Consórcio retoma operação tapa-buracos nas rodovias do Vale após contrato renovado com o Estado

BA-250 passa por recuperação. Foto: Blog Marcos Frahm

Buracos e muita dor de cabeça para os motoristas. Esses problemas estão chegando ao fim após alguns meses sem manutenção nas rodovias que cortam os municípios do Vale do Jiquiriçá.

 A entidade responsável, o Consórcio de Desenvolvimento do Vale do Jiquiriçá – Convale, presidido pelo prefeito de Planaltino, Zeca Braga (PSD), iniciou, nesta semana, os serviços de tapa-buracos nas estradas da região e informou que os trabalhos teriam sido paralisados em razão da suspensão do contrato de custeio entre o Consórcio com o Governo do Estado, que alegava falta de emulsão asfáltica durante a pandemia do coronavírus, mas que esse problema já foi sanado, com o contrato renovado.

O Convale informou ainda que os serviços de recuperação das vias já foram reiniciados, na BA-250, começando por Maracás até a BR-116, no Entroncamento de Jaguaquara e que outros trechos da região também passarão por recuperação.

Jaguaquara: Secretaria faz anúncio em rede social na tentativa de contratar médicos para abrir UPA

/ Jaguaquara

Prefeitura quer colocar UPA para funcionar. Foto: Blog Marcos Frahm

A falta de médicos na região se transformou em um problema para a Prefeitura de Jaguaquara, que colocou como prioridade o funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento – UPA, construída desde 2015 em convênio com o Governo Federal, no distrito Stela Dubois, mas que só funcionou em setembro de 2016, quando foi utilizada pelo Estado para realização de um multidão de cirurgias para atender pacientes do vale do Jiquiriçá.

Alvo de duras críticas da população pelo fato de a unidade estar fechada em meio a pandemia, o prefeito Giuliano Martinelli (PP), chegou a gravar vídeo em junho último após visita do Secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, informando que a UPA iria funcionar através de uma entidade via processo licitatório como centro regional de atendimento à Covid-19, mas a promessa do gestor e do secretário não foi cumprida, e não se sabe o motivo da parceria entre Estado e Município não ter sido concretizada.

Inclusive, no início desta semana, Martinelli, em novo vídeo, disparou contra o governador Rui Costa (PT), acusando o chefe do Executivo do Estado de dispensar tratamento diferenciado ao Município em comparação a outras cidades, por não assumir o funcionamento da UPA, que é de responsabilidade da gestão municipal.

Agora, mais do que nunca, o prefeito quer cumprir a promessa e diz que vai colocar a unidade para funcionar através da Prefeitura, com apoio do deputado federal Cacá Leão (PP). Contudo, não se sabe por qual período ela funcionará. Em oportunidades anteriores, Giuliano alegava dificuldades financeiras para o poder público local manter a UPA funcionando.

Jaguaquara portaliza 1.535 casos do coronavírus, com 1.265 recuperados e 257 ativos. A Secretaria informou hoje, quinta-feira (20), o registro do 13º óbito pela doença, sendo uma mulher de 72 anos, portadora de comorbidades e que estava internada no Hospital São Vicente, em Jequié. Mas a situação parece está controlada, em comparação ao início da pandemia e a gestão já autorizou até a reabertura de bares.

Jequié tem mais um óbito pro Covid-19, de idoso de 96 anos, e taxa de ocupação de leitos cai para 56,4%

/ Jequié

Hospital São Vicente atende casos do vírus. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, informou que registrou, nesta quinta-feira (20), mais um óbito por Covid-19, sendo de um homem, de 96 anos, sem comorbidades, residente na comunidade de Volta do Rio, distrito de Itajuru.

Houve o registro, também, de mais 103 novos casos, perfazendo um total de 4.858 pessoas confirmadas com a doença, até agora. Mais 81 pessoas tiveram alta, sendo liberadas para suas atividades, contabilizando 3.308 pacientes que encontram-se recuperados e não apresentam mais o sintomas da doença.

Os que estão em quarentena somam 5.215 pessoas. Conforme os dados repassados pelo HGPV e pelo Hospital São Vicente, a taxa de ocupação geral dos leitos de UTI/adulto é de 56,4%. Destes, 12 leitos estão ocupados por residentes de Jequié e 10 leitos ocupados por pessoas de outros municípios.

Bahia registra 3.937 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, diz boletim da Sesab

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.937 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,8%) e 3.377 curados (+1,6%). Dos 228.596 casos confirmados desde o início da pandemia, 208.932 já são considerados curados e 14.979 encontram-se ativos . A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 413 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (31,59%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Almadina (4.941,43), Dário Meira (4.547,15), Salinas da Margarida (4.257,36), Itapé (4.189,02) e Ibirataia (4.120,95).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 426.829 casos descartados e 86.582 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (20).

Na Bahia, 18.564 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 74 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

Maracás: Prefeito quer obra entre prefeitura, Vanádio e Estado para asfaltar estrada de Porto Alegre

Soya se reúne com Paulo Misk, da Vanádio. Foto: Divulgação

O prefeito de Maracás, Soya Novaes (PDT), informou que vai oficializar proposta de realização de uma obra tripartite, entre a Prefeitura, a mineradora Vanádio de Maracás (VMSA) e o Governo do Estado por meio da Secretaria de Infraestrutura  para pavimentação asfáltica de um trecho de 38 Km de estrada de chão, ligando a Rodovia BA-026, na localidade de Pé de Serra, até o povoado de Porto Alegre, na área rural do Município.

Segundo ele, esse é um anseio antigo da população e, se concretizada, a proposta beneficiaria a Vanádio, pois o acesso ao canteiro de obras não tem pavimentação e também facilitaria o escoamento da produção agrícola em outras comunidades, onde agricultores familiares atuam.

Soya se reuniu na tarde desta quinta-feira (20), com o presidente da mineradora Largo Resources, Paulo Misk, dizendo ter cobrado do representante apoio para obras em Maracás. ”Esse é um sonho de todos nós. Hoje nos reunimos e tratamos sobre as ações do coronavírus e teremos outra reunião para discutir essa questão, dessa estrada. Vamos ter também uma conversa com o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, e nós vamos propor a união dos poderes e da Vanádio para realizar isso”, destacou o gestor.

Brejões: Ex-prefeitos Alan e Ourivaldo se unem e PP terá chapa puro-sangue na disputa pela prefeitura

/ Política

Alan e Orivaldo vão formar chapa. Foto: Blog Marcos Frahm

O cenário político em Brejões, no Vale do Jiquiriçá, está em plena ebulição. Por lá, o clima de pré-campanha esquenta a cada dia. Quem já está atuando no campo das articulações é o ex-prefeito Alan Andrade, que buscou a união com o também ex-prefeito e agora ex-adversário político, Orivaldo Santana Lopes. Ambos, filiados ao PP, bateram o martelo sobre a disputa pela Prefeitura.

A chapa será puro-sangue, com Alan pré-candidato a prefeito e Ourivaldo vice. Nas últimas eleições municipais, em 2016, Alan, que exercia o segundo mandato consecutivo defendeu a candidatura do atual prefeito, Sandro Correia (REDE), que venceu o pleito ao derrotar a esposa de Ourivaldo, Rosa Maria. Após assumir o comando do Executivo, Sandro declarou ruptura política com Alan, que agora quer revanche.

De tradicional família política, sobrinho do ex-deputado Federal João Almeida, Alan é considerado liderança influente na cidade. Questionado pelo Blog Marcos Frahm sobre a aliança com o ex-opositor, ele disse que política é arte de somar: ”Na política, que é arte de somar, a gente tem que saber separar o pessoal da questão política e não há problema na união com Ourivaldo, pois não fomos inimigos, o processo foi democrático e agora nos unimos pelo bem de Brejões. A gestão atual representa um atraso, porque não correspondeu as expectativas e o povo quer voltar a sorrir. Temos uma história de serviços prestados e por isso iremos colocar o nome a disposição da população nas próximas eleições, corrigindo um erro do passado, quando apoiamos quem foi ingrato com as pessoas que lhe colocaram no poder”, justificou. Alan ainda afirmou ser vítima de fake news, propagada por adversários que o classificam de inelegível, mas assegura que estará apto a disputar.

Juiz multa prefeito de Eunápolis em R$ 53 mil por divulgar pesquisa sem registro

/ Justiça

Robério Oliveira divulgou pesquisa sem registro. Foto: Facebook

O juiz Benedito Alves Coelho condenou o prefeito de Eunápolis, no Extremo Sul do estado, Robério Oliveira (PSD), em R$  R$ 53.205 mil após o gestor divulgar uma pesquisa sem registro na Justiça Eleitoral.

”Como visto, embora a pesquisa eleitoral divulgada, não tivesse foro de cientificidade, até porque feita ao arrepio da legislação de regência, tinha o claro propósito de ser uma pesquisa eleitoral, contendo, na visão dos seus idealizadores, potencial de atingir seu objetivo de influir no ânimo do eleitor”, escreveu o juiz.

Também foi condenado pelo juiz o sócio do site A Gazeta Bahia, onde o material foi reproduzido. Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do prefeito informou que Robério irá recorrer da decisão.

Neto e Rui concordam em criminalizar festas paredão durante pandemia do coronavírus

/ NOTÍCIAS

Rui e Neto seguem tomando decisões conjuntas. Foto: Divulgação

O prefeito ACM Neto (DEM) endossou, nesta quinta-feira (20), a determinação do governador Rui Costa para que a Polícia Militar atue com mais vigor nas ações contra as ”festas paredão” durante a pandemia de Covid-19 na capital baiana.

Nas rede sociais, o petista sugeriu enquadrar como crime contra saúde pública quem organizar ou participar das festas que geram aglomerações em regiões habitacionais da cidade. ”Veículo será apreendido e feito o enquadramento dos seus proprietários junto à delegacia como crime. Além dos aspectos das multas de trânsito, das multas de som, será aberto procedimento criminal para essas pessoas”, escreveu o chefe do Executivo estadual.

O prefeito ACM Neto disse concordar em gênero, número e grau com o gesto do governador. ”Expressei todo meu pesar pelo que vem acontecendo no Nordeste de Amaralina, com a reincidência permanente desses paredões. Se tratam de pessoas insensíveis. A PM tem um papel imprescindível nesse combate desse tipo de aglomeração criminosa”, disse o gestor municipal. As informações são do site Bahia Notícias

ACM Neto recua e adia início da terceira fase de reabertura da economia em Salvador

/ Política

Cenário muda e prefeito recua na capital. Foto: Dinaldo Silva/ BNews

O prefeito de Salvador, ACM Neto anunciou, na manhã desta quinta-feira (20), o adiamento do início da terceira fase, que estava prevista para começar na próxima segunda-feira (20), após a avaliação do cenário na capital baiana. Neto ainda afirmou que não há previsão de quando esta fase vai começar.

Segundo ele, a ativação estava condicionada ao cumprimento de dois critérios: taxa de ocupação de UTI igual ou menor a 60% e distância da 2º e 3ª fase de 15 dias, mas alguns pontos foram observados e os comitês de saúde municipal e estadual decidiram prorrogar o início da terceira fase, conforme informações do BNews.

Prefeitura de Ipiaú abre bares e restaurantes; toque de recolher a partir da meia-noite

Decreto Municipal nº 5736/2020, da Prefeitura de Ipiaú, autorizou o funcionamento desde a última quarta-feira (20), de bares e restaurantes, das 10h às 23h, Pelo mesmo decreto, foi alterado ó horário de atividades das academias de ginástica, que passaram a atender os seus clientes de segunda-feira a sábado até as 23 horas. O toque de recolher na cidade, que era das 20h às 05h, passou a ser da meia noite até às 5h da manhã. Os proprietários de bares e restaurantes devem se atentar a todas as recomendações e medidas sanitárias, que inclusive foram disponibilizadas em treinamento presencial realizado pela Vigilância Sanitária do município.

Os estabelecimentos só poderão funcionar com 50% da sua capacidade total e só será permitido no máximo 6 pessoas por mesa respeitando-se 2 metros de distância entre uma mesa e outra, e de 1 metro para cadeiras. Aos clientes é autorizado o consumo apenas dentro dos estabelecimentos e eles devem estar sentados. É proibido o uso de ventiladores e obrigatório que no local tenha disponível para clientes e funcionários álcool 70% e lavatórios para higienização das mãos com sabonete líquido e toalhas descartáveis, além de lixeira sem acionamento das mãos.

No decreto também é solicitado adequação dos cardápios para que não necessite manuseio no uso, assim como pedem atenção para higienização diária dos estabelecimentos e de mesas e cadeiras com álcool 70% a cada troca de cliente. Além disso, é obrigatório uso de máscaras para trabalhadores e clientes, e garçons e atendentes devem incluir o uso da viseira de acrílico. Com informações do site Giro em Ipiaú

Câmara de Jequié confirma sessão de julgamento do prefeito Sérgio para terça-feira (25);

/ Jequié

Sérgio volta a sofrer derrota na justiça. Foto: Blog Marcos Frahm

O prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, voltou a sofrer nova derrota na justiça em mais uma tentativa de barrar o processo de cassação do mandato dele por vereadores que fazem oposição ao seu governo na Câmara Municipal. Depois de a justiça ter negado liminar recentemente, nesta quarta-feira (19), o Tribunal de Justiça da Bahia, por decisão da desembargadora Heloísa Pinto de Freitas Vieira Graddi, indeferiu o mandado de segurança impetrado pelo prefeito contra o presidente da Câmara, Emanuel Campos – Tinho.

Sérgio da Gameleira queria anular a sessão do dia 16 de junho alegando que o presidente da Câmara, vereador Tinho, havia errado ao acatar a denúncia que imputou ao prefeito municipal a prática de suposta infração político-administrativa, cuja consequência foi seu afastamento provisório do cargo de prefeito da cidade.

O prefeito também reclamou do sorteio conduzido pelo presidente Tinho para a composição da Comissão Processante, alegando que os seus membros (Admilson Careca, Laninha e Gutinha) haviam sido escolhidos igualmente de forma arbitrária.

Pelo que foi decidido, não houve arbitrariedade. De posse da denúncia, o presidente da Câmara, na primeira sessão, determinou sua leitura e a colocou em votação, sendo acatada pelo voto da maioria dos presentes e na mesma sessão foi constituída a Comissão Processante, com três vereadores sorteados entre os desimpedidos, os quais elegeram, desde logo, o presidente e o relator. A Sessão de Julgamento está marcada para terça-feira (25).

Investigação do Ministério Público apura se loja de Flávio Bolsonaro ”lavou” R$ 2,1 milhões

/ Justiça

Flávio segue na mira do MP. Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O Ministério Público do Rio (MP-RJ) investiga se a compra de uma franquia da Kopenhagen pelo senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e a movimentação financeira da loja foram usadas para lavar dinheiro. Os promotores suspeitam que ao menos R$ 2,1 milhões possam ter sido ”legalizados” com as duas frentes de negócio. O senador nega ter cometido qualquer tipo de crime.

Pelo menos R$ 500 mil teriam sido ocultados na aquisição da loja, em dezembro de 2014, e outro R$ 1,6 milhão foi movimentado na conta da empresa de forma suspeita.

Esse dinheiro teria sido lançado como venda de chocolates, em dinheiro vivo, para dissimular a origem dos recursos, registram os autos. Parte do valor seria desviada do suposto esquema de ”rachadinha” – recolhimento de parte dos salários dos assessores – no antigo gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Com informações do Estadão

Termina hoje prazo para inscrição na lista de espera do Programa Universidade para Todos

/ Educação

Os estudantes que não foram pré-selecionados em nenhuma das duas chamadas regulares do Programa Universidade para Todos (Prouni), para o 2º semestre deste ano, têm até hoje (20) para manifestar interesse em participar da lista de espera. A inscrição pode ser feita na página do Prouni e o resultado será divulgado na próxima segunda-feira (24).

Esta é a última etapa de seleção do programa. De acordo com o Ministério da Educação, a lista de espera será única para cada curso e turno, de cada local de oferta, ou seja, não haverá classificação por modalidade, como por cotas, por exemplo.

Pode participar da lista de espera, para o curso correspondente à primeira opção na inscrição, o candidato que não tenha sido pré-selecionado em nenhuma das chamadas regulares ou tenha sido pré-selecionado para a sua segunda opção de curso, mas por motivo de não formação de turma, tenha sido reprovado.

Para participar da lista de espera para o curso correspondente à segunda opção na inscrição, os critérios são os seguintes: que o candidato não tenha sido pré-selecionado em nenhuma das chamadas regulares; nas hipóteses de não ter ocorrido formação de turma na primeira opção de curso, ou de não haver bolsas disponíveis na primeira opção de curso; e, ainda, na situação de ter sido pré-selecionado para a primeira opção de curso, mas que por motivo de não formação de turma tenha sido reprovado.

Os estudantes da lista de espera que forem pré-selecionados para receber a bolsa devem comparecer às instituições de ensino até o dia 28 e entregar os documentos que comprovem as informações prestadas no momento da inscrição. Quem perder o prazo ou não comprovar os dados será desclassificado.