Ronda Maria da Penha entrega ovos de Páscoa para crianças carentes de diversos bairros de Jequié

/ Jequié

Poliícia Militar dando exemplo de solidariedade. Foto: Divulgação/SSP

Filhos de mulheres vítimas de violência de gênero e crianças de comunidades carentes de diversos bairros de Jequié foram presenteados com ovos de páscoa, chocolates, doces e brinquedos, na manhã desta quinta-feira (1). A entrega, que segue até o próximo sábado, foi realizada por policiais da Operação Ronda Maria Da Penha (ORMP) e do 19º Batalhão de Polícia Militar (BPM/ Jequié).

Cento e setenta e cinco crianças e jovens em situação de vulnerabilidade e que estiveram em lares violentos receberam os presente angariados com o apoio do ‘Projeto Anjo’, criado por uma mãe da comunidade e moradores da comunidade.

Segundo a comandante da OPRMP, tenente Patrícia de Oliveira, as guloseimas foram entregues para moradores dos bairros de Mandacaru, KM 3, Brasil Novo, Agua Branca e Joaquim Romão. ”Sábado levaremos a campanha para o Vila Vitória, Baixa do Bonfim e nos residenciais Minha Casa, Minha Vida do bairro Jequiezinho”, listou Patrícia.

”Como a gente lida com mulheres em situação de violência doméstica,  percebe que a maioria delas não tem condições de dar esse mimo aos filhos. Mais do que a doação, a gente entende isso como um ato de cidadania, um exemplo para a formação daquela criança que pode se tornar um cidadão consciente e solidário”, detalhou a PM.

O comandante do 19º BPM, major Elbert Vinhático Neves, frisou que a aproximação com a comunidade é uma das prioridades da Polícia Militar. ”É importante ter interação e estreitar mais os laços entre a corporação e a população”, falou o oficial.

O cidadão que desejar participar da ação solidária poderá entrar em contato com o número (73) 9 8219-4074. Os policiais também estão disponíveis para pegar as doações ou o cidadão pode entregá-las na sede do 19º BPM.

Deputado Antonio Brito cumpre agenda em Itaquara e Jaguaquara e garante apoio para atender demandas

/ Jaguaquara

Brito em Jaguaquara com Raimundo e vereadores. Foto: Divulgação

O deputado federal Antonio Brito (PSD) cumpriu agenda nesta quinta-feira (1) em dois municípios do Vale do Jiquiriçá, Itaquara e Jaguaquara, mantendo contato com suas bases eleitorais. Em Itaquara, Brito esteve visitando a localidade de Vila Castelo Branco, na zona rural, recepcionado pelo vice-prefeito Chico, pela vereadora Grazielle e pelo presidente de associação comunitária, Ronaldo. O parlamentar discutiu sobre as dificuldades de acesso à água potável e prometeu resolução, em breve.

Já na cidade vizinha, Jaguaquara, Antonio Brito se reuniu com o ex-presidente da Câmara, ex-candidato a prefeito nas eleições 2020, Raimundo do Caldo, líder do PSD local, acompanhado dos vereadores: Rodrigo, Júnior e Gilmar.

O deputado informou no encontro que a proposta de apoio ao Colégio Luzia Silva, que atende estudantes das redes municipal e estadual e a Escola Rural Taylor Egídio (ERTE), que acolhe alunos da zona rural, com emendas no valor R$ 600 mil para investimentos nas unidades, cuja promessa foi feita no ano passado será concretizada em curto prazo e que os benefícios estarão chegando por meio da Secretaria de Educação do Estado.

Brito em Itaquara comm Chico, vereadora Grazielle e Ronaldo

Brito recebeu dos vereadores solicitação para investimentos na área de Infraestrutura em Jaguaquara e disse que se empenhará para alocar recursos no valor R$ 1 milhão através do Governo Federal e atender as demandas.

Em 24 horas, Bahia registra mais 142 mortes por Covid-19 e 4.797 casos, diz boletim

/ Bahia

A Bahia registrou, nas últimas 24 horas, 142 mortes por Covid-19 contabilizando 15.472 óbitos desde o inicio da pandemia.

Segundo boletim divulgado hoje (1º) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), ainda foram registrados mais 4.797 casos da doença. Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro das mortes foram realizadas hoje.

Dos 808.461 casos confirmados desde o início da pandemia, 776.831 já são considerados recuperados, 16.158 encontram-se ativos. A taxa de ocupação de leitos de UTI adulto para pacientes com coronavírus é de 83%.

Fase vermelha autoriza reabertura de shoppings e comércio de rua na capital a partir de segunda (5)

/ Bahia

Bruno Reis anuncia reabertura do comércio. Foto: Divulgação

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), anunciou nesta quinta-feira (1º) que a retomada econômica na cidade, a partir de segunda-feira (5), se dará de forma escalonada em que somente os serviços essenciais continuarão a operar de forma integral. Já as atividades autorizadas a reabrir nesta etapa estão classificadas dentro da fase vermelha do plano de reabertura do comércio.

As medidas foram detalhadas pela secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Mila Paes, com base na redução de indicadores que afastam, por ora, o risco de colapso no sistema de saúde em razão da pandemia do novo coronavírus.

Veja o que funciona e o que não funciona na capital baiana, de acordo com o plano elaborado pela equipe do prefeito Bruno Reis:

O que abre

São quatro as fases do plano de retomada. A roxa, na qual Salvador está atualmente, possui apenas atividades essenciais abertas. A vermelha, a ser iniciada a partir de segunda (5), prevê retomada dos serviços não essenciais de forma escalonada, suspensão de alguns setores por pelo menos dois dias da semana e alteração do horário do toque de recolher, que sairá de 18h às 5h para 20h às 5h.

Nessa mesma fase funcionarão todos os dias os serviços de saúde, supermercados, panificadoras, delicatessens, açougues e conveniências, farmácias e drogarias, agências bancárias, lotéricas, laboratórios de análises clínicas, postos de combustíveis, call centers, oficinas mecânicas e borracharias, cemitérios e serviços funerários, hotéis, pousadas e demais estabelecimentos de alojamento, academias de ginástica e similares, cursos livres, templos religiosos e igrejas.

De segunda a sexta-feira poderão funcionar atividades da construção civil, das 7h às 16h; clínicas de estética, de 7h a 15h; indústria, das 7h às 15h; funcionalismo público não essencial, das 9h às 16h; escritórios administrativos, de contabilidade, consultoria e similares, de 10h às 17h; escritórios de advocacia, das 10h às 17h; e autoescolas, de 10h às 19h.

De terça a sábado poderão funcionar comércio de rua (de 10h às 18h, sendo que aos sábados esses estabelecimentos estarão livres para abrir qualquer horário), shoppings centers, centros comerciais e semelhantes (de 10h às 19h, sendo que os prestadores de serviços localizados nesses locais devem obedecer ao horário dos centros de compras), barbearias, salões de beleza e similares (10h às 18h).

De quarta a domingo estarão liberados para abrir restaurantes e bares, das 10h às 20h. Os estabelecimentos instalados em shoppings devem obedecer ao fechamento dos centros de compras, que é às 19h, exceto quando houver entrada independente. Neste caso, ficará sob o regime do próprio setor. As lanchonetes poderão abrir de 7h às 15h.

Nessa fase vermelha continuarão fechados centros culturais, museus e galerias de arte, clubes sociais, recreativos e esportivos, cinemas, teatros, espaços de eventos sociais (casamento, aniversário, bodas, formatura e similares), espaços de eventos infantis, parques de diversão e parques temáticos, campos e quadras públicas, centro e espaços de convenções, praias e parques.

O que continua fechado

Permanecerão fechados escolas, faculdades, os centros culturais, museus, galerias de arte, clubes sociais, recreativos e esportivos; espaços de eventos sociais (casamento, aniversário, bodas, formatura); espaços de eventos infantis; parques de diversão e temáticos; centros de convenções, praias e parques.

Apesar da flexibilização das medidas restritivas, decretadas em 26 de fevereiro dentro da fase roxa do plano da municipal, um toque de recolher que veda a circulação de pessoas nas ruas das  20h às 5h permanecerá em vigor.

Caso o cenário de queda nos números relacionados à pandemia se mantenha nas próximas semanas, a capital entrará na fase amarela, em que demais atividades poderão reabrir e o toque de recolher passará a vigorar a partir das 23h; a fase verde, por sua vez, será a etapa em que haverá maior flexibilização de atividades e horários.

Segundo Bruno Reis, a decisão pela reabertura do comércio poderá ser revista na hipótese de agravamento da crise sanitária, cujo ápice ocorreu quando 137 pacientes aguardavam vagas por leitos de UTI.

”A pressão no sistema de saúde foi quase quatro vezes maior do que na primeira onda. Evitamos um colapso na saúde. Estamos livres? Não. Porém, nesse momento, esse é o cenário que nos da tranquilidade e conforto pra anunciar essas decisões”, disse o prefeito.

Prêmio Mega da Virada não é resgatado e dinheiro vai para o Fies; prazo de retirada venceu

/ Economia

Mais de R$ 162,6 milhões – metade do prêmio pago na Mega da Virada do dia 31 de dezembro – serão repassados ao Fundo de Financiamento do Ensino Superior (Fies), do Ministério da Educação, destino dos prêmios esquecidos.

O prazo de 90 dias para resgate da bolada terminou nessa quarta-feira (31) e o ganhador ou ganhadora, que fez a aposta pela internet, não apareceu.

Presidentes do Congresso gastam mais R$ 380 mil com viagens de jatinho em apenas dois meses

/ Brasília

Rodrigo Pacheco e Lira estouram gastos. Foto: Agência Câmara

Somente nos dois primeiros meses do mandato, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), gastaram juntos R$ 386 mil com voos para casa em jatinhos da FAB, de acordo com a coluna de Lucio Vaz, do jornal Gazeta do Povo.

Além dos custos com os voos, há ainda as despesas com diárias e passagens de seguranças que acompanham os presidentes. Somente Pacheco gastou em seis viagens para Belo Horizonte (MG) aproximadamente R$ 37 mil em diárias e R$ 6,7 mil com passagens aéreas para policiais legislativos.

Já o presidente da Câmara fez quatro viagens para Maceió (AL) desde a sua posse, o que gerou um gasto para os cofres públicos de R$ 9 mil em diárias e R$ 20 mil em passagens aéreas.

Bahia recebe mais 606.950 doses de vacinas contra Covid, entre Coronavac e Astrazeneca

/ Bahia

São 45.750 doses da vacina Astrazeneca/Fiocruz. Foto: Sesab

Mais 606.950 doses de vacinas contra a Covid-19 chegaram ao hangar do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer), em Salvador, nesta quinta-feira (1º). São 45.750 doses da vacina Astrazeneca/Fiocruz e 561.200 da vacina Coronavac/Butantan. Ainda nesta quinta-feira, as vacinas serão encaminhadas para que comecem a ser distribuídas para municípios baianos.

Segundo a coordenadora estadual de imunização, Vânia Vanden Broucke, as vacinas recebidas são em sua maioria remessas de segundas doses. ”Iremos liberar hoje para os municípios duas remessas de segundas doses, referentes ao dia 10 de março. A remessa do dia 17 de março ficará retida ainda nas centrais regionais de Rede de Frio para que, na próxima semana, possa ser entregue também nos municípios”.

A coordenadora destacou que somente os municípios que já utilizaram 85% das doses recebidas é que estarão agora habilitados para receber uma nova remessa de primeiras doses, que serão distribuídas nesta também nesta quinta-feira.

Em um comparativo nacional, a Bahia está posicionada como segundo estado que vacinou o maior percentual da população. Os dados precisos, com número de pessoas vacinadas, são atualizados regularmente e podem ser encontrados no site da Secretaria da Saúde do Estado.

*Repórter: Raul Rodrigues

Governo autoriza que os preços de medicamentos sejam reajustados a partir desta quinta-feira

/ Saúde

O governo autorizou que os preços de medicamentos sejam reajustados a partir de hoje (1º), segundo foi anunciado pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED). Os remédios terão aumento de até 10,08%.

Segundo o G1, os reajustes, que seguem três porcentuais, 10,08% (nível 1); 8,44% (nível 2); 6,79% (nível 3), já podem ser aplicados pelas farmacêuticas, mas cabe às empresas definirem os novos preços. O percentual é definido considerando um índice geral de preços, um fator de produtividade (X) e dois fatores de ajustes de preços, um entre setores (Y) e o outro intrassetorial (Z).

No ano passado, o presidente Jair Bolsonaro anunciou um acordo com a indústria farmacêutica para que o reajuste anual de todos os remédios fosse adiado por 60 dias, por conta da crise provocada pela pandemia de coronavírus.

Organização Mundial de Saúde diz que são necessárias novas restrições para combater pandemia

/ Saúde

A Organização Mundial da Saúde (OMS) descreveu hoje (1º) como ”necessárias” novas restrições na Europa devido ao crescente número de casos do SARS-CoV-2, em meio ao avanço da variante britânica e ao aumento da mobilidade pela semana da Páscoa.

”A situação na região é agora mais preocupante do que vimos em vários meses”, disse a diretora regional da OMS para Emergências na Europa, Dorit Nitzan. ”Muitos países estão adotando novas medidas que são necessárias e todos devem segui-las tanto quanto possível”, acrescentou Nitzan.

Em sua opinião, também existem ”riscos associados” ao ”aumento da mobilidade” e às reuniões neste feriado da Páscoa. Em nota, do seu escritório europeu, a OMS também chamou de ”inaceitavelmente” lento o ritmo da campanha de vacinação no continente.

De acordo com dados da OMS, na semana passada foram registrados 1,6 milhão de novos casos e quase 24 mil mortes no continente, em comparação com menos de 1 milhão há cinco semanas.

Um total de 27 países europeus aplica atualmente restrições de intensidade variável, dos quais 21 impuseram toque de recolher obrigatório. Nas duas últimas semanas, 23 Estados endureceram as medidas para conter a propagação da pandemia, enquanto 13 abrandaram as restrições.

Segundo o diretor regional da OMS para a Europa, Hans Henri Kluge, ”agora não é hora de relaxar”. ”Não podemos ignorar o perigo. Todos temos que fazer sacrifícios, não podemos permitir que a exaustão nos derrote. Devemos continuar a conter o vírus”, disse Kluge.

Para ele, na situação atual, a ”ação rápida” e a implementação de ”medidas sociais e de saúde pública” são necessárias até que avance a campanha de vacinação.

A OMS considerou que as medidas restritivas devem ser usadas ”enquanto a doença exceder a capacidade dos serviços de saúde para cuidar adequadamente dos pacientes e para acelerar a provisão dos sistemas de saúde locais e nacionais”. Acrescentou que os casos estão aumentando em todas as faixas etárias, exceto naquelas de mais de 80 anos, que, na sua opinião, mostram “os primeiros sinais do impacto da vacinação”.

A Europa é a segunda região com mais casos de covid-19. O número total de positivos gira em torno de 45 milhões e o número de mortos é próximo a 1 milhão, segundo dados da OMS.

Cerca de 50 países da região já indicaram que a variante B.1.1.7, inicialmente detectada no Reino Unido, é a que predomina em seus territórios.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2,8 milhões de mortes no mundo, resultantes de mais de 128,1 milhões de casos de infecção, segundo balanço feito pela agência francesa AFP.

Fábio Vilas-Boas alerta para terceira onda da Covid-19 na Bahia e diz que Estado já se prepara

/ Bahia

Secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas. Foto: Divulgação/SESAB

O secretário da Saúde da Bahia (Sesab), Fábio Vilas-Boas, declarou, em entrevista à rádio Metrópole na manhã desta quinta-feira (1º), que o estado já se prepara para uma possível terceira onda da Covid-19.

”Estamos nos preparando para que isso, se vier a acontecer, o que estão chamando de terceira onda, estejamos preparados. Estamos nos estocando de materiais, medicamentos, equipamentos e leitos para que possamos oferecer a assistências a essas pessoas”, disse.

”Estamos mudando algumas estratégias de abordagem em vários níveis, não só a abordagem terapêutica, mas com uma abordagem assistencial”, acrescentou.

Jornalista Danilo Ribeiro da Rede Bahia está internado com 50% dos pulmões comprometidos

/ Imprensa

Danilo apresenta o Globo Esporte na TV Bahia. Foto: Rede social

O jornalista Danilo Ribeiro, que apresenta o Globo Esporte na Rede Bahia, foi internado devido a complicações decorrentes da Covid-19.

De acordo com o site Alô Alô Bahia, ele deu entrada em um hospital de Salvador com baixa saturação e 50% dos pulmões comprometidos. Danilo chegou a ser colocado no oxigênio, o que fez a saturação melhorar e ele segue em tratamento.

O último programa apresentado pelo jornalista foi no dia 24 de março. Além dele, Camila Marinho, Luana Assiz e Mauro Anchieta, colegas de emissora de Danilo, também foram contaminados pela doença e já estão curados.

Câmara dos Deputados autoriza estados e municípios a usarem repasses de anos anteriores na saúde

/ Brasília

A Câmara dos Deputados concluiu nesta quarta-feira (31) a votação do projeto de lei que autoriza estados e municípios a usarem saldos de repasses do Ministério da Saúde de anos anteriores em serviços de saúde em 2021. O texto retorna para análise do Senado. 

O texto também altera leis sobre refinanciamento de dívidas de estados com a União (leis complementares 156, 159 e 178), como o adiamento, de 30 de junho para 31 de dezembro deste ano, do prazo a partir do qual a União poderá exigir atrasados que deixaram de ser pagos.

O relator, deputado Roberto Alves (Republicanos-SP), afirmou que ainda havia um saldo de R$ 23,8 bilhões pendente de utilização – sendo R$ 9,5 bilhões para os estados e o Distrito Federal e R$ 14,3 bilhões para os municípios.

”Esse foi o montante de recursos que ainda resta pendente de utilização nos fundos de saúde dos entes subnacionais e que não foi utilizado até o fim de 2020. Com essa proposta, esses recursos poderão ser transpostos para uso em despesas na área de saúde, e que poderão ser utilizados para o combate à pandemia de covid-19”, afirmou Alves.

A proposta modifica de 30 de junho deste ano para 31 de dezembro de 2021 a data a partir da qual a União poderá aplicar penalidades aos entes que descumprirem regras de limitação de despesas previstas na legislação que trata da renegociação de dívidas dos estados. Da Agência Brasil

Em Jequié, 15 pacientes da cidade e 13 da região estão em UTI com Covid e ocupação é de 97%

/ Jequié

Ocupação de leitos de UTI/adulto em alta. Foto: Blog Marcos Frahm

O novo boletim da Covid-19 em Jequié, divulgado pela Prefeitura nesta quarta-feira (31) registra mais 57novos casos, nas últimas 24 horas, perfazendo um total de 13.136 pessoas confirmadas com a doença, até agora.

Ainda de acordo com o boletim, 12.289 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Conforme os dados repassados pelo HGPV e pelo Hospital São Vicente, a taxa de ocupação geral dos leitos de UTI/adulto está em 97%.

Destes, 15 leitos estão ocupados por residentes de Jequié e 13 leitos ocupados por pessoas de outros municípios. Até o presente momento 20.539 pessoas foram vacinadas em Jequié.