Time do Jequié estrutura categorias de base e vai disputar Campeonato Baiano Sub-15 e Sub-17

/ Esporte

Garotos do ADJ vão disputar o Baiano. Foto: Site Jequié e Região

Com o retorno e permanência do Jequié (ADJ) na divisão de elite do futebol da Bahia, depois de 20 anos de agonia, o futebol ganhou uma maior dimensão na cidade e despertou na diretoria do time a vontade de investir na valorização das categorias de base. O presidente Leur Lomanto Jr. anunciou na quinta-feira (26) que a ADJ também vai disputar o Campeonato Baiano nas categorias Sub-15 e Sub-17, promovido pela Federação Baiana de Futebol (FBF), a ser realizado já neste mês de agosto. ”Apostar na base é pensar no futuro. Esse crescimento recente do clube aumentou algumas exigências. A gente começou com essa ideia de formação desses garotos. E não apenas jogar por jogar as competições como era antes. Apostamos num projeto para formar jogadores e isso vai trazer muitos benefícios para os meninos e para o clube. Um time na Série A precisa de base que dê suporte ao profissional”, comentou o presidente do Jequié.

HISTÓRICO DE SUCESSO
A ADJ tem um histórico de sucesso. Já foi campeã da Copa do Brasil nas categorias pré-mirim (Sub-11) e infantil (Sub-15) e vice-campeão na categoria Mirim (Sub-13) em Caravelas, em 2015. Com a decisão da diretoria de participar das competições oficiais de futebol de base, as atividades de estruturação do elenco terá uma importante fase já neste sábado, dia 28, quando haverá uma avaliação/peneira para atletas nascidos nos anos 2001, 2002, 2003 e 2004. Será às 13 horas, no Estádio Waldomiro Borges. Os atletas serão avaliados pela comissão da categoria de base do clube e deverão apresentar documento original com foto e estarem acompanhados dos pais ou responsável maior de idade. É de responsabilidade de cada atleta levar seu material esportivo.

ADJ FEMININO
Além do time profissional no Baianão 2019 e das categorias de base, o Jequié também terá representação no futebol feminino que disputará a mesma competição em setembro, conforme programação da FBF. As meninas acabam de retornar de Pernambuco, onde disputaram a Taça Nordeste, ficando entre as 10 mais bem colocadas de 24 participantes de todos os estados nordestinos do País. *Por Souza Andrade

Os comentários estão fechados.