Mais de 30 milhões de pessoas tomaram as duas doses ou dose única de vacinas contra a Covid

/ Brasil

Mais de 30 milhões de pessoas tomaram a segunda dose ou a dose única de vacinas contra a Covid e estão imunizados. São 30.398.817 de pessoas vacinadas – 28.099.821 da segunda dose e 2.298.996 da dose única, o que corresponde a 14,36% da população, segundo dados do consórcio de veículos de imprensa divulgados às 20h deste sábado (10).

A primeira dose foi aplicada em 83.521.107 pessoas, o que corresponde a 39,44% da população.

Amapá é o único estado que ainda tem menos de 10% de sua população imunizada com as duas doses ou dose única de vacinas contra a Covid. O estado tem 8,92% de imunizados.

Vereador do município de Irará é encontrado morto com marcas de tiros na porta de casa; polícia investiga

/ Polícia

Edil era conhecido como Beto Cicatriz. Foto: Reprodução/Rede social

O vereador José Roberto Alves de Oliveira, conhecido como Beto Cicatriz, foi encontrado morto na manhã deste domingo (11), na cidade de Irará, cidade a cerca de 130 km de Salvador. Por meio de redes sociais, a prefeitura municipal e o partido MDB, do qual ele era filiado, lamentaram a morte.

De acordo com a Polícia Militar, testemunhas disseram que a vítima foi baleada enquanto estava na frente da casa onde morava, localizada na Fazenda Jardim, zona rural da cidade. O local foi isolado e o Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi acionado.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que o vereador foi encontrado com marcas de disparos de arma de fogo. Disse também que a autoria e motivação do crime estão sendo apuradas. A Delegacia Territorial de Irará está no local e vai investigar o caso, segundo informações do G1.

Beto Cicatriz tinha 49 anos e foi eleito nas eleições de 2020. Por meio de uma rede social, o partido MDB lamentou a morte do vereador.

”Lamentamos a morte do Sr. Beto Cicatriz, vereador de Irará e membro do Movimento Democrático Brasileiro. Nossos mais sinceros pêsames pela irreparável perda desse ente querido.”

Também por meio de uma rede social, a prefeitura de Irará lamentou o ocorrido.

”Com imenso pesar a Prefeitura Municipal comunica o falecimento de José Roberta Alves de Oliveira (Beto Cicatriz), vereador do município. Nossas condolências aos familiares e amigos.”

Auxílio Emergencial: 1,1 milhão de benefícios foram cancelados ou bloqueados em junho

/ Economia

O número de beneficiários do Auxílio Emergencial encolheu em junho, de acordo com dados do Ministério da Cidadania. Um total de 1.157.856 benefícios foram bloqueados ou cancelados no mês passado.

Destes, forram “660.744 bloqueios em decorrência de indicativos de indícios de irregularidades apontados pela Controladoria-Geral da União (CGU) e 497.092 cancelamentos em função da revisão mensal”, informou o ministério ao portal G1.

O governo federal afirma que, até o momento, 39,3 milhões de famílias foram contempladas pelo Auxílio Emergencial em 2021, e que “ainda trabalha no processamento de cadastros”, a partir das informações disponíveis nas bases de dados governamentais.

DJ Ivis bate e estrangula mulher, é levado à polícia no Ceará, mas não é preso, diz site

/ Entretenimento

Informação veio à tona neste domingo. Foto: Reprodução

Iverson de Souza Araújo, mais conhecido como DJ Ivis, agrediu a mulher Pamella Holanda, de 27 anos, em 1° de julho, e, no dia seguinte, após tê-la ameaçado com uma faca. Segundo fontes ouvidas pela coluna, a polícia foi chamada e ambos foram levados à delegacia metropolitana de Eusébio, no Ceará.

Na unidade policial, Ivis entrou em contato com seus advogados imediatamente, que foram até lá. Pamella estava sozinha, ainda não havia constituído advogado, estava extremamente assustada e com medo de represálias de Iverson. As informações são do site Metrópoles

Internado em hospital para tratar Covid-19, ator Luciano Szafir grava vídeo emocionado

/ Entretenimento

Internado para tratar complicações decorrentes da Covid-19, o ator e apresentador Luciano Szafir publicou um vídeo na sua conta em uma rede social. O artista foi intubado na manhã de sábado (10), e ainda não há previsão de alta.

”Oi, gente. Resolvi fazer este vídeo, enfim, para mostrar que eu estou vivo. Para agradecer”, diz Szafir, que se emociona e interrompe a gravação.

Conforme boletim médico do Copa Star, onde Szafir foi internado na quinta, 8, ele ”segue internado na UTI, mas apresentando melhora evolutiva”.

“O paciente foi retirado da ventilação mecânica, sendo extubado, e agora recebe apenas suplementação de oxigênio”, diz a nota.

Na sexta-feira, 9, a mãe do ator, a socialite Beth Szafir, disse que Luciano vinha apresentando melhora. “Ele está bem melhor, graças a Deus”, disse.

A filha Sasha, do relacionamento com a apresentadora Xuxa, falou sobre o estado de saúde do pai em suas redes sociais. “Ele está sob os cuidados médicos do doutor João Pantoja, diretor-geral do Copa Star, e do doutor Bruno Celoria, diretor técnico. Agradecemos as mensagens de carinho e as orações. Pedimos que continuem orando a fim de unirmos nossa fé para a recuperação completa do meu pai”, escreveu.

Szafir está internado desde o dia 22 de junho. Ele foi submetido a uma cirurgia de retirada de hematoma e segmento do cólon na última quarta-feira, 7. O ator chegou a ter uma trombose no pulmão (embolia pulmonar) antes de realizar a intervenção.

70% dos brasileiros dizem ter corrupção no governo de Jair Bolsonaro, aponta Datafolha

/ Brasil

Uma pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (11) pelo jornal Folha de S.Paulo mostra que para 70% dos entrevistados pelo instituto há corrupção no governo federal. Para 63%, a corrupção está presente no Ministério da Saúde e 64% acreditam que Bolsonaro sabia dela.

Para 23% não existe corrupção no governo e outros 7% não souberam responder.

Os dados foram colhidos pelo instituto ao entrevistar 2.074 pessoas com mais de 16 anos, nos dias 7 e 8 de julho. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.

Segundo o Datafolha, os grupos que mais veem corrupção na gestão são mulheres (74%), jovens (78%), moradores do Nordeste (78%) e, claro, aqueles que reprovam o governo (92%).

A pesquisa também abordou a percepção do eleitorado sobre novos casos de corrupção. Para 56%, o problema vai crescer. Outros 26% disseram acreditar que a corrupção vai se manter nos níveis atuais. Para 13%, haverá menos casos de corrupção. Por fim, 5% dos entrevistados são souberam opinar.

Bahia registra 2.281 novos casos de Covid-19 e mais 28 óbitos pela doença, diz boletim

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.281 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 2.235 recuperados (+0,2%). O boletim epidemiológico deste domingo (11) também registra 28 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 1.158.122 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.121.230 já são considerados recuperados, 12.122 encontram-se ativos e 24.770 tiveram óbito confirmado.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.397.285 casos descartados e 230.094 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo. Na Bahia, 51.299 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 24.770, representando uma letalidade de 2,14%. Dentre os óbitos, 55,76% ocorreram no sexo masculino e 44,24% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,97% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,38%, preta com 15,34%, amarela com 0,42%, indígena com 0,15% e não há informação em 6,75% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 60,21%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (72,70%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

Situação da regulação de Covid-19

Às 12h deste domingo, 4 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 9 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema. Este número é dinâmico, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.

Vacinação

Com 5.402.199 vacinados contra o coronavírus (Covid-19) com a primeira dose, dos quais 1.971.754 receberam também a segunda aplicação, e mais 204.635 vacinados com o imunizante de dose única, até as 17 horas deste domingo, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Tem se observado volume excedente de doses nos frascos das vacinas contra a Covid-19, o que possibilita a utilização de 11 e até 12 doses em apenas um frasco, assim como acontece com outras vacinas multidoses. O Ministério da Saúde emitiu uma nota que autoriza a utilização do volume excedente, desde que seja possível aspirar uma dose completa de 0,5 ml de um único frasco-ampola. Desta forma, poderá ser observado que alguns municípios possuem taxa de vacinação superior a 100%.

Pesquisa da Fiocruz comprova efetividade das vacinas contra o Coronavírus em idosos

/ Saúde

Uma pesquisa feita pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) constatou que o esquema vacinal completo contra covid-19 (duas doses) garante taxas de efetividade médias de 79,8% em pessoas com 60 a 80 anos e de 70,3% em idosos com mais de 80 anos. Considerando-se uma média daqueles que receberam o esquema vacinal completo e aqueles que tomaram apenas a primeira dose, as taxas de efetividade ficam em 73,7% em idosos com até 79 anos e de 63% em pessoas com 80 anos ou mais.

O estudo considerou os imunizados com Coronavac e AstraZeneca e foi feito com base em registros de hospitalização e morte por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), o que permitiu avaliar a efetividade em relação à redução de casos graves e óbitos.De acordo com a Agência Brasil, as duas vacinas têm, no entanto, taxas diferentes. Na Coronavac, por exemplo, a taxa de efetividade para pessoas com esquema vacinal completo é de 79,6% para pessoas com 60 a 79 anos e de 68,8% em idosos com 80 anos ou mais.

Se forem considerados todos os imunizados, ou seja, aqueles com esquema vacinal completo e os que tomaram apenas a primeira dose, as taxas são de 70,3% em pessoas com 60 a 79 anos e de 62,9% em idosos com 80 anos ou mais, no caso da Coronavac.

Para a AstraZeneca, no entanto, não foi possível avaliar a efetividade com o esquema vacinal completo, já que a segunda dose só é aplicada três meses depois da primeira. Portanto, a Fiocruz trabalhou com estimativas.

Economia e pandemia

/ Artigos

O pacote de denúncias envolvendo diretores e assessores do Ministério da Saúde, incluindo eventual pedido de propina de US$ 1 para cada dose da vacina a ser adquirida, empareda o governo e estreita a margem de manobra do presidente Bolsonaro para evitar o impeachment. Mesmo assim, é mais que razoável apostar na hipótese de que, hoje, não haveria impedimento. Motivos claríssimos: não há votos para aprovar medida como essa, na verdade, uma equação política e um ritual rigoroso.

Para impedir um governante, não basta maioria simples: são necessários 342 votos na Câmara (2/3), de 513 deputados, e de 51 senadores, do total de 81. Para se alcançar esses números, a ferramenta única é povo na rua, o que não é fácil. Povo é o fermento na massa. Faz deputado e senadores sentirem a temperatura social, examinarem a saúde do presidente. Cria um gigantesco rolo compressor sobre o Congresso Nacional. E põe em risco a volta do próprio parlamentar.

Examinemos essa possibilidade. Um conjunto de fatores se junta para formar a massa conceitual de um impeachment, como carências sociais, falta de recursos para viver, alimentar a família etc. Duas alavancas estão sendo usadas pelo governo para atenuar o sofrimento do povo: a economia, com um esforço para recuperá-la e aumentar o adjutório social (Bolsas/ Auxílios), e a saúde, com a vacinação. Essas duas vertentes vão melhorar ou piorar? O Produto Nacional Bruto da Felicidade aumentará ou diminuirá?

Portanto, o eleitor, eixo maior da engrenagem social e política, está de olho aberto. Sua ida às ruas é a resposta à democracia participativa. Esse mecanismo tem se fortalecido na Europa, nos Estados Unidos e em outras regiões, sob o fluxo de conscientização política. Desenvolve-se o que se chama de autogestão técnica, em que os cidadãos definem os rumos a seguir e os meios que podem garantir sua caminhada.

A conscientização ganha volume com a crise da democracia, caracterizada pelo não cumprimento da agenda social. O povo, indignado, tem se distanciado dos políticos, abrindo um vazio na sociedade, que é ocupado por milhares de entidades de intermediação, como associações e sindicatos. A organicidade social é a resposta às falhas da democracia. Em outros termos, essa democracia que nos deu na CF o referendo, o plebiscito e o projeto de iniciativa popular é a bola da vez, agora jogada nas ruas.

E são cada vez são menos os jogadores (eleitores) que participam de peladas patrocinadas por partidos, bandeiras e cores. A maioria quer entrar em jogos patrocinados por suas necessidades. Pavlov classifica dois grupos de instintos: os de preservação do indivíduo (combativo e nutritivo) e os de perpetuação da espécie (sexual e paternal). Pois bem, as pessoas agem para se defender das ameaças humanas e as da natureza (catástrofes) e, ainda, para garantir a saúde de seu corpo (alimento para suprir o estômago). Os dois primeiros instintos embasarão o caminho a ser seguido. Economia e pandemia se cruzarão. Em suma, povo na rua vai depender das coisas boas e ruins dos próximos tempos na administração pública.

O povo luta por sobrevivência. Lembrando o velho ditado: a necessidade obriga.

*Gaudêncio Torquato é jornalista, escritor, professor titular da USP e consultor político

Argentina bate o Brasil no Maracanã e conquista a Copa América em meio à Covid-19

/ Esporte

Messi é levantado pela equipe após o título. Foto: Copa América

Acabou! Acabou a Copa América que a seleção brasileira não queria disputar no país em meio à pandemia de covid-19. Acabou também o jejum de títulos da Argentina. Com a vitória por 1×0, neste sábado (10), no Maracanã, a seleção argentina voltou a ganhar um título depois de 28 anos e coroa Lionel Messi, o seu grande astro.

Desde a Copa América de 1993, quando bateu o México, a seleção argentina não levantava uma taça. Depois daquele triunfo no Equador, gerações de jogadores talentosos chegaram perto da glória, mas sempre fracassaram.

Dois óbitos e 51 novos casos da Covid-19 foram registrados nas últimas 24h em Jequié

/ Jequié

Boletim epidemiológico da Covid-19 em Jequié, atualizado neste sábado (10), pela Secretaria Municipal de Saúde registra dois óbitos, sendo um homem, de 71 anos, residente no Centro, com histórico de Doença Cardiovascular Crônica, ocorrido em 04/07, que estava internado no Hospital da Bahia, em Salvador; e um homem, de 77 anos, residente no Cansanção, com histórico de Doença Cardiovascular Crônica, ocorrido 09/07, que estava internado no Hospital São Vicente.

Foram registrados mais 51 novos casos, nas últimas 24 horas, perfazendo um total de 16.970 pessoas confirmadas com a doença, até agora. 16.196 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Conforme os dados repassados pelo HGPV e pelo Hospital São Vicente, a taxa de ocupação geral dos leitos de UTI/adulto está em 90%.

Destes, 17 leitos estão ocupados por residentes de Jequié e 9 leitos ocupados por pessoas de outros municípios. Até o presente momento 64.979 pessoas foram vacinadas com primeira em Jequié.

Presidente do Convale, Danilo diz que ideia de ser candidato a deputado está sendo amadurecida

Danilo diz que o foco está no Convale. Foto: Blog Marcos Frahm

O prefeito de Nova Itarana e presidente do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Vale do Jiquiriçá, Danilo (PSD), disse ao Blog Marcos Frahm que a ideia de uma possível candidatura a deputado estadual pelo partido liderado pelo senador Otto Alencar está sendo amadurecida politicamente e que a decisão será tomada na hora certa.

Ao participar de evento com o governador Rui Costa (PT) em Lafaiete Coutinho, o presidente do Convale afirmou que o foco agora é estreitar ainda os laços da entidade que representa 20 municípios do território com as secretarias estaduais. ”A idéia está sendo amadurecida, mas a gente vai tratar sobre política lá na frente. Agora, estamos focados em fortalecer ainda mais o Consórcio e o governador quer o fortalecimento da entidade com obras em parceria com os municípios e nós estamos trabalhando para isso, resolver os problemas da cidades e depois discutir eleição”, disse Danilo.

Prefeito de Jitaúna, Patrick não descarta candidatura a deputado, mas aguarda aval de Zé Cocá

Patrick diz aguardar decisão de Cocá. Foto: Blog Marcos Frahm

Cogitado como possível candidato a deputado estadual pelo PP na região do território do Médio Rio de Contas, o prefeito de Jitaúna, que exerce o seu segundo mandato, Patrick Lopes, disse que não descarta a disputa por vaga na Assembleia Legislativa da Bahia, mas afirma que a decisão sobre seu futuro dependerá do padrinho político, o prefeito de Jequié e presidente da UPB, Zé Cocá (PP).

Ao Blog Marcos Frahm, Patrick revelou ter o desejo de ser candidato, mas que aguarda o aval de Cocá. ”Primeiro dependemos da permissão de Deus, e do apoio de Zé Cocá. O que ele [Cocá] decidir está decido”.

Nas prévias do grupo liderado por Cocá, Patrick enfrenta o secretário de Governo da Prefeitura de Jequié, Hassan Iosseff, que também é cogitado.