Vereador morre após ser baleado em assalto dentro de casa em cidade baiana; filho foi atingido

/ Bahia

Edilton Dourado, 54 anos, morreu ao ser baleado. Foto: Rede social

O vereador Edilton Gomes Dourado (PR), de 54 anos, morreu após ser baleado durante um assalto, na noite desta quarta-feira (22), na zona rural de Canarana, cidade no norte da Bahia. O filho dele, de 31 anos, foi atingido na mão e ficou ferido. De acordo com informações da Polícia Civil, o crime ocorreu dentro da casa da vítima, no Povoado do Largo, durante uma reunião de amigos. Segundo o G1, cerca de 15 pessoas estavam no imóvel no momento do assalto. O caso ocorreu por volta das 19h. Conforme a polícia, o grupo foi surpreendido por dois criminosos, que estavam armados e encapuzados. Os homens fugiram levando celulares das vítimas. Após a ação, o vereador e o filho dele foram socorridos e levados para o Hospital Municipal de Canarana, mas Edilton não resistiu aos ferimentos. O corpo do vereador, que era conhecido como “Vei do Largo”, foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Irecê. Não há detalhes sobre o estado de saúde do filho de Edilton. Os criminosos ainda não foram identificados. O caso está sob investigação da Polícia Civil. Nas redes sociais, o prefeito de Canarana, Ezenivaldo Dourado (PR), lamentou a morte do vereador. Em nota, o gestor desejou conforto à família da vítima. ”Lamento profundamente esta fatalidade e, neste momento de luto e de dor, uno meu coração ao da família e amigos de Vei. Que Deus possa confortar cada um e dar a paz necessária para enfrentar esta perda”, escreveu.

Os comentários estão fechados.