Margareth Menezes agradece por integrar equipe de transição de Lula: ”Muito honrada”

/ Entretenimento

A baiana Margareth Menezes agradeceu. Foto: Rede social

A cantora baiana Margareth Menezes agradeceu, na noite desta segunda-feira (14), ser uma das integrantes do grupo de trabalho da Cultura no gabinete de transição.

Nas redes sociais, Margareth disse que se sentiu ”lisonjeada e muito honrada” com a escolha. Ela ainda prometeu que fará de tudo para colaborar da defesa da cultura plural, afro, da cultura indígena, e da cultura pop.

”Como artista, baiana, nordestina e pessoa que trabalha nesse contexto cultural há mais de 30 anos sei da importância de se ter uma visão de pluralidade da cultura brasileira, que é tão ampla e maravilhosa. Me senti lisonjeada e muito honrada, e no que eu puder colaborar, no sentido de defender a cultura plural, da cultura afro, da cultura indígena, da cultura pop, eu farei. Sou uma artista afro urbana e trago isso comigo, apoiando essa transição que quer contemplar a todos. Acho isso muito digno num país tão grande como o nosso, em que é necessário se pensar em um panorama amplo com toda a diversidade cultural e artística que o Brasil tem”, escreveu. O anúncio foi feito durante a tarde pelo vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin, coordenador-geral do Gabinete de Transição.

Os comentários estão fechados.