Vereador do PSL é preso acusado de reter parte de salário de funcionários em Belo Horizonte

/ Polícia

Claudio Donizete foi preso nesta terça. Foto: Câmara de BH

O vereador de Belo Horizonte Claudio Donizete Duarte (PSL) foi preso nesta terça-feira (2) pela Polícia Civil de Minas Gerais, acusado de retenção de parte dos salários dos funcionários do gabinete. O chefe de gabinete do edil, Luiz Carlos de Souza Cordeiro, também foi preso.

A Divisão Especializada de Investigação de Fraudes e Crimes contra a Administração Pública cumpriu cinco mandados de busca e apreensão: nas residências dos investigados, no gabinete do parlamentar na Câmara de Belo Horizonte, em seu Comitê Eleitoral e em uma associação no bairro Céu Azul controlada pelo vereador.

As investigações da Polícia Civil apontaram que um funcionário recebia salário de R$ 11 mil e ficava com apenas R$ 1 mil, o resto do dinheiro era repassado para o parlamentar por meio do chefe de gabinete. Segundo o delegado responsável pelo caso e chefe da Divisão Especializada de Investigação de Fraudes e Crimes contra a Administração Pública, Domiciano Monteiro, são investigados os crimes de peculato, concussão, formação de organização criminosa e obstrução de Justiça.

Os comentários estão fechados.