Uso de máscara em procissão e sem shows musicais; assim é realizada a Festa da Padroeira em Santa Inês

Procissão marca o feriado em Santa Inês. Foto: Facebook/Prefeitura

Com o cancelamento, pelo segundo ano consecutivo, da tradicional Festa da Padroeira que leva o nome da cidade, Santa Inês, também denominada pela atual gestão municipal de Festival de Cultura, que ocorre anualmente no mês de janeiro, com eventos religiosos e shows musicais em praça pública, o feriado desta sexta-feira (21) foi mercado por uma procissão nas vias centrais, com a participação líderes da Igreja Católica e de fiéis, fazendo uso de máscaras.

Santa Inês registrava, antes da pandemia da Covid-19, movimentação intensa, atraindo visitantes de várias regiões, movimentando a economia e, os shows musicais de grandes atrações contratadas pela Prefeitura, se tornavam o principal atrativo da festa.

Os comentários estão fechados.