Veja a lista dos 63 deputados estaduais eleitos nas urnas na Bahia durante as eleições 2022

/ Bahia

A Bahia elegeu neste domingo (2) os deputados que irão assumir um novo mandato na Assembleia Legislativa (Al-BA)  a partir de janeiro de 2023. Ivana Bastos (PSD) foi a deputada estadual mais votada da Bahia, seguida por Alex da Piatã (PSD). A Federação Brasil Esperança (PT, PCdoB e PV) elegeu 17 deputados, tendo a maior representação entre as siglas.

Confira os parlamentares eleitos:

Avante (1 vaga):
Patrick Lopes.

União Brasil (10 vagas):
Kátia Oliveira;
Marcinho Oliveira;
Pedro Tavares;
Sandro Régis;
Alan Sanches;
Marcelinho Veiga;
Robinho;
Manuel Rocha;
Luciano Simões;
Junior Nascimento.

Progressistas (6 vagas):
Niltinho;
Nelson Leal;
Eduardo Salles;
Hassan de Zé Cocá;
Felipe Duarte;
Antonio Henrique Jr..

Republicanos (3 vagas):
Samuel Jr.;
Jurailton Santos;
José de Arimateia.

PL (4 vagas):
Vitor Azevedo;
Leandro de Jesus;
Raimundinho da JR;
Dr. Diego Castro.

MDB (2 vagas):
Rogério Andrade;
Matheus de Geraldo Jr..

PSC (1 vaga):
Laerto do Vando.

PSD (9 vagas):
Ivana Bastos;
Alex da Piatã;
Adolfo Menezes;
Angelo Coronel Filho;
Eures Ribeiro;
Eduardo Alencar;
Cafu Barreto;
Ricardo Rodrigues;
Cláudia Oliveira.

Patriota (1 vaga):
Binho Galinha.

PSB (2 vagas):
Soane Galvão;
Angelo Almeida.

PDT (1 vaga):
Emerson Penalva.

Solidariedade (2 vagas):
Luciano Araújo;
Pancadinha.

PSOL/ Rede (1 vaga):
Hilton Coelho.

PSDB/ Cidadania (3 vagas):
Tiago Correia;
Jordávio Ramos;
Pablo Roberto.

PT/PV/PCdoB (17 vagas):
Olívia Santana;
Rosemberg;
Zé Raimundo;
Osni;
Marquinho Viana;
Vitor Bonfim;
Junior Muniz;
Ludmilla Fiscina;
Bobô;
Robinson Almeida;
Fabrício;
Euclides Fernandes;
Fátima Nunes;
Roberto Carlos;
Maria Del Carmen;
Paulo Rangel;
Zó.

Bahia tem a cidade de Wanderley como a mais lulista do país e Rio Grande do Sul, a mais bolsonarista

/ Bahia

O município mais lulista do Brasil nas eleições deste domingo (2) foi Wanderley (BA). De acordo com dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato do PT ao Palácio do Planalto, obteve 96,61% dos votos válidos na cidade baiana. O presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, alcançou 2,82% dos votos no local.

A população de Wanderley é estimada em 12.125 pessoas, de acordo com dados de 2020 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Nova Pádua (RS), por sua vez, é a cidade mais bolsonarista do país. Segundo o TSE, 83,98% dos votos válidos do município foram para Bolsonaro. Já o candidato petista conquistou 10,35% dos votos da cidade gaúcha.

O número de habitantes de Nova Pádua é estimado em 2.563, conforme o IBGE. Lula e Bolsonaro vão disputar o segundo turno da eleição presidencial, no próximo dia 30.

Com quase 100% das urnas apuradas —às 14h30 desta segunda-feira (3)—, o petista tem 48,43% dos votos válidos, segundo o TSE, ante 43,20% de Bolsonaro, que registrou um desempenho superior ao que previam as pesquisas encerradas na véspera, comandando uma onda de bons resultados de seus aliados nos estados.

A campanha eleitoral será reordenada, e a agressividade vista no debate presidencial da TV Globo, na última quinta (29), pode ganhar novos patamares. A realização do segundo turno mostra que ambos os times rivais esgotaram o arsenal utilizado até aqui.

Folhapress

Suspeito assalta mulher no Centro de Jequié e morre ao se deparar com policial civil durante fuga

/ Jequié

O caso aconteceu na Avenida Franz Gedeon. Foto: Leitor/BMFrahm

Um indivíduo morreu depois de ter assaltado uma mulher em Jequié, na manhã desta segunda-feira (03). O caso aconteceu por volta das 08h, na Avenida Franz Gedeon, quando a vítima, de 63 anos, foi surpreendida dentro de um veículo estacionado enquanto aguardava o esposo e teve dinheiro e um aparelho celular subtraídos.

Ao deixar o local para tentar empreender fuga com arma em punho, o indivíduo foi interceptado por um policial civil que passava nas proximidades da área do crime e o agente pediu para que o mesmo deixasse a arma de fogo, um revolver calibre 38, tendo o assaltante efetuado disparos, havendo revide do policial que o atingiu.

Alvejado, o suspeito tombou no local, sendo acionada uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, mas ele não resistiu e foi a óbito. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal depois de serviços periciais realizados por uma equipe da Polícia Técnica.

Abstenções nas urnas no 1º turno chegam a 20,89% e atingem maior índice desde 2002

/ Política

O índice de abstenções no primeiro turno das eleições de 2022 chegou a 20,89%, segundo o Tribunal Superior Eleitoral. Isso significa que cerca de 31 milhões de eleitores não compareceram às urnas no último domingo (2).

Esse é o maior número de ausentes desde as eleições de 1998, quando o índice de abstenção foi de 21,5%. Nas últimas Eleições Gerais, em 2018, 20,3% dos eleitores optaram por não votar.

Já em 2014, a Justiça Eleitoral registrou 19,4% de abstenção. Desde 2006, tem crescido o número de eleitores que optam por não votar. Naquele ano, quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi reeleito, cerca de 16,8% dos eleitores não foram votar. Quatro anos depois, em 2010, a a abstenção subiu para 18,1%. Já em 2002, o índice foi de 17,7%.

Jerônimo Rodrigues ultrapassa ACM Neto e leva decisão de governo da Bahia ao segundo turno

/ Política

Jerônimo venceu ACM no primeiro turno. Foto: Reprodução

Os candidatos ao governo do Estado, ACM Neto (União) e Jerônimo Rodrigues (PT), irão disputar um segundo turno nas eleições deste ano, de acordo com apuração parcial das urnas eletrônicas divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Até o momento, o ex-prefeito de Salvador aparece com 40,89%, enquanto o candidato petista pontua 49,32%. 99,09% das urnas foram apuradas.

É a primeira vez que a disputa pelo governo da Bahia vai ao segundo turno desde 1994, quando Paulo Souto (PFL), que fazia parte da base Carlista, foi eleito para o cargo de chefe do executivo do Estado. De 2006 até este ano, o PT manteve uma hegemonia, vencendo todas as disputas estaduais no primeiro turno.

ACM Neto liderava a maioria das pesquisas, com algumas, inclusive, indicando uma vitória ainda em primeiro turno. Contudo, os levantamentos também apontavam uma curva ascendente de Jerônimo Rodrigues, algo que ocorreu nas últimas candidaturas petistas na Bahia. A votação do segundo turno ocorrerá no dia 30 de outubro. Com informações do Bahia Notícias

Sem atacar urnas diretamente, Jair Bolsonaro diz que vai aguardar parecer das Forças Armadas

/ Política

O presidente da República e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), disse que vai aguardar o parecer das Forças Armadas para afirmar se confia nos resultados obtidos por ele no primeiro turno das eleições, que ocorreu neste domingo (2).