Campeonato Brasileiro: Apático, Vitória é derrotado pelo Ceará por 2 a 0 fora de casa

/ Esporte

Rubro-negro perde para o Ceará. Foto: Moysés Suzart/EC Vitória

O Vitória perdeu por 2 a 0 o confronto contra o Ceará, pela 25ª rodada do Brasileirão. O time rubro-negro estava há quatro jogos sem perder e sem sofrer gol, mas não jogou bem e a zaga mal colocada contribuiu para o resultado. O placar mantém o Vitória na 12ª colocação, com 29 pontos. O próximo confronto será contra o Botafogo, com o time já comandado pelo técnico Carpegiani. O duelo será na noite do próximo domingo (23), no Barradão.

Convocados no concurso público da Educação do Estado têm até segunda-feira para apresentar a documentação

/ Educação

Os professores e coordenadores pedagógicos aprovados e convocados no concurso público da rede estadual de ensino têm até a próxima segunda-feira (17) para apresentar a documentação necessária. O edital com descritivo dos documentos está disponível no Portal da Educação. Os candidatos aprovados para o interior deverão comparecer nas sedes dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) para os quais se inscreveram, munidos da documentação original e fotocópia, no horário das 8h30 às 11h30 e das 14h às 17h30. Já os candidatos aprovados no NTE de Salvador (NTE 26) deverão comparecer, também até segunda (17), nos mesmos horários, na Secretaria da Educação do Estado, situada na Avenida Luiz Viana Filho, nº 550, 5ª Avenida, Centro Administrativo da Bahia – CAB, Térreo, sala 04. A convocação de 2.414 novos professores e de 636 coordenadores pedagógicos aprovados no concurso público foi publicada pelo Estado da Bahia, no Diário Oficial do dia 28 de agosto. O concurso recebeu mais de 103 mil inscritos, divididos em 27 NTE, situados em Salvador e em outros 26 municípios do Estado. A classificação é separada por cargo, pelo tipo de disciplina e pelo local (NTE). Realizadas conjuntamente pelas secretarias da Educação (SEC) e da Administração (Saeb), as provas do certame ocorreram em fevereiro deste ano. Os candidatos passaram por três etapas, entre habilitatórias e classificatórias, como provas objetivas, discursivas e de títulos. A Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora do concurso, divulgou o resultado final e a homologação do certame no dia 19 de junho, no Diário Oficial do Estado. Após a nomeação, os novos servidores terão remuneração total de R$ 2.814,28, quando professores, ou de R$ 2.890,87, quando coordenadores pedagógicos. As vagas são para Magistério Público do Ensino Fundamental e do Ensino Médio do Estado da Bahia, nas áreas de Arte, Biologia, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Matemática, Química e Sociologia. São exigidos formação específica e diploma concedido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Para coordenador pedagógico é necessária formação em pedagogia, também com reconhecimento do MEC. Em todos os casos, a carga horária semanal é de 40 horas.

ACM Neto diz ter ”absoluta confiança” de que Geraldo Alckmin vai para o segundo turno

/ Política

ACM Neto defende candidatura de Alckmin. Foto: Gilberto Jr.

Durante a cerimônia de entrega da Catedral Basílica, na tarde desta sexta-feira (14), o prefeito ACM Neto (DEM) garantiu que o candidato à Presidência da República, Geraldo Alckmin (PSDB), vai para o segundo turno das eleições 2018. O gestor da capital baiana ainda revelou não acreditar em pesquisa ”desde que disputei minha primeira eleição para prefeito, em 2008”. ”O que interessa é o voto na urna, na hora H. Estamos com todo o planejamento feito, seguros do trabalho. Temos absoluta confiança que Alckmin vai para o segundo turno”, disse o prefeito.

”Eleitor foi induzido a erro porque o demônio do país virou o PT”, diz Haddad na no Jornal Nacional

/ Entrevista

Fernando Haddad foi entrevistado no Jornal Nacional. Foto: Globo

Candidato do PT ao Planalto, Fernando Haddad disse nesta sexta-feira (14) que perdeu a reeleição à Prefeitura de São Paulo, em 2016, porque o eleitor ”foi induzido a erro”. Para ele, a crise daquele ano fez com que seu partido virasse ”o demônio do país”. Haddad foi o primeiro candidato à reeleição que perde no primeiro turno desde que o confronto direto foi instituído na eleição. O candidato refutou o selo de candidato ”poste”, indicado pelo ex-presidente Lula, e disse que foi escolhido pelo padrinho, para disputar a prefeitura paulistana em 2012 porque foi ”o melhor ministro da Educação”. Haddad disse ainda que os presidente Lula e Dilma Rousseff, que nomearam ministros que, muitas vezes, votaram contra petistas no STF (Supremo Tribunal Federal), nunca fizeram as nomeações pensando em como os juízes se posicionariam. O candidato fez ainda críticas à prática de delação premiada e evitou fazer uma autocrítica sobre a participação de integrantes de seu partido nos escândalos do mensalão e do petrolão. Oficializado candidato do PT à Presidência somente nesta terça-feira (11), Haddad tenta concluir a transmutação de sua imagem à do ex-presidente Lula e herdar o espólio do padrinho político que, antes de ser barrado pela Justiça Eleitoral, tinha cerca de 40% nas pesquisas. No mais recente Datafolha, divulgado nesta sexta, Haddad chegou a 13% e está empatado numericamente em segundo lugar com Ciro Gomes (PDT). Lidera a corrida, segundo o levantamento, Jair Bolsonaro (PSL), com 26% das intenções de voto. Horas antes da entrevista, aliados afirmavam que Haddad havia se preparado para responder às perguntas da bancada sem rechaçar o mercado, mas precisava manter o foco no eleitor de Lula, mais às esquerda, passando uma mensagem clara de que é seu representante nas eleições de outubro. Haddad disse ainda que seu partido nunca partidarizou o Judiciário –com ministros nomeados pelos governos petistas–, mas que isso não significa que os magistrados não possam errar. ”Nunca partidarizamos o Judiciário e isso não significa que o Judiciário possa errar”, declarou. Haddad disse que os presidente Lula e Dilma Rousseff, que nomearam ministros que, muitas vezes, votaram contra petistas no STF (Supremo Tribunal Federal), nunca fizeram as nomeações pensando em como os juízes se posicionariam. O candidato fez ainda críticas à prática de delação premiada e evitou fazer uma autocrítica sobre a participação de integrantes de seu partido nos escândalos do mensalão e do petrolão.

Mais de 82% dos atendimentos de emergência nos hospitais são problemas cardiológicos

/ Saúde

Os atendimentos de emergências cardiovasculares nos hospitais do Brasil são 82,2% maiores do que aqueles em que uma cirurgia ou procedimento é agendado com antecedência. A conclusão está no levantamento realizado pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). A pesquisa mostra que os homens, acima dos 60 anos, predominam nos atendimentos. No ano passado, houve 1.130.692 de internações por doenças cardiovasculares, das quais 929.528 (82,2%) foram de urgência. A incidência de pacientes do sexo masculino é maior: 84% foram inoordenador do Centro de Treinamento em Emergências Cardiovasculares da SBC, Sergio Timerman, há uma demanda excessiva nos atendimentos hospitalares. ”Não podemos esquecer que uma pessoa que entra num hospital de forma emergencial, normalmente, fica hospitalizada por um tempo maior.”

Faixa etária

A pesquisa mostra que há um aumento no número de atendimentos, conforme a idade avança e uma porcentagem maior nos atendimentos de emergência. ”[Há] um pico nos atendimentos entre 60 e 69 anos”, disse o cardiologista. Essa faixa etária somou 235 mil atendimentos de urgência em 2017. Outro dado do levantamento da SBC aponta que a taxa de mortalidade aumenta, em média, quatro vezes nos atendimentos emergenciais em comparação aos eletivos, sem contar as milhares de pessoas que morrem em casa, sem chegar aos hospitais. Segundo a SBC, o Brasil registra 360 mil mortes por doenças cardiovasculares todos os anos, sendo a principal causa de mortes no país.

Investimentos

”Precisamos investir em prevenção cardiovascular e ainda ampliar o número de profissionais de saúde e de pessoas leigas em conhecer as manobras de ressuscitação. Menos de 2% das vítimas chegam com vida aos hospitais”, diz Timerman, em nota. O médico afirmou ainda que muitos pacientes não sobrevivem no caminho de casa até o hospital. ”Elas acabam morrendo no caminho ou na própria residência, sem atendimento até a chegada da ambulância. E”Pm muitas cidades americanas, com treinamento e atendimento adequado, esse índice de sobrevida passa dos 70%.” O cardiologista orienta que o atendimento via 192 é a melhor alternativa quando há suspeita de parada cardíaca para iniciar as manobras de ressuscitação imediatamente. ”São 10 minutos entre a vida e a morte. Uma pessoa com parada cardíaca, a cada minuto sem atendimento, perde 10% de chance de sobreviver.” Da Agência Brasil

Comando do 19º Batalhão de Polícia Militar comemora registro de 30 dias sem homicídios em Jequié

/ Jequié

Tenente Coronel Itamar Gondim Bandeira. Foto: Blog Marcos Frahm

O 19º Batalhão de Polícia Militar de Jequié, comemorou, nesta sexta-feira (14), um registro de trinta dias sem homicídio na cidade de Jequié, sede da unidade. De acordo com o comandante, Ten Cel Gondim, a queda nos índices de violência é fruto de um trabalho intensivo realizado em parceria com a Cipe Central, Polícia Civil e Guarda Municipal. ”Foram realizadas diversas ações, entre as quais operações de Inteligência, operações com tropas especiais voltadas para a apreensão de armas de fogo e redução de crimes violentos letais e intencionais, abordagens a motocicletas com dois ocupantes, além das operações no presídio, que resultaram na transferência de quatro criminosos de alta periculosidade para o presídio de segurança máxima de Serrinha”. Para o Ten Cel Gondim, esse policiamento estratégico montado em diversas áreas da cidade, com ênfase em abordagens realizadas a pessoas e a veículos, tem impedido ações criminosas. ”Além disso, o aumento da apreensão de armas de fogo – 131 armas retiradas de circulação desde junho de 2017 – é um aspecto fundamental para essa redução, já que este é o principal instrumento para a prática de homicídio”. O comandante destacou, ainda, o importante papel das ações sociais desenvolvidas pelo Batalhão, a exemplo da Ronda Escolar e Proerd, que têm como prioridade conscientizar crianças e adolescentes sobre os perigos das drogas e da violência. ”Tais ações fazem parte de um modelo de gestão da PMBA, que têm aproximado PM e comunidade, tornando-as parceiras no combate à criminalidade, resultando em um clima pacífico e na melhoria da qualidade de vida dos moradores e visitantes da cidade de Jequié e região”.

Prefeito Giuliano diz acreditar no início das obras do IFBA em Jaguaquara ainda neste ano

/ Entrevista

Martinelli comenta ainda obras do hospital. Foto: Alípio Fontes/BMF

”Jaguaquara vive um momento histórico com a realização de importantes obras que permitem a ampliação e a oferta de novos serviços, bem como a melhoria e o aumento no número de atendimento, especialmente nas áreas da saúde e da educação”. As declarações são do prefeito do município, Giuliano Martinelli, em entrevista ao Blog Marcos Frahm, após a inauguração do SAC – Serviço de Atendimento ao Cidadão, na sexta-feira (14). Na saúde, ele citou a construção de cinco PSFs e a requalificação de outras sete unidades, e a reforma e ampliação do Hospital Municipal, ora em andamento. ”Em breve entregaremos à população, o nosso hospital reformado e ampliado. A construção continua, inclusive foram identificadas algumas coisas que precisam ser equacionadas, mas vamos passar essas demandas ao governador do estado para assegurar que a reforma e ampliação do hospital sejam concluídas em outubro do ano que vem”, declarou. Além da reforma e ampliação do hospital, Martinelli falou também da construção de cinco PSFs e a requalificação de outras sete unidades, ações consideradas muito importantes para a melhoria do atendimento.

Construção do IFBA

Em relação a educação, a construção do IFBA – Instituto Federal da Bahia – Campus Jaguaquara – é apontada pelo prefeito Giuliano Martinelli como um marco para toda a extensão do Vale do Jiquiriçá. Diz acreditar no início das obras ainda em 2018. Informou que a verba estará empenhada e a licitação realizada já nos próximos dias, uma vez que o edital já foi lançado. ”Todas as providências vêm sendo adotadas. A nossa parte foi feita com a doação do terreno, que contou com o apoio da câmara de vereadores, foram muitas idas e vindas à Brasília, com sucessivas reuniões no ministério da educação, agora, resta-nos aguardar a conclusão do processo para o início da construção que vai custar R$17,5 milhões, oriundos do governo federal”.