Remédio à base de maconha será utilizado pela Sesab para cumprir ”demanda judicial”

/ Saúde

Foi publicado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) no Diário Oficial do Estado que fará aquisição de quatro frascos de um medicamento feito à base do canabidiol, uma das substâncias derivadas da maconha (cannabis sativa). A Sesab informou que a aquisição do remédio visa cumprir ”demanda judicial” e que, para isso, não haverá licitação. O órgão não especificou que demanda foi essa e nem disse se os quatro frascos são para uma mesma pessoa. O  tipo de doença que necessita  do remédio  à base do canabidiol também não foi divulgada. De acordo com o órgão, serão adquiridos quatro frascos de 10ml, com 60 mg/ml da droga. O prazo para entrega de propostas para a aquisição fica aberto até o dia 14 de maio. Em fevereiro, a Sesab havia informado que três pacientes no estado haviam entrado com pedido do medicamento Revivid Tincture, feito à base do canabidiol, via Justiça e que as ações ainda estavam em trâmite. O órgão explicou que para que a medicação Canabidiol, que tem controle da Anvisa, seja fornecida é necessário que haja um processo judicial, uma vez que o medicamento não está incluído na Relação Nacional de Medicamentos (Rename).

Em aniversário, Capim Grosso ganha interligação de barragens para beneficiar 200 mil pessoas

/ Bahia

Bolo marca aniversário de Capim Grosso. Foto: Mateus Pereira
No dia em que celebra 33 anos de emancipação política, Capim Grosso recebeu a visita do governador Rui Costa. Na tarde desta quarta-feira (9), após cumprir agenda em Mairi, o governador autorizou obras e realizou uma série de entregas no município. Os capim-grossenses receberam de presente a assinatura da ordem de serviço para a construção do sistema adutor de interligação das águas da barragem de Ponto Novo à barragem de Pedras Altas. A obra está orçada em R$ 25,9 milhões. ”Diferentemente de outras obras, tudo que se relaciona à água chama somente atenção quando há problema ou resulta na falta, pois só dão valor no momento em que se perde alguma coisa. Intervenções envolvendo abastecimento de água de qualidade são muito importantes. Elas são sinônimo de saúde e de qualidade de vida”, afirmou Rui. O governador acrescentou que o investimento é ”importantíssimo para toda a região. Ao final dessa obra, teremos para todas as cidades maior garantia de que não teremos nem racionamento nem falta, uma vez que a água das duas barragens poderá ser utilizada”. Com 43,5 quilômetros de extensão de adutora de água bruta, a intervenção vai beneficiar cerca de 200 mil pessoas de 24 municípios. ”É uma obra que garante, acima de tudo, a segurança hídrica tão desejada na região. Ela representa mais água e mais saúde, dando continuidade a uma das plataformas mais importantes do governo”, destacou o secretário estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto. Ainda em Capim Grosso, Rui inaugurou um sistema integrado de abastecimento de água para as localidades de Lajedo, Lajedo Um, Lajedo Dois, Lajedo Três, Morro Branco e Cascavel. Foi entregue também um sistema simplificado com dessalinizador para a localidade de Tigre. No aniversário da cidade, pequenos produtores de Capim Grosso têm um motivo extra para comemorar. A Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) foi autorizada pelo governador a firmar acordos, no âmbito do Projeto Bahia Produtiva e do Projeto Pró-Semiárido, com a gestão municipal. Na oportunidade, ocorreu ainda o lançamento de edital para a construção do Centro de Comercialização de Animais, com 16 currais, e a entrega de mais 759 certificados do Cadastro Ambiental Rural (CAR). Quase 15 mil documentos como esses já foram entregues a agricultores rurais da Bahia, contribuindo para o avanço do setor no território estadual. Rui ainda participou da entrega da nova sede regional do Departamento Estadual de Trânsito (5º Retran – Capim Grosso) e do calçamento de sete ruas do bairro Novo Oeste. Inaugurou, junto com autoridades locais, a reforma e ampliação do Estádio Municipal Franciscão, além de entregar quatro ambulâncias – para Capim Grosso, Ponto Novo, Curaçá e Capela do Alto Alegre – e 26 barracas destinadas à qualificação da Feira Livre.

Saúde: Estudo aponta que ter coração partido aumenta risco de morte por doença cardíaca

/ Saúde

Um estudo desenvolvido nos Estados Unidos mostrou que ter o coração partido não provoca apenas tristeza, mas pode matar. Pesquisadores de seis universidades dos estados americanos do Texas, da Pensilvânia e de Ohio analisaram especificamente o luto. Segundo a revista Super Interessante, os resultados mostraram que pessoas que perderam a pessoa amada têm chance 50% maior de morrer devido a doença cardíaca. ”Nos primeiros seis meses após a morte de um cônjuge, a viúva/viúvo tem o risco de morte elevado em 41%”, explicou Chris Fagundes, psicólogo da Universidade de Rice e responsável pelo estudo. ”Dentro dessa margem, 53% dessa elevação se deve à problemas cardiovasculares”. Participaram do estudo 64 pessoas com idade média de 67 anos. Metade delas havia entrado em luto três meses antes. Esse grupo apresentava maiores níveis de proteínas relacionadas a inflamações no sistema vascular, as citocinas pró-inflamatórias. Foi observado também mais sinais de disritmia cardíaca. Os dois fatores estão relacionados ao risco de infarto. Os cientistas ressaltaram que ainda são necessárias novas pesquisas, mas o resultado pode ser usado como base no futuro.