União Brasil deve apoiar Lula no Congresso, mas com exceção para ACM Neto e Sérgio Moro

/ Política

Partido de Neto não fará oposição a Lula. Foto: Divulgação

A direção do União Brasil deve se reunir nesta semana para decidir a posição do partido com relação ao governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, maioria da bancada federal defende apoiar o novo presidente, e aceitaria compor o governo com cargos de primeiro e segundo escalões.

Os assédios do ex-presidente à bancada do União Brasil, com 59 deputados federais e 10 senadores eleitos, acontece antes do resultado do segundo turno das eleições presidenciais.

O presidente nacional da sigla, Luciano Bivar, garantiu que seu partido não fará oposição ”de jeito nenhum” ao governo do presidente eleito Lula.

O partido, no entanto, tem quadros importantes que fazem oposição a Lula, como o senador eleito Sergio Moro e o secretário-geral da legenda, ACM Neto.

A tendência é que o partido abra exceções nesses casos, para que possam continuar se manifestando contrariamente ao futuro governo.

Os comentários estão fechados.