Ipec: Jerônimo vence no interior, entre católicos e pobres; ACM Neto na RMS, entre evangélicos e ricos

/ Política

https://www.bahianoticias.com.br/noticia/273767-ipec-jeronimo-vence-no-interior-e-entre-catolicos-acm-neto-na-rms-e-entre-evangelicos.html IPEC mostra cenário entre Jerônimo e ACM Neto. Foto: Reprodução

O Ipec publicou, nesta sexta-feira (21), em parceria com a Rede Bahia, o seu primeiro levantamento relativo ao segundo turno das eleições para o governo do estado. Nos números gerais, Jerônimo Rodrigues (PT) tem 48% das intenções de voto, contra 44% de ACM Neto (União), configurando um empate técnico (veja aqui). Entretanto, quando a população é definida em grupos, o petista aparece com vantagem maior entre mulheres, católicos, pessoas mais pobres e no interior, enquanto o ex-prefeito de Salvador vence entre homens, evangélicos, mais ricos e na Região Metropolitana (RMS).

Entre pessoas que recebem até um salário mínimo, Jerônimo aparece com 53% da preferência, contra 39% de ACM Neto. No grupo que recebe entre um e dois salários, o petista tem 50%, enquanto o ex-prefeito de Salvador pontua 44%. Já os que ganham mais de dois mínimos preferem Neto: 55% a 39%.

A vantagem de Jerônimo no panorama geral é muito garantida pela preferência que pessoas do sexo feminino possui pela candidatura dele: o petista vence por 50% a 43% entre as mulheres. Já entre os homens, ACM Neto possui leve vantagem, impondo um 47% a 45% contra o candidato governista.

Considerando o fator religioso, Jerônimo tem grande vantagem entre os católicos, alcançando 57% das intenções de voto, contra 36% de seu adversário. O oposicionista ACM Neto, por outro lado, supera com folga o petista entre os evangélicos: 64% a 30%.

O oposicionista também vence na Região Metropolitana de Salvador. Ex-prefeito da capital, ACM Neto tem 56% na RMS, contra 32% de Jerônimo. O petista, por outro lado, nascido em Aiquara, supera seu adversário no interior do estado por 53% a 40%.

Na divisão etária, Jerônimo apresenta sua maior vantagem entre os que possuem 60 anos de idade ou mais. Os mais velhos dão 54% da preferência para o petista, contra 37% do seu adversário. O governista, porém, também vence entre os mais jovens, entre 16 e 24 anos: 50% a 45%.

ACM Neto equilibra o jogo nas demais faixas etárias, com leve vantagem entre os que têm de 25 a 34 anos de idade (48% a 46%), empatando entre os que possuem de 35 a 44 anos (46% cada um) e com leve derrota entre aqueles de 45 a 59 anos (45% a 44%).

O fator cor da pele, muito debatido durante a campanha deste ano, não apresenta grandes diferenças. Entre aqueles que se declaram pretos ou pardos, Jerônimo tem 47% e ACM Neto 44%. Já entre os brancos, é o ex-prefeito de Salvador quem tem 47%, enquanto o petista aparece com 46%. Com informações do site Bahia Notícias

Os comentários estão fechados.