estado que tem vários rompimentos. Então eu faço um apelo no sentido de um aporte direcionado ao estado da Bahia”, reclamou Rui Costa. O governo então prometeu liberar mais recursos.

As fortes chuvas que atingiram a Bahia deixou ao menos 28.224 desabrigados na Bahia, 73.032 desalojados. De acordo com a Sudec (Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia), o total de atingidos chega a 815.597 pessoas.

Além disso, 26 pessoas acabaram morrendo em decorrência das chuvas. Outras 520 ficaram feridas. As localidades com vítimas fatais são: Amargosa (2), Itaberaba (2), Itamaraju (4), Jucuruçu (3), Macarani (1), Prado (2), Ruy Barbosa (1), Itapetinga (1), Ilhéus (3), Aurelino Leal (1), Itabuna (2), São Félix do Coribe (2), Ubaitaba (1) e Belo Campo (1). Com informações do A Tarde

Jaguaquara: Vereador critica prefeita, alfineta ex-prefeito e diz ”sensação é de cidade sem comando”

/ Jaguaquara

Rodrigo cobra ação da prefeita Edione Agostinone. Foto: Rede social

Ao conceder entrevista à Rádio Povo AM/FM, nesta terça-feira (18), o vereador Rodrigo (PSD) disse que, a sensação que a maioria da população tem no momento é de que não há comando na cidade, que segundo o jovem parlamentar enfrenta má – administração pública.

Rodrigo relembrou as fortes chuvas registradas no início de novembro e fez comparação com outros municípios mais afetados pelas tempestades, afirmando que, em outras cidades do Vale do Jiquiriçá, a situação da infraestrutura já começou a ser resolvida, mas que Jaguaquara sofre sem ação e se tornou dependente do Estado e do prefeito de Jequié. ”Zé Cocá é prefeito de Jequié e não é mais deputado. Jaguaquara precisa ser uma cidade independente”.

Infraestrutura – Ele citou como exemplos interdições nas ladeiras da Palmeira e da Bela Vista, no bairro Casca, criticando o longo período de interdição sem intervenções da gestão municipal que estaria transferindo a responsabilidade para o Estado e para o Consórcio do Vale do Jiquiriçá: ”É inadmissível  que a ladeira da Bela Vista ainda não tenha sido recuperada 100% pela empresa e o que é que a prefeitura tem feito? Com relação à ladeira da Palmeira, infelizmente aconteceu incidente com máquina do consórcio, mas graças a Deus, não teve fatalidade. A população não tem confiança na gestão e isso nos entristece muito’’, disparou o edil, tendo afirmado que entende como irresponsabilidade a Prefeitura ter permitido que um servidor operasse a máquina do CONVALE no primeiro incidente.

Fogo  – amigo – Na ocasião, Rodrigo alfinetou ex-gestor, sem citar nomes, ao se referir a um vídeo divulgado nas redes sociais pelos correligionários da prefeita Edione Agostinone (Progressistas) na segunda-feira (17), tendo a mandatária afirmado que alguém que já passou pelo Poder Executivo estaria torcendo pelo insucesso do seu governo. ”Nós sabemos que um ex-gestor aí que faz o fogo amigo, que quer voltar ao poder e que a prefeita fale quem é o ex-gestor que está torcendo contra a administração. Ela sabe quem é que está fazendo de tudo para que o governo dela não dê certo”, alfinetou.

Educação – E completou se solidarizando co profissionais da Educação, que desde o início do mês se manifestam cobrando o pagamento do rateio do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) aos profissionais da área. ”O FNDE já se manifestou a favor da classe e nós esperamos que ela tenha sensibilidade’.

Bahia já tem vacinados 74% da população geral e 87% do público-alvo, diz secretaria de Saúde

/ Saúde

Em um ano da campanha de vacinação contra a Covid-19, a Bahia atingiu a marca de 10,9 milhões de imunizados. O número corresponde a 74% da população geral e 87% do público-alvo. O levantamento é da Secretaria da Saúde da Bahia.

”A despeito de muitas coisas, como politizar a vacina, avançamos, lentamente mais avançamos. Conquistar a vacina é algo preciso. Teremos vacina produzida no Brasil. Isso também é muito importante”, afirmou a secretária da Saúde da Bahia, Tereza Paim.

A gestora afirma que, com a inclusão de crianças entre 5 a 11 anos, o estado alcance mais de 80% da população imunizada. ”A gente espera ainda que mais de 1 milhão de pessoas procurem defintivamente os postos de saúde”, acrescentou. ”Está provado que isto (a vacina) diminui a letalidade”.

A secretária advertiu que uma vacinação maior diminui a sobrecarga na rede de saúde, identificada por filas e pelo cansaço dos profissionais. ”Eles estão plenamente expostos e cansados de toda esta trajetória. Nós jamais iríamos imaginar em 2020 que tudo isso estaria ainda acontecendo em 2022.”

Adolescente de 16 anos é perseguido e morto a tiros por dupla de moto sobre ponte, em Jequié

/ Jequié

Crime aconteceu na Ponte do Mandacaru. Foto: WhatsApp

Um adolescente de 16 anos foi perseguido e morto a tiros enquanto transitava pela Ponte Teodoro Sampaio / Ponte do Mandacaru, via que liga o Centro de Jequié ao bairro Mandacaru.

De acordo com registros das polícias Civil e Militar, a vítima foi identificada como Elias Ribeiro Cardoso, cujo corpo foi encontrado na manhã desta terça-feira (18) sobre a ponte.

Ainda segundo informações policiais, o crime teria ocorrido durante a madrugada, tendo a vítima recebido os disparos de arma de fogo nas costas, joelho e coxa direita.

O Departamento de Polícia Técnica foi acionado pelo CICOM, para realização dos serviços periciais e encaminhamento do cadáver ao IML.

As últimas informações apuradas pela polícia dão conta de que os autores ainda não identificados estariam a bordo de uma moto e fugiram após o crime. A ocorrência foi registrada pelo delegado plantonista, José da Costa Fonseca Filho. A Delegacia Territorial informou que as investigações estão em curso.

Diretor da Secretaria de Infraestrutura de Eunápolis morre esmagado em acidente com trator

/ Trânsito

Trator virou enquanto subia ladeira. Foto: Reprodução/Radar 64

O diretor do Serviço de Infraestrutura do município de Eunápolis morreu esmagado por um trator na tarde de domingo (16). Antônio Genilton Bomfim, 53 anos, conduzia o veículo em sua propriedade rural, no município de Itabela. Segundo publicação do site Radar 64, o veículo virou na subida de uma ladeira e caiu sobre a vítima.

Um familiar de Genilton informou que ele saiu por volta das 14h para verificar um defeito em um equipamento na captação de água em um rio.

Como já passava das 20h e ele ainda não havia retornado, o familiar ligou para a polícia pedindo ajuda. O servidor público já estava sem sinais vitais quando foi encontrado, conforme atestou uma equipe do Samu.

O corpo foi removido do local por peritos do IML na segunda-feira (17). O servidor público era mais conhecido como ”Toni do Tributo”, pois trabalhou durante muitos anos no Departamento de Tributos da Prefeitura de Eunápolis.

IBGE oferece 266 mil oportunidades de emprego até 21 de janeiro, informa o presidente do órgão

/ Emprego

Cerca de 78 milhões de residências brasileiras devem receber, a partir do dia 1º de agosto, a visita de um agente recenseador do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), informou ontem (17) o presidente do órgão, Eduardo Luiz Gonçalves Rios Neto.

Entrevistado pelo programa A Voz do Brasil, Neto afirmou que o levantamento censitário brasileiro, que é realizado a cada 10 anos, seguirá rígidos protocolos de distanciamento e de segurança sanitária, tanto para os agentes quanto para os entrevistados.

Essencial para a formulação de políticas públicas e para traçar o perfil de todas as camadas sociais, o Censo é a mais completa pesquisa realizada no Brasil sobre a realidade da população em todo o território nacional.

”O Censo é a única investigação familiar que cobre todos os municípios do país. É uma oportunidade única de ver o retrato estrutural que é essencial para o planejamento. É uma pesquisa socioeconômica completa”, afirmou o presidente.

Para tanto, o instituto contratará, até o dia 21 de janeiro, 266 mil profissionais em diversos cargos para realizar o Censo 2022. Destes, 183 mil serão recenseadores. A escolaridade necessária é o ensino fundamental completo, e a remuneração começa em R$ 1,7 mil, podendo alcançar R$ 2,1 mil.

» Veja o edital e como fazer inscrição no processo seletivo.

Os contratos serão temporários, com jornada prevista de três meses – podendo haver renovação por um mês adicional. Todos os contratados receberão férias e 13º salário proporcionais.

Sobre o Censo 2022

Segundo Eduardo Luiz Gonçalves Rios Neto, o questionário padrão que será aplicado durante o Censo 2022 terá 26 perguntas que investigarão o perfil básico domiciliar da família. Cerca de 92% da população entrevistada responderá ao questionário básico. Já os outros 8% – cerca de 8,5 milhões de domicílios – responderão ao questionário longo, de 77 perguntas.

Sobre condições adversas em cidades que atualmente sofrem com inundação, e também sobre populações isoladas, Neto afirmou que o IBGE está completamente preparado para coletar dados de todas as pessoas, independente da situação.

”O IBGE tem toda uma logística, inclusive de equipamentos especiais, para levar o recenseador lá. Os territórios indígenas, os territórios quiliombolas. Ninguém vai ficar para trás”, disse.

Testes para o Censo

Os testes para o Censo 2022 foram feitos inicialmente na cidade de Paquetá, no Rio de Janeiro, em 2021. Escolhida por ter um índice de vacinação acima da média nacional, o modelo desenvolvido pelo IBGE em Paquetá foi expandido a nível nacional, relatou Neto. Isso permitiu que a logística de coleta de dados fosse testada previamente em todos os estados brasileiros, e não apenas em pontos específicos. Com os resultados, o Censo que ocorrerá em 2022 implementará a metodologia aprovada na fase de testes.

”A pandemia serviu para que o IBGE desenvolvesse uma boa entrevista domiciliar por telefone. Agora, posso dizer com segurança que somos experts na entrevista por telefone”, complementou. Da Agência Brasil

Abraham Weintraub revela que Bolsonaro sabia antecipadamente de operação contra Flávio

/ Brasília

Flávio Bolsonaro é lembrado por Weintraub. Foto: Reprodução

Ex-ministro da Educação do governo Jair Bolsonaro (PL), Abraham Weintraub disse, em entrevista ao podcast Inteligência Lta, que o presidente Jair Bolsonaro (PL) soube que o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), seu filho mais velho, e o ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz eram alvo de investigação antes que o caso viesse a público.

Weintraub relatou, ter participado de uma reunião em novembro de 2018 em que Bolsonaro tratou das denúncias a respeito do relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

”Vou contar uma coisa aqui que acho que nunca contei em público. Eu estava no governo de transição, em novembro, e fui chamado para uma sala com pouca gente. [Bolsonaro] Juntou uma mesa comprida e falou: Ó, o seguinte. Está para aparecer uma acusação, que está pegando esse cara aqui (apontou para o Flávio). O governo não tem nada a ver com ele. Se ele cometeu alguma coisa errada, ele que vai pagar por isso”, relatou Weintraub.

Weintraub disse que, na ocasião, Bolsonaro não tentou blindar o filho. Contudo, a declaração indica que Bolsonaro soube da investigação por meio de um vazamento, já que o assunto só viria a público em 6 de dezembro daquele ano. Segundo ele, também estavam na sala Onyx Lorenzoni, Alberto Santos Cruz, Gustavo Bebianno e outros futuros ministros.

Jequié: Interno comete suicídio no presídio pessoas praticam tentativa de linchamento na Rua da Luz

/ Jequié

Um interno do Conjunto Penal de Jequié praticou suicídio no final da tarde de domingo (16). A vítima identificada como John Maikon foi encontrada enforcada na cela 07 do presídio 02. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Jequié. A Polícia Civil investiga a motivação do crime.

TENTATIVA DE LINCHAMENTO – Um grupo de aproximadamente 20 pessoas, todos do sexo masculino, participou de uma tentativa de linchamento coletivo na madrugada de sábado (15), na Rua da Luz, Km 03 em Jequié.

A vítima disse aos policiais militares desconhecer a motivação do crime e que os autores fugiram antes da chegada da guarnição policial. A vítima foi socorrida pelo SAMU e levada para o  Hospital Geral Prado Valadares. Rondas foram realizadas na área, porém os suspeitos não foram encontrados. *Jequié Repórter

Com aumento de casos de Covid, prefeitura de Ipiaú realiza testes e vacina em praça pública

Ipiaú realiza testagem na Praça Rui Barbosa. Foto: Prefeitura

Com o aumento de casos de Covid-19, a Prefeitura de Ipiaú, no Médio Rio de Contas, decidiu pela testagem e vacinação contra o vírus em praça pública.

A Secretaria de Saúde local determinou que o processo de testagem rápida e imunização fosse realizado na Praça Rui Barbosa, Centro da cidade, inclusive com diagnóstico positivo para algumas pessoas que foram submetidas ao teste.

Conforme o boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (17), Ipiaú contabiliza 40 casos ativos da doença. Vale ressaltar que, durante o pico da pandemia, o município foi considerado epicentro no interior baiano, com 88 óbitos que teriam sido provocados pelo novo Coronavírus.