Dores na coluna atingem oito entre dez pessoas no Brasil, diz a Organização Mundial de Saúde

/ Saúde

Má postura no dia a dia, movimentos repetitivos e sobrepeso são alguns dos fatores que podem desencadear dores na coluna. É muito mais comum do que imaginamos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), as dores na coluna atingem 80% da população. É uma condição que não escolhe sexo nem idade. Ou seja, de cada dez pessoas, oito já sofreram com dores na região ao longo da vida.

A dor na coluna nunca deve ser ignorada e apenas o médico ortopedista deve fazer o diagnóstico e indicar o tratamento mais adequado, que depende do tipo e da localização da dor. Ela pode ser desde uma entorse, quando ocorre em consequência de um movimento de flexão ou torção das costas, uma cervicalgia, dor na parte superior da coluna; ou uma lombalgia, quando o incômodo é registrado na região inferior da coluna. É muito comum estarmos diante de hérnias de disco, caracterizada por abaulamento dos discos intervertebrais.

”A dor pode ter uma característica mais aguda, em que aparece de repente e dura no máximo quatro semanas; ou crônica quando o incômodo tende a persistir por mais de 12 semanas”, explica o médico ortopedista Gilvan Landim, membro da Sociedade Brasileira dos Médicos Intervencionistas da Dor (Sobramid).

O tratamento de dores crônicas pode ser feito através de técnicas minimamente invasivas  que trazem alívio imediato e mais duradouro para os pacientes, como os bloqueios, que consiste na aplicação de medicamentos, através de seringas e agulhas específicas para cada caso, diretamente nos pontos causadores da dor. ”Em geral, os efeitos dos bloqueios duram de três meses até 2 anos e reduzem a dor e a inflamação. Cerca de 90% dos pacientes têm benefícios significativos após o bloqueios”, destaca Gilvan Landim.

Novas técnicas de bloqueio surgiram no tratamento de dores crônicas na coluna, como os bloqueios facetários, foraminais e com radiofrequência ablativa ou pulsada.

”No facetário, a aplicação dos medicamentos é feita diretamente nas articulações (faceta) da coluna, guiado por aparelho de imagem de alta precisão. Já no bloqueio foraminais, a infiltração é realizada na saída da raiz lombar. Por fim, a radiofrequência utiliza corrente elétrica em alta frequência para impedir que os nervos responsáveis pelo estímulo da dor no paciente continuem agindo”, explica Landim.

Geralmente os bloqueios são realizados em ambiente hospitalar, com anestesia local e leve sedação e o paciente tem alta no mesmo dia, logo após o efeito anestésico. ”É uma ação minimamente invasiva, que traz grandes benefícios para os pacientes, amenizando as dores, diminuindo as limitações de movimentos e, em certos casos, evitando por muitas vezes a necessidade de fazer uma cirurgia de grande porte”, finaliza Landim.

Faleceu no Hospital Prado Valadares o ex-prefeito de Jequié, Walter Sampaio, aos 85 anos

/ Jequié

Walter morreu aos 85 anos.

Faleceu na madrugada desta sexta-feira (25), em Jequié, o ex-prefeito, vereador e deputado estadual, Walter Santos Sampaio, aos 85. Walter, que deixa seis filhos, fruto do relacionamento com a esposa Nunes Sampaio. Ele estava internado no Hospital Geral Prado Valadares – HPGV após ter sido acometido por problemas de saúde que teria se agravado.

Walter Sampaio foi eleito prefeito da Cidade Sol para exercer o cargo de 1977 a 1982, tendo sido eleito chefe do Executivo pela ARENA depois de sua passagem destacada pela presidência do Sindicato Rural de Jequié.

Posteriormente, renunciou ao cargo do prefeito para disputar uma vaga de deputado estadual na Assembleia Legislativa da Bahia, passando o bastão para o vice-prefeito à época, João Filho [In Memorian]. Em 1983 foi eleito deputado pelo PDS para cumprir o mandato até 1987 e, sem conseguir se reeleger parlamentar disputou eleição para vereador em 1992 pelo PFL, logrou êxito em novo teste eleitoral e representou o Legislativo por duas vezes, chegando ainda ao cargo de vice-prefeito na chapa liderada pelo médico e ex-prefeito que também e tornou deputado, Roberto Brito, hoje filiado ao PP. O atual prefeito de Jequié, Zé Cocá (PP), publicou nota de pesar e decretou luto oficial pela morte de Sampaio.

Anvisa aprova volta do uso de ”máscaras” em aviões e aeroportos, a partir desta sexta-feira

/ Saúde

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a volta da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção facial em aviões e aeroportos. A medida visa reduzir o risco de contágio de covid-19, considerando o aumento expressivo de casos da doença nas últimas semanas.

A resolução, aprovada pela diretoria colegiada do órgão, entra em vigor nesta sexta-feira (25). Para subsidiar a decisão, a Anvisa realizou reunião com especialistas sobre o cenário epidemiológico da doença no Brasil. Participaram representantes da Sociedade Brasileira de Infectologia, Conselho Nacional de Secretários de Saúde, Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, Fundação Oswaldo Cruz e Associação Brasileira de Saúde Coletiva, além dos epidemiologistas Carla Domingues e Wanderson Oliveira.

”Os participantes da reunião ressaltaram que os dados epidemiológicos demandam o retorno de medidas não farmacológicas de proteção, como o uso de máscaras, principalmente no transporte público, aeroportos e ambientes fechados/confinados’, explicou a Anvisa, em comunicado.

Acrescentou que o uso de máscaras estava previsto como recomendação desde agosto último, principalmente para pessoas com sintomas gripais e para o público mais vulnerável, como imunocomprometidos, gestantes e idosos.

Além dos dados epidemiológicos atuais, o comportamento com características de sazonalidade da pandemia também foi considerado pela Anvisa.

”Nos últimos anos, observou-se no Brasil o aumento da transmissão do vírus nos meses de novembro a janeiro, quadro que pode ser ainda agravado com o esperado maior fluxo de viajantes que se deslocam pelos aeroportos para as férias escolares e festas de final de ano”, justificou a agência.

A Anvisa informou, ainda, que atua, mais uma vez, dentro de suas competências legais e ”adaptando as regras atuais de forma proporcional ao risco para a saúde da população”.

”A agência continuará atenta, avaliando e acompanhando os dados epidemiológicos, a fim de que as medidas possam ser revisitadas sempre que necessário, visando o cumprimento de sua missão na proteção da saúde das pessoas”, completou.

Novas regras

A partir do dia 25 de novembro será obrigatório o uso de máscaras faciais dentro dos terminais aeroportuários, meios de transporte e outros estabelecimentos localizados na área dos aeroportos.

A norma proíbe a utilização de: máscaras de acrílico ou de plástico; máscaras dotadas de válvulas de expiração, incluindo as N95 e PFF2; lenços, bandanas de pano ou qualquer outro material que não seja caracterizado como máscara de proteção de uso profissional ou de uso não profissional; protetor facial (face shield) isoladamente; máscaras de proteção de uso não profissional confeccionadas com apenas uma camada ou que não observem os requisitos mínimos de fabricação, previstos na norma ABNT PR 1002.

Segundo a resolução, as máscaras devem ser ajustadas ao rosto, cobrindo o nariz, queixo e boca, minimizando espaços que permitam a entrada ou saída do ar e de gotículas respiratórias.

A obrigação do uso de máscaras será dispensada no caso de pessoas com transtorno do espectro autista, com deficiência intelectual, com deficiências sensoriais ou com quaisquer outras deficiências que as impeçam de fazer o uso adequado de máscara de proteção facial, bem como no caso de crianças com menos de três anos.

Conforme decisão da Anvisa de 13 de maio deste ano, permanece mantida a possibilidade de serviços de bordo em voos nacionais. Dessa forma, será permitido remover a máscara para hidratação e alimentação no interior das aeronaves, bem como nas praças de alimentação ou áreas destinadas exclusivamente à realização de refeições dos terminais e demais ambientes dos aeroportos.

Por fim, a norma aprovada prevê que, nos veículos utilizados para deslocamento de viajantes para embarque ou desembarque em área remota, viajantes e motoristas mantenham o uso obrigatório e adequado das máscaras faciais. Da Agência Brasil

Ciclista de 50 anos morre atropelado na BR-116 quando tentava atravessar em Feira de Santana

/ Trânsito

Homem foi atropelado um veículo Spin. Foto: Site Acorda Cidade

Um homem identificado como  Lucelino Menezes da Silva, de 50 anos, morreu nesta quinta-feira (24), após ser atropelado. Segundo o Acorda Cidade, parceiro do Bahia Notícias, o ciclista foi atropelado por um veículo Spin de cor prata na BR-116 Sul, em Feira de Santana.

De acordo com informações, a vítima morava no  bairro Pedra do Descanso, estava tentando atravessar a pista quando foi atingido.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada e preservou o local do acidente até a chegada da Polícia Civil, juntamente com a equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

 

Na Assembleia Legislativa, Sandro Régis propõe projeto para pagamento de pedágio no Pix

/ Bahia

O deputado estadual Sandro Régis (União) apresentou um projeto de lei que visa disponibilizar o pagamento da tarifa de pedágio por meio da ferramenta pix. O texto levado à Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) também prevê a instalação de placas de sinalização, avisando a possibilidade de realizar o pagamento pelo Pix.

Caso a concessionária se recuse a receber o valor na ferramenta, o usuário terá direito a seguir sua viagem com livre passagem pelo equipamento de cobrança, de acordo com o texto apresentado pelo deputado do União Brasil.

Sandro Régis afirma que a proposta tem a finalidade de incluir o dever de as concessionárias facultarem ao usuário a utilização de pagamento por Pix. Ele cita que a modalidade pode assegurar agilidade e segurança na cobrança das tarifas, facilitando a vida da população.

”Esse é um meio eletrônico criado e autorizado pelo Banco Central do Brasil para pagamentos e transferências bancárias em modo instantâneo, cujas transações podem ser feitas pelo aparelho celular a qualquer hora do dia, a partir de conta corrente, poupança ou de pagamento”, contextualizou o parlamentar. Com informações do site Bahia Notícias