Itaquara: Prefeito participa de audiência com secretário da educação, em busca de nova escola

/ Itaquara

Dep.Vitor, prefeito Marco e secretário Jerônimo. Foto: Divulgação

O prefeito de Itaquara, Marco Aurélio Costa (PSB), quer melhorar a qualidade do ensino público no Município e busca parceria com o Governo do Estado para alavancar a Educação.

Acompanhado do deputado estadual Vitor Bonfim (PDT), o gestor participou, nesta quarta-feira (3), de uma audiência com o secretário estadual da Educação, Jerônimo Rodrigues. O encontro aconteceu na sede da Secretaria, no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador.

Em pauta, foram discutidos diversos assuntos da área, mas Marco Aurélio priorizou a construção de uma nova unidade escolar da rede estadual para atender aos alunos do Ensino Médio, além da implantação de cursos profissionalizantes, a exemplo do MédioTec e manutenção de cursos existentes. ”Proporcionar uma educação de qualidade é uma das nossas maiores lutas, já que através dela que passamos garantir o desenvolvimento social, cultural e econômico para a nossa querida cidade”, disse Marco.

Jequié: Efetivo do 8° Grupamento do Corpo de Bombeiros recebe a 1ª dose da vacina contra Covid

/ Jequié

Militares do 8º GBM foram vacinados em Jequié. Foto: Divulgação

Todo o efetivo da Unidade de Resgate UR-14 do 8º Grupamento do Corpo de Bombeiros de Jequié recebeu nesta semana a primeira dose de vacina contra o novo coronavírus, através da Secretaria de Saúde do Município.

Os militares do 8º GBM que atuam diretamente em atendimento a ocorrências com vítimas infectadas pela Covid-19 foram prioridade por parte da Secretaria, que informou ter aplicado, até esta quarta-feira (3), 2.981 doses de vacinas, o equivalente a 77,4%do público-alvo em questão.

 

Presidente da Câmara de Jaguaquara cobra da direção do DNIT providência para recuperação da BR-420

/ Jaguaquara

Pirôpo se encontra com representante do DNIT. Foto: Divulgação

Um relatório que trata das condições da BR-420, estrada com mais de 100 km de extensão interligando as BRs 116 [Entroncamento de Jaguaquara] e 101 [Entroncamento de Laje] foi entregue ao DNIT pelo presidente da Câmara de Jaguaquara, Nildo Pirôpo (PP), que pede o restauro da rodovia no trecho do município que o parlamentar representa.

Pirôpo esteve nesta quarta-feira (3) na sede do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes na Bahia, onde apresentou, em audiência com o representante do órgão federal, o gerente administrativo Ricardo Lima, as condições da estrada.

O vereador levou ao DNIT a reclamação dos usuários da BR-420, que alegam enfrentar declives na pista, que segundo eles aumentam a probabilidade de acidentes no trecho entre Jaguaquara e a BR-116, onde veículos pesados – caminhões, por exemplo, trafegam no meio da pista para evitar tombamentos e colocam em risco à vida de quem circula pela via, de responsabilidade do Governo Federal.

“A nossa visita ao DNIT não significa a solução do problema, mas enquanto representante do povo estamos fazendo a nossa parte para que o órgão tome conhecimento do que está acontecendo. Temos em Jaguaquara a Ceasa, que por comercializar frutas e verduras recebe diariamente caminhões de várias regiões e estados e a estrada não oferece boas condições para o escoamento da produção, além dos buracos, que estão dificultando a vida não apenas dos caminhoneiros, mas de todos. A operação tapa-buraco quando acontece, infelizmente é feita nos trechos de Ubaíra, Mutuípe, mas não abrange o nosso município e nós cobramos uma resposta”, disse o parlamentar.

Prefeito de Lagedo vai à superintendência do Banco do Brasil para tentar evitar fechamento da agência

Marquinhos Sena tenta evitar fechamento do BB. Foto: Rede social

O prefeito de Lajedo do Tabocal, Marquinhos Sena (PP), foi recebido em audiência pelo superintendente Eduardo Lima, na sede regional da instituição, na terça-feira (21), para solicitar a permanência do Posto de Atendimento na cidade, tendo, inclusive, protocolado um documento assinado por comerciantes destacando a importância do banco para o Município. ”Esteve com o superintendente do Banco do Brasil, Eduardo Lima, para assegurar que o Posto de Atendimento continue no nosso Município. Na oportunidade ressaltei a parceria que a gestão municipal buscar viabilizar junto a instituição”, disse o prefeito.

Segundo o Blog jequieeregiao.com.br, o prefeito Marquinhos disse também que o fechamento da estrutura bancária provocaria impacto social e traria prejuízos a economia local. ”O encontro foi bastante proveitoso e estou otimista que seremos atendidos”, concluiu o prefeito.

Rui celebra dispensa da Anvisa para para uso emergencial da vacina Sputnik ação no STF

/ Saúde

”Valeu a pena a batalha da Bahia”, diz Rui. Foto: Matheus Pereira

O governador Rui Costa comemorou nesta quarta-feira (3) a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária em atualizar as regras para o uso emergencial de vacinas contra a Covid-19. ”Valeu a pena a batalha da Bahia pela Sputnik V”, afirmou o gestor, em postagem no Instagram. A nova diretriz foi antecipada pelo secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, durante o dia e confirmada pelo órgão federal no começo da noite.

O estado move uma ação no Supremo Tribunal Federal onde pede autorização para importar a vacina russa, com a qual o governo estadual tem uma garantia de recebimento de 50 milhões de doses – 10 milhões até março. A Anvisa veta até então este imunizante, dentre outros motivos por não haver testes clínicos no país.

”Uma vitória importante nesta nossa luta para garantir mais doses para vacinar brasileiros e brasileiras. Parabéns à Procuradoria Geral do Estado da Bahia pelo trabalho até aqui junto ao STF. Seguimos confiantes no Supremo. Seguimos confiantes na ciência que salva vidas”, completou Rui, na rede social.

O governador baiano, via assessoria, agradeceu ao STF ”pela postura firme, determinante na defesa da saúde pública e da vida humana”. Rui avalia que a reconsideração pela Anvisa “significa a retomada da imagem da Anvisa que tinha prestígio no passado e vinha perdendo essa imagem positiva no exterior e se arriscando a entrar no caminho da anticiência”, afirma Rui.

Promotor de Justiça detona audiências de custódia no Brasil: ”parque de diversões para bandidos”

/ Justiça

Galo concedeu entrevista a Rádio Metrópole. Foto: Metro1

O promotor do Ministério Público da Bahia (MP-BA), Davi Gallo, condenou os métodos empregados nas audiências de custódia realizadas pela Justiça brasileira. Na visão dele, não há critérios e os criminosos perigosos estão conseguindo sair todos os dias praticamente impunes.

Em entrevista ao apresentador José Eduardo nesta quarta-feira (3), na Rádio Metrópole, o promotor de Justiça destacou que a lei penal não pode ser interpretada a favor dos bandidos, e sim da sociedade. Ele tem visto que a maioria dos juízes faz uma avaliação superficial da vida dos criminosos e os coloca na rua em seguida durante as audiências de custódia.

”Sou favorável que os criminosos de menor potencial ofensivo possam responder em liberdade, mas não temos visto critérios nessas liberações. Tem sido uma espécie de parque de diversões para os bandidos perigosos passar a noite na cadeia, ser apresentado ao juiz na audiência e sair às vezes na mesma hora. Isso desestimula a polícia a trabalhar”, apontou Gallo.

Ele frisou que esse é um problema muito sério que a sociedade precisa repensar, inclusive escolhendo melhor seus representantes na política para que leis mais rígidas contra o crime sejam criadas e colocadas em prática. ”Vou continuar brigando, lutando pra manter vagabundo periculoso na cadeia, mas está difícil. A polícia tenta conter o crime organizado que está instalado na Bahia, mas é uma gangorra que é a sociedade que paga o pior preço”, acrescentou.

Mãe de Geddel Vieira Lima é condenada por lavagem de dinheiro no caso das malas com R$ 51 milhões

/ Justiça

O juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal Criminal, condenou nesta quarta, 3, Marluce Quadros Vieira Lima, mãe do ex-ministro Geddel Vieira Lima, no caso do ”bunker” de R$ 51 milhões em Salvador. A sentença fixou a pena em dez anos de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa, porém devido à ‘idade avançada e o estado de saúde precário’ de Marluce, o magistrado permitiu que a pena seja cumprida em regime domiciliar ou ‘outro meio mais adequado’.

Em outubro de 2019, Geddel e seu irmão, o ex-deputado Lúcio Vieira Lima, foram condenados no mesmo caso a 14 anos e dez meses e 10 anos e seis meses de prisão, respectivamente. Devido à prerrogativa de foro privilegiado, o processo dos dois foi analisado pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal enquanto a denúncia contra Marluce foi enviada à primeira instância.

Segundo o juiz Vallisney Oliveira, o Ministério Público Federal (MPF) apresentou provas de que os irmãos Vieira Lima, junto da mãe, ‘iniciaram uma impressionante corrente de lavagem de dinheiro’ até a apreensão dos R$ 51 milhões no bunker em Salvador, em setembro de 2017.

”Não tenho dúvidas de que Marluce Vieira Lima também teve participação nos mesmos delitos de lavagem, associando-se aos filhos, e com atuação pró-ativa e efetiva no recebimento, movimentação e depósito de dinheiro, com a finalidade de ocultar e reintroduzir no mercado o dinheiro obtido de modo ilícito pelos filhos na qualidade de agentes públicos”, frisou o juiz.

Segundo a denúncia da Procuradoria, no período de 2010 a 2017, os irmãos Vieira Lima e a mãe praticaram uma série de atos para ocultar valores oriundos de crimes: repasses de R$ 20 milhões pelo doleiro Lúcio Funaro a Geddel por um esquema de corrupção na Caixa Econômica Federal; recebimento de R$ 3,9 milhões do Grupo Odebrecht e apropriação de parte da remuneração paga pela Câmara a secretários parlamentares. De acordo com o MPF, os valores foram dissimulados por meio de empreendimentos imobiliários.

Vallisney destacou que além de ‘administrar e guardar o produto do crime’ que era entregue aos filhos Geddel e Lucio, Marluce participou ‘de investimentos imobiliários decorrentes do referido produto ilícito de delitos tendo gerido e ficado à frente de sete empreendimentos’. Segundo o juiz, a mãe dos irmãos Vieira Lima guardava as propinas em espécie em sua residência e depois transferiu o dinheiro para o apartamento onde foi apreendido, em Salvador. O bunker ficava a pouco mais de um quilômetro da casa da matriarca.

Geddel e Lúcio

Os irmãos Geddel e Lúcio Vieira Lima foram condenados em outubro de 2019 pela Segunda Turma do Supremo no mesmo caso. Votaram pela prisão dos políticos os ministros Edson Fachin, Celso de Mello e Cármen Lúcia. Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski, por outro lado, divergiram parcialmente dos colegas ao entender que as condutas não se enquadrariam como associação criminosa.

”É inegável que a atuação sorrateira de agentes públicos, com o auxílio de familiares, que desviam suas atividades para a articulação de negociações espúrias voltadas para a manutenção de um instrumento apto a lhe garantir, de forma indevida, recursos, ao fim e ao cabo, pertencentes à sociedade brasileira, atinge diretamente os valores previstos constitucionalmente como essenciais para a construção de uma sociedade livre, justa e solidária”, escreveu Fachin em seu voto.

Geddel foi condenado a 14 anos e dez meses de prisão; Lúcio, a 10 anos e seis meses, além de pagar um valor de R$ 52 milhões por danos m

Bahia registra 40 óbitos e 3.370 novos casos de coronavírus em 24h, diz boletim de SESAB

/ Bahia

A Bahia registrou, nas últimas 24 horas, 3.536 novos casos da Covid-19 e mais 40 óbitos pela doença, segundo dados divulgados hoje (3) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Desde o início da pandemia, o número total de óbitos por coronavírus no estado é de 10.216.

Dos 596.140 casos confirmados desde o início da pandemia, 573.186 já são considerados recuperados e 12.738 encontram-se ativos. Na Bahia, 40.225 profissionais da saúde foram diagnosticados com a doença.

Dos 2.114 leitos disponíveis para tratamento do coronavírus, 1.296 possuem pacientes internados. A taxa de ocupação de leitos de UTI Covid para adultos no estado é de 71%.

Educação: Resultado da pré-seleção do Fies já pode ser consultado na internet

/ Educação

Com um dia de atraso, o resultado da pré-seleção para bolsas oferecidas pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2021 foi publicado na manhã desta quarta-feira (3). Os candidatos às 93 mil bolsas podem consultar o resultado no site do programa ou na instituição para a qual se inscreveu. 

Segundo o Ministério da Educação (MEC), serão disponibilizados R$ 500 milhões para as bolsas de financiamento estudantil. Os candidatos pré-selecionados deverão complementar sua inscrição entre os dias 3 e 5 de fevereiro de 2021.

De acordo com o MEC, os candidatos não selecionados integrarão uma lista de espera, podendo ser convocados a qualquer momento, até o dia 18 de março.

A Agência Brasil entrou em contato com o MEC para saber o motivo do atraso na divulgação do resultado e aguarda resposta. Nas redes sociais, os candidatos se queixaram do atraso no cronograma.

A seleção para o Fies é feita com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Na edição deste ano, pode participar quem fez o Enem entre 2010 e 2019, obteve média acima de 450 e não zerou a redação. As notas de 2020 não poderão ser utilizadas devido ao adiamento das provas, que foram aplicadas somente em janeiro de 2021. Outro pré-requisito é ter renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até três salários mínimos.

Criado em 1999, o Fies tem como meta facilitar o acesso ao crédito para financiamento de cursos de ensino superior oferecidos por instituições privadas. O programa é ofertado em duas modalidades desde 2018, por meio do Fies e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies).

O primeiro é operado pelo governo federal, com juros zero, para estudantes que têm renda familiar de até três salários mínimos por pessoa. O percentual máximo do valor do curso financiado é definido de acordo com a renda familiar e os encargos educacionais cobrados pelas instituições de ensino.

Já o P-Fies tem regras específicas e funciona com recursos dos fundos constitucionais e dos bancos privados participantes, o que implica cobrança de juros.

Presidentes da Câmara e do Senado defendem prioridade da vacina para o novo Coronavírus

/ Política

Novo presidente da Câmara, Arthur Lira. Foto: Reprodução

Os novos presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), vão pedir agilidade do governo Jair Bolsonaro na aquisição de vacinas contra a Covid-19. O pleito está em um documento conjunto que será entregue por eles ao presidente da República.

Segundo o Blog da Ana Flor, no G1, os dois vão pedir também obediência a critérios científicos no combate à pandemia e a adoção de medidas dos dois poderes, tanto o Executivo quanto o Legislativo, em prol da recuperação econômica, emprego e renda aos brasileiros. Além disso, a publicação avalia que, nas entrelinhas, está a defesa do retorno do auxílio emergencial, que chegou ao fim no final do ano passado. Lira e Pacheco se reuniram com Bolsonaro na manhã desta quarta-feira (3), no Palácio do Planalto, para discutir esses assuntos.

Caixa Econômica Federal disponibiliza app que permite acesso a serviços e solicitações do DPVAT

/ Economia

Caixa Econômica Federal lançou um aplicativo destinado ao seguro. Foto: Divulgação

Com o intuito de facilitar o acesso aos serviços que envolvem Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT), a Caixa Econômica Federal lançou um aplicativo destinado ao seguro.

Pela plataforma, o usuário pode dar entrada no pedido de indenização por morte, invalidez permanente ou reembolso de despesas médicas diretamente à Caixa. Também é possível enviar documentos e acompanhar o pedido de indenização.

O aplicativo pode ser baixado gratuitamente pelos sistemas Android e iOS. Para isso, basta pesquisar ”DPVAT CAIXA” nas lojas de aplicativos de cada plataforma. Para que o usuário possa utilizar a ferramenta, é necessário fazer um cadastro no login Caixa. Se a pessoa já tiver cadastro em outros aplicativos da Caixa, como Habitação, FGTS e Caixa Tem, a senha de acesso é a mesma. Com informações do site Resenha Geral.

Farmácias nos EUA passarão a oferecer vacinas contra coronavírus a partir da próxima semana

/ Saúde

Oferta dos EUA visa aumentar a velocidade de vacinação. Foto: Reprodução

Algumas farmácias nos Estados Unidos começarão a oferecer vacinas contra a Covid-19 a partir do dia 11 de fevereiro. Segundo o jornal O Globo, oferta faz parte dos esforços para aumentar rapidamente o número de doses administradas em cidadãos americanos.

O coordenador de resposta da Casa Branca para Covid-19, Jeff Zients, disse a jornalistas na terça-feira (2) que, devido às limitações de abastecimento, o programa terá como alvo inicial 6.500 farmácias em todo o país, um número que será expandido para 40 mil com o passar do tempo.

”Isso tornará mais vacinas disponíveis para as pessoas em suas comunidades e é um componente importante para a vacinação equitativa”, explicou.

O programa faz com que os indivíduos marquem consultas na farmácia para receber suas doses, conforme seu grupo prioritário se torna elegível para tomar o imunizante.

Renovação confirmada: Atacante Neymar vai jogar pelo ”PSG” por mais quatro anos

/ Esporte

Brasileiro já ganhou nove troféus atuando na França. Foto: Reprodução

Depois de meses de negociações nem sempre calmas, Neymar e PSG acertaram a renovação do contrato do brasileiro por mais quatro anos. O novo vínculo só se encerrará em meados de 2026. As informações são da  ESPN e do Terra.

No domingo (31), Neymar já tinha antecipado o acordo com o clube. ”Quero ficar”, disse, em entrevista à televisão francesa. A confirmação da prorrogação aconteceu nesta terça-feira (2) e teve como personagem decisivo o diretor esportivo do PSG, o brasileiro Leonardo, com quem Neymar já teve desavenças.

Desde quando chegou a París, Neymar ganhou três títulos da Ligue 1, duas vezes a Copa da França, duas vezes a Copa da Liga e duas edições da Supercopa. O desejo maior, porém, ficou no quase. Na temporada 2019-2020, o PSG chegou à final da Champions, mas perdeu a decisiva para o Bayern.

Parlamentares do DEM já abordam com naturalidade apoio à reeleição de Bolsonaro

/ Política

Neto nega acordo, mas informação é de aliança. Foto: Reprodução

Depois de ter vitória dupla na Câmara e no Senado com o apoio do DEM, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) também deve contar com o apoio da sigla para as eleições de 2022.

De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, a possibilidade de o Democratas apoiar a reeleição do capitão reformado do Exército é abordada com naturalidade por parlamentares do partido que evitavam falar do assunto antes da derrota de Rodrigo Maia (DEM-RJ) seu sucessor na Câmara.

O discurso de parte deles agora é o de que não pode haver ”preconceito” na discussão de nomes que o partido pode apoiar daqui a dois anos para presidente.

Maia, que costurava a possibilidade de o DEM se aliar ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), ou apoiar nomes como o do apresentador Luciano Huck, era o obstáculo à aliança com Bolsonaro.

E que foi agora removido, na visão dos que o derrotaram internamente no partido ao apoiar a candidatura de Arthur Lira (PP-AL) para presidir a Câmara.

O cacha no DEM rendeu até ao presidente da sigla, ACM Neto, acusações de ”traidor”. Ele também foi criticado por Maia por abandonar o bloco de Baleia Rossi (MDB-SP). Ainda chegou a ser especulado que o ex-prefeito de Salvador teria alinhado um acordo com Bolsonaro para comandar o Ministério da Educação.