Tribunal de Justiça derruba liminar que suspendeu toque de recolher em Itabuna

/ Justiça

A liminar que autorizava a não realização do toque de recolher na cidade de Itabuna, no Litoral Sul, foi suspensa pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), nessa quarta-feira (31). A decisão veio após o órgão acatar o pedido da Procuradoria Geral do Estado (PGE) para suspender os efeitos da liminar do juiz de direito da 1ª Vara Crime da cidade.

De acordo com a decisão do presidente do Tj-BA, desembargador Lourival Trindade, a manutenção da decisão anterior ocasionaria ”incontendível risco à ordem e à saúde públicas, mormente, por impedir a efetivação de relevante medida de contenção da disseminação do novo coronavírus”, salientou.

Para o desembargador, as medidas adotadas no toque de recolher, ”nos moldes em que editadas, entremostram-se adequadas, porque colimam ampliar a proteção dos direitos fundamentais à vida e à saúde; necessárias, mercê da inexistência de medidas, menos restritivas, que alcancem os mesmíssimos resultados; e, ainda, proporcionais, em sentido estrito, por isso que o sacrifício aos direitos fundamentais corresponde aos benefícios atingidos”, pontuou.

A PGE argumentou que a concessão da liminar baseou-se em fundamentos que ”não somente negam a realidade da pandemia, mas também revelam absoluta desconsideração ao quadro de necessidade e desatenção ao empenho – que deve ser comum – à contenção ao contágio de um vírus letal”, para pedir a suspensão.

De acordo com o último boletim emitido pela secretaria de saúde de Itabuna, a cidade registra 381 casos ativos da Covid-19. Deste total, 57 seguem internados. 29 em leitos clínicos e outros 28 pacientes em leitos de tratamento intensivo (UTI). Com informações do Bahia Notícias

Jequié: Policiais militares da ativa com idade acima de 50 anos serão vacinados a partir desta quinta-feira

/ Jequié

A vacinação escalonada ocorrerá a partir das 15h. Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira, dia (1), a partir das 15h, a Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, ampliará mais um grupo prioritário para vacinação contra a Covid-19, em esquema escalonado, e em acordo com uma medida aprovada terça-feira (30), pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB), instância deliberativa do Sistema Único de Saúde (SUS) e reúne os 417 municípios e o estado.

Os agentes públicos pertencentes à Polícia Militar, em pleno exercício da atividade, entraram como público alvo da imunização contra o novo Coronavírus. A vacinação destes profissionais será feita na sede do 19º Batalhão de Polícia Militar e para receberem a primeira dose, portanto, os membros da categoria precisam ser lotados em Jequié e possuir idade igual ou superior a 50 anos de idade.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o município de Jequié recebeu uma lista com 75 nomes de profissionais que atuam na Polícia Militar e, por estarem dentro da faixa etária, estão aptos a serem vacinados nesta nova fase. Antes de se dirigir ao local de vacinação, o agente deverá verificar se o nome do mesmo está disponível na lista disponibilizada à Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina deverá apresentar documento oficial de identificação com foto.

Segundo o secretário de Segurança Pública da Bahia, Ricardo Mandarino, cerca de 6.400 policiais e bombeiros da ativa foram afastados do trabalho por suspeita de infecção e 34 tiveram óbito.

Bolsonaro define novos comandantes das Forças Armadas; general Paulo assume o Exército

/ Brasília

O governo do presidente Jair Bolsonaro definiu na tarde de hoje (31) os nomes dos novos comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica. A informação foi divulgada pela CNN Brasil.

O novo comandante do Exército é o general Paulo Sergio Nogueira. Atualmente, Nogueira é chefe do Departamento-Geral de Pessoal do Exército. Ele era o quarto na lista de antiguidade, ou seja, na relação de oficiais com mais experiência no Exército.

Para Marinha, o escolhido foi o almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, segundo mais antigo da Marinha.O tenente-brigadeiro Baptista Júnior é o novo comandante da Aeronautica, no lugar de Antônio Carlos Moretti Bermudez.

No inicio da tarde, o novo ministro da Defesa, o general Walter Braga Netto, se reuniu com os oficiais mais antigos das três forças

Prefeito de Santa Inês reassume o cargo após afastamento por problema de saúde

Hemerson Eloi está e de volta a função pública. Foto: Facebook

Afastado das atividades públicas desde o último dia (14) de março, quando sofreu um infarto, o prefeito Santa Inês, no Vale do Jiquiriçá, reassumiu as funções nesta quarta-feira (31).

Hemerson Eloi (PT) havia comunicado a população, através de suas redes sociais que estaria enfrentando o problema de Saúde, tendo informado à época estar internado em uma unidade de Santo Antônio de Jesus.  Hoje, ao informar o seu retorno Hemerson disse que ainda se recupera.

O gestor aproveitou para fazer autoelogio ao Hospital Municipal Maria Leandra, que passou por reforma em sua primeira gestão e que lhe acolheu após o mal-estar. ”Nunca me coloquei naquela situação lá. Várias vidas foram salvas ali. Eu vi o quanto é importante o centro de emergência equipado no município. O coração parou, não para me morrer, foi para me renascer”, afirmou. Ele teria sido substituído pelo vice Pery. *Blog Marcos Frahm

Justiça suspende autorização do prefeito para todo o comércio de Santo Antônio funcionar no sábado

/ Justiça

Justiça derrubou decreto do prefeito Genival. Foto: Reprodução

A Justiça suspendeu hoje, dia (31), a pedido do Ministério Público estadual, dois artigos de decreto municipal da Prefeitura de Santo de Jesus, assinado pelo  que autorizaram o funcionamento de todos os estabelecimentos comerciais da cidade no próximo dia 3 de abril.  O decreto foi publicado ontem, dia (30).  A petição foi protocolada pelos promotores de Justiça Thiago Fonseca, Karina Santos, João Manoel Santana e Felipe Ranauro.  Na decisão, o juiz Carlos Roberto Júnior concordou com o MP de que o decreto municipal flexibiliza indevidamente o decreto estadual que autoriza somente a abertura de atividades comerciais consideradas essenciais.

Segundo o magistrado, a flexibilização autorizada pelo decreto municipal viola a coordenação das ações de combate à pandemia da Covid-19, ”que não é de interesse exclusivamente local, mas supramunicipal, razão por que o decreto deve ser suspenso no ponto”.

É o terceiro decreto municipal editado este ano em Santo Antônio de Jesus que flexibiliza as medidas restritivas definidas pelo Estado para redução dos índices de contaminação e mortes por Covid-19. No último dia (29), o MP solicitou, em ação civil pública, que a Justiça revogue dois decretos municipais que autorizaram o funcionamento de academias de ginástica e a circulação de pessoas até às 20h, quando o Estado estabeleceu toque de recolher a partir das 18h.  O pedido liminar, realizado na ação, ainda não foi apreciado.  A Justiça aguarda resposta do Município, cujo prazo para se manifestar ainda está em curso.

Trecho da Fiol, entre Ilhéus e Caetité será concedido à iniciativa privada e tem leilão de concessão em abril

/ Economia

Atual secretário de Desenvolvimento João Leão. Foto: Divulgação

A concretização da Ferrovia da Integração Oeste Leste pode elevar as receitas do governo estadual em 20%, em um prazo de 10 anos. A previsão é do vice-governador e secretário de Desenvolvimento João Leão, que quando era deputado federal (1995-2015) atuou para a viabilização do projeto. Um primeiro trecho da Fiol, entre Ilhéus e Caetité será concedido à iniciativa privada e tem leilão de concessão marcado para o dia 8 de abril, na B3.

Leão considera o projeto um forte atrativo de projetos de mineração. O gestor relatou ao site bahia.ba que 40 geólogos da CBPM e de uma consultora contratada estão mapeando o potencial mineral no entorno de todo o trajeto da ferrovia.

”A Fiol está em cima de uma mina de ferro. Há uma jazida do mesmo tamanho da mina da Bamin”, acrescentou João Leão. Instalada em Caetité, a Bamin investe na construção do Porto Sul em Ilhéus e deve participar do leilão do empreendimento ferroviário. Segundo Leão, além de ferro, a região tem boas reservas de ouro, níquel, magnésio e fosfato.

De acordo com a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), o traçado 1 da Fiol possui 537 quilômetros de extensão. O prazo da subconcessão será de 35 anos, entre construção e operação, com investimento previsto de R$ 5 bilhões, em obras remanescentes e complementares. Foram executados, por meio da empresa federal Valec, mais de 73% da ferrovia.

Fieb

A Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Feib) também avalia que a ferrovia vai apoiar o desenvolvimento do estado. ‘A Bahia tem deficiência em infraestrutura, seja ferrovia ou rodovia”, afirmou o gerente de Estudos Técnicos, Ricardo Kawabe. “A história da economia mostra que sem infraestrutura, nada florece. Com a infraestrutura, vai aparecer negócio que a gente nem imaginava”.

Na avaliação de Kawabe, dada a situação fiscal do país, a tendência é de que o trecho entre Caetité e São Desidério também seja alvo de concessão em um futuro próximo. A seu ver, a finalização do primeiro trecho deve impactar mais no setor mineral e a ligação até o oeste incrementará o celeiro agrícola.

O gerente de estudos técnicos espera que o desenvolvimento do projeto na Fiol impacte também na Ferrovia Centro Atlântica (FCA), já em operação mais com nível de investimento básico. Um trecho conhecido dessa ferrovia é a ponte entre São Félix e Cachoeira, no Recôncavo.

A VLI, concessionária que administra a malha da FCA, negocia uma antecipação da concessão junto ao Ministério de Infraestrutura. Na audiência pública que discutiu esse acordo, a Fieb apresentou contribuição defendendo a exigência de um maior aporte de recursos pelo ente privado.

Deputada Flávia Arruda, indicada para Secretaria de Governo, já defendeu aborto previsto em lei

/ Brasília

Deputada é crítica da cultura do machismo. Foto: Agência Câmara

Nomeada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para chefiar a Secretaria de Governo da Presidência, a deputada federal Flávia Arruda (PL-DF) já defendeu o aborto nos casos previstos em lei —quando há gravidez após estupro, gestação de feto anencéfalo e risco de morte materna.

”Sou cristã, defendo a vida. Mas o que está consagrado na lei, em caso de estupro e risco para a mãe, deve ser respeitado”, disse em entrevista ao blog CB.Poder, vinculado ao jornal Correio Braziliense, em agosto do ano passado.

Na ocasião, de acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo, Arruda criticou os desdobramentos do caso ocorrido no Espírito Santo de uma menina de 10 anos que engravidou após seguidos estupros e enfrentou um périplo para ter acesso ao aborto legal.

”É um absurdo polarizar esse caso e ainda expor essa criança a uma segunda agressão. O aborto nesse caso está previsto no Código Penal. Há que se cumprir a lei, nesse caso salvando uma menina de 10 anos de idade”, afirmou. Na época, a Folha revelou que a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, agiu nos bastidores para impedir que a criança fosse submetida ao procedimento.

A operação coordenada pela ministra tinha como objetivo transferir a criança de São Mateus (ES), onde vivia, para um hospital em Jacareí (SP), onde aguardaria a evolução da gestação e teria o bebê, apesar do risco para a vida da menina. Conforme a publicação, o posicionamento de Arruda também vai de encontro ao que já defendeu Bolsonaro. Em dezembro de 2020, o presidente criticou a aprovação na Argentina do direito de a mulher decidir sobre realizar um aborto.

”Lamento profundamente pelas vidas das crianças argentinas, agora sujeitas a serem ceifadas no ventre de suas mães com anuência do Estado”, disse Bolsonaro. Em outubro de 2020, o governo federal estabeleceu como estratégia nacional de longo prazo a defesa da vida ”desde a concepção” e dos ”direitos do nascituro”.

Na Câmara, Flávia Arruda teve sua atuação como parlamentar marcada pela defesa dos direitos das mulheres. No início de março deste ano, ela foi designada relatora de projeto que pede a inclusão nos currículos da educação básica de conteúdo sobre a prevenção da violência contra a mulher.

Ela também é coautora de lei que assegura medidas de combate e prevenção à violência doméstica durante a crise da Covid-19. Durante participação em um debate sobre os 14 anos da Lei Maria da Penha, realizado em agosto passado, Arruda defendeu a equidade de gênero e criticou o que chamou de cultura do machismo.

”Não podemos naturalizar a violência de nenhum tipo. É preciso ridicularizar esses homens que fazem esse tipo de coisa com mulheres. Esses homens têm que ser expostos, esses homens precisam saber que a cultura do machismo, que ainda é muito arraigada na nossa sociedade, é horrível. Isso não tem nada de bonito, em piadinha ou em machismo estrutural, que a gente vive em uma sociedade ainda muito patriarcal”, disse. ”É preciso quebrar culturalmente essa cultura da violência e do machismo”, seguiu.

Nascidos em dezembro já podem atualizar dados cadastrais no aplicativo Caixa Tem

/ Tecnologia

A Caixa Econômica Federal convida os usuários do aplicativo Caixa Tem a atualizar os dados cadastrais no aplicativo. Clientes nascidos em dezembro podem fazer o procedimento a partir de hoje (31).

A atualização é feita inteiramente pelo celular, bastando o usuário seguir as instruções do aplicativo, usado para movimentar as contas poupança digitais. Segundo a Caixa, o procedimento pretende trazer mais segurança para o recebimento de benefícios e prevenir fraudes.

Ao entrar no aplicativo, o usuário deve acessar a conversa ”Atualize seu cadastro”. Em seguida, é necessário enviar uma foto (selfie) e os documentos pessoais (identidade, CPF e comprovante de endereço).

O calendário de atualização segue um cronograma escalonado, conforme o mês de nascimento dos clientes. O cronograma começou no último dia 14 para os nascidos em janeiro e encerra-se hoje (31), para os nascidos em dezembro.

Aos 53 anos, Padre Marcelo Rossi surpreende seguidores ao surgir musculoso na rede social

/ Entretenimento

O religioso impressiona ao aparecer musculoso. Foto: Rede social

O padre Marcelo Rossi, de 53 anos, se tornou um dos assuntos mais comentados das redes sociais na última terça-feira (30) e o motivo nada teve a ver com a Igreja.

O religioso foi parar no topo dos Treding Topics do Twitter devido ao seu novo visual, após aparecer nas redes sociais com um físico mais forte e definido.

Nos novos registros compartilhados por ele em seu perfil no Instagram, o sacerdote foi comparado a um praticante de crossfit.

”Óstia ou whey? Vem aí novo livro do padre Marcelo Rossi Em busca do Shape Sagrado”, bricou um usuário do Twitter. ”Padre Marcelo está prestes a tirar seus pecados na base do supino, rosca invertida, remada e halteres”, disse outro internauta.

Estado lança Programa Educar para Trabalhar e ofertará 200 mil vagas de qualificação para estudantes

/ Bahia

O governador Rui Costa lançou, durante a edição desta terça-feira (30) do Papo Correria, o Programa Educar Para Trabalhar – Programa de Qualificação Profissional, como parte do pacote de ações voltadas aos estudantes da rede estadual de ensino, no âmbito do Programa Estado Solidário. Com o Programa Educar Para Trabalhar, o Governo do Estado ofertará 200 mil novas vagas para 44 cursos gratuitos de qualificação profissional à distância, em 2021, na rede estadual de ensino.

Rui lembrou que o número de vagas vai permitir beneficiar, além dos alunos da rede profissional, 70 mil estudantes do Ensino Médio e também 22 mil egressos que saíram da rede nos últimos anos. “Ao todo, temos 108 mil estudantes matriculados na rede de ensino profissional, mas queríamos ampliar o número de estudantes com acesso aos cursos. Fizemos uma parceria com o Sistema S e estamos ofertando cursos online em diferentes áreas. Esses cursos também vão contar para a jornada escolar, sendo mais um conteúdo disponibilizado para a rede estadual neste ano de retomada”, detalhou o governador.

Os cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) atenderão estudantes já matriculados que fazem cursos técnicos ou o Ensino Médio (1°, 2° e 3° e 4º ano) e beneficiarão também egressos da rede estadual. O objetivo é promover a qualificação dos estudantes para o mundo do trabalho e elevar a escolaridade.

”Este novo Programa de Qualificação integra a política de expansão da oferta de cursos de qualificação e formação profissional do governo do Estado da Bahia. A determinação do governador Rui Costa é que sejam ofertados cursos em todos os municípios e estamos trabalhando, mesmo com o cenário de pandemia, para proporcionar esta oportunidade aos nossos estudantes e egressos da rede estadual”, afirmou o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues.

As vagas serão oferecidas nos 27 Territórios de Identidade da Bahia, alcançando os 417 municípios. Os cursos serão nos eixos tecnológicos de Meio ambiente e Saúde; Controle e Processos Industriais; Gestão e Negócios; Informação e Comunicação; Infraestrutura; Produção Alimentícia; Produção Cultural e Designer; Produção Industrial; Recursos Naturais; e Turismo, Hospitalidade e Lazer.

Ao longo do ano, serão realizados dois processos seletivos, via sorteio eletrônico com editais a serem publicados nos meses de maio e julho, no Portal da Educação, e amplamente divulgados na imprensa. Os cursos terão carga-horária entre 160 e 240 horas, com duração de até quatro meses e, ao final, o estudante receberá certificado na conclusão do curso.

Por causa da pandemia do novo Coronavírus, os cursos deverão começar na modalidade 100% remota, no formato Educação à Distância (EaD), envolvendo parcerias com instituições públicas e privadas, a exemplo do Senai, Senac e Senar. O estudante também precisará ter 75% da frequência e de nota seis nas atividades.

Para o estudante Marcos Gabriel Patrocínio, 17, que faz o curso técnico de nível médio em Comunicação Visual, no Centro Estadual de Educação Profissional em Tecnologia Informação e Comunicação (CEEP TIC), em Lauro de Freitas, esta é mais uma oportunidade de qualificação para a sua formação.

”Estes novos cursos são de extrema importância, porque vão me oferecer mais uma chance de aperfeiçoar o meu aprendizado e, por serem mais curtos, posso almejar um espaço no mercado de trabalho e ajudar a minha família, enquanto concluo o curso de Comunicação Visual”, destaca o estudante.

Segundo o diretor Denis Daltro, do CEEP TIC, com os novos cursos, a Bahia dá um salto na qualificação profissional. “É muito importante a iniciativa do Governo do Estado em promover os cursos FIC, porque iremos abranger toda a Bahia, dando a oportunidade para que os jovens dos cursos técnicos e do Ensino Médio, bem como os egressos da rede estadual, desenvolvam habilidades e competências que somem ao seu conhecimento e os insiram no mundo do trabalho”.

Outras políticas de assistência estudantil

Além do programa de qualificação, o Governo da Bahia investe em mais três programas de assistência estudantil, cujos investimentos somam mais de R$ 410 milhões, em 2021, com recursos próprios do Estado. Com o Programa Vale-alimentação Estudantil, cada estudante matriculado na rede estadual recebe R$ 55 para a compra de gêneros alimentícios, o que representa investimento de R$ 44 milhões por parcela. Com o Programa Mais Estudo, bolsas de R$ 100 serão concedidas para 52 mil estudantes, que darão monitoria em Língua Portuguesa, Matemática e Educação Científica aos colegas.

O outro programa é o Bolsa Presença, que concederá R$ 150 para cada família de baixa renda, cadastrada no CaD Único e com filhos na rede estadual. O objetivo do Bolsa Presença é assegurar a permanência dos estudantes nas escolas, evitar o abandono e fortalecer o vínculo com a escola.

Grupo de comerciantes promove ato de oração no Centro de Jequié e pede retomada da economia

/ Jequié

Comerciantes fizeram ato de oração. Foto: Blog Marcos Frahm

Um grupo de comerciantes de Jequié promoveu, na manhã desta quarta-feira (31), um ato em frente aos estabelecimentos comerciais da Rua Alves Pereira, na área Central da Cidade Sol.

O movimento denominado Comércio Aberto realizou oração matinal, por volta das 08h30, informando ter sido um clamor pelas famílias vítimas do Coronavírus e ressaltaram a importância da reabertura do comércio, que enfrenta restrições aos sábados para conter o avanço da doença. Os comerciantes disseram que não se trata de movimento político-partidário e que o ato não pode ser classificado como protesto.

O novo boletim epidemiológico da Covid-19 em Jequié revela o registro de 34 novos casos da doença, nas últimas 24 horas, perfazendo um total de 13.079 pessoas confirmadas com a doença, até agora.

Ainda de acordo com o boletim, 12.230 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Conforme os dados repassados pelo HGPV e pelo Hospital São Vicente, a taxa de ocupação geral dos leitos de UTI/adulto está em 97%.

Destes, 14 leitos estão ocupados por residentes de Jequié e 14 leitos ocupados por pessoas de outros municípios. Até o presente momento 19.570 pessoas foram vacinadas no Município.

Acidente envolvendo ambulância de Gandu deixa duas pessoas mortas e uma ferida no trecho de Laje

Ambulância se envolveu em acidente. Foto: Reprodução/Voz da Bahia

Duas pessoas morreram e uma ficou ferida após um acidente com uma ambulância do Município de Gandu, ne manhã desta quarta-feira (31). O Acidente ocorreu na localidade de Cruzeiro, no trecho do Município de Laje, no Vale do Jiquiriçá.

De acordo com o site Voz da Bahia, o condutor ficou ferido e foi socorrido em lesões graves ao Hospital Regional de Santo de Jesus, no Recôncavo baiano.

Os corpos das vítimas fatais foram encaminhados ao IML e ainda não há informações sobre as circunstâncias do desastre.

 

Anvisa aprova boas práticas das fabricantes das vacinas da Janssen e Sputnik V contra Covid

/ Saúde

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou ontem (31) a etapa de boas práticas de fabricação das farmacêuticas Janssen e Inovat/União Química, que produzem vacinas contra a Covid-19. A avaliação positiva é pré-requisito para os imunizantes poderem ser autorizados para uso emergencial e/ou registro definitivo no país.

”A Anvisa finalizou as análises de todas as fábricas citadas no pedido de autorização para uso emergencial protocolado em 24/03/2021. Todas as empresas envolvidas estão devidamente certificadas”, afirmou a agência em nota.

A certificação garante que as empresas cumpram com as exigências necessárias para assegurar a qualidade, eficácia e segurança das vacinas. No caso da Janssen, as três etapas de fabricação tiveram as suas análises concluídas. Já a União Química, que fabrica a Sputnik V, a empresa ainda permanece em processo para a transferência tecnológica e instalação de equipamentos necessários para a fabricação do insumo da vacinas. A inspeção será realizada quando a fábrica informar que concluiu estes processos.

Ontem (30), a Anvisa negou a aprovação da mesma etapa à empresa Bharat Biotech, que produz a Covaxin, imunizante contra o coronavírus. A farmacêutica ainda pode finalizar os estudos, validações e processos para requisitar novamente à agência a certificação, com as mudanças requisitadas.

De favorita para odiada da edição: Sarah é eliminada do Big Brother Brasil com 76% dos votos

/ Entretenimento

Sarah Andrade, eliminada do Big Brother. Foto: Reprodução 

A jornada em busca do prêmio de R$ 1,5 milhão acabou na terça-feira (30) para a consultora de marketing Sarah Andrade, eliminada do Big Brother Brasil com 76,76% dos votos em um paredão contra Juliette e Rodolffo.

Derrotada pelos ex-amigos e aliados, a brasiliense, que chegou a ficar no pódio do público como favoritas ao prêmio recebendo 0,37% dos votos em um paredão, afirmou ter ficado surpresa com um dos motivos que a levou deixar a casa, seu afastamento de Juliette. Segundo a loira, a amizade do G3 acabou por ela ter acreditado que a paraibana estava tentando manipular o jogo usando eles dois.

”Quando eu via ela falando muito bonito, me assustava e tinha medo de ela estar tentando manipular o jogo. Eu ficava ‘será que essa pessoa que eu tenho que me preocupar?’ . Estava com esse medo. A única coisa que me deram de conselho era ‘cuidado para não achar que todo mundo é seu amigo’. Eu desconfiei da pessoa errada”.

Tiago Leifert e Ana Clara não mencionaram as maiores críticas relacionadas a Sarah Andrade feita pelo público, que foram as declarações sobre a pandemia do coronavírus. A participante começou a se queimar quando disse gostar de Bolsonaro e revelou que não cumpria o isolamento social.

A produção do programa deu uma bronca de forma coletiva no elenco, sem direcionar as palavras para a sister. Desde então, a consultora de marketing, que tinha batido 8 milhões de seguidores no Instagram, perdeu 1 milhão.

A saída de Sarah abalou o economista Gilberto, que se desesperou após a eliminação e teve uma crise de choro. ”Não era para ela sair não. Era minha culpa, eu falei… Era para eu estar no paredão”, disse Gil em meio às lágrimas.