TSE nega direito de resposta de ACM Neto a propaganda do PT sobre sua autodeclaração como pardo

/ Justiça

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negou nesta quarta-feira (21) um pedido de direito de resposta feito pelo candidato ao governo do Estado, ACM Neto (UNIÃO), contra o programa eleitoral do PT acerca da sua autodeclaração como pardo.

No pedido, Neto diz que a peça é uma suposta prática de propaganda irregular em horário eleitoral gratuito na TV. O programa eleitoral de Jerônimo Rodrigues cita que a declaração do ex-prefeito da capital baiana como pardo ”permite usar reserva exclusiva para candidatos negros”, e ainda usa personagens criticando a declaração do carlista.

Na ação acessada pelo BNews, a coligação ”Pela Bahia, Pelo Brasil”, liderada por ACM Neto, pontua que a coligação petista ”veiculou conteúdo sabidamente inverídico, difamatório e ofensivo, com o objetivo de prejudicar a sua imagem, honra e a boa reputação”.

Deixar uma Resposta