Prefeito de Planaltino sanciona lei que aumenta o próprio salário em 36,36%, da vice e de secretários

Prefeito Romi e a vice-prefeita Luciana. Foto: Blog Marcos Frahm

Em tempos de dificuldades, em meio aos reflexos da pandemia, que gera efeitos colaterais que afetam a economia, o novo prefeito do Município de Planaltino, no Vale do Jiquiriçá, Ronaldo Lisboa, o Romi, do PL, sancionou as leis Lei nº 239/2020 e 240/2020 que aumentam o próprio salário em 36,36%, passando a receber R$ 15.000,00, elevando também os salários da vice-prefeita Luciana do PCdoB, vereadores e dos secretários municipais.

Segundo o Blog Itiruçu Online, o salário do prefeito passou de R$ 11.000,00 para R$ 15.000,00. A lei datada de 06 de Janeiro foi publicada no Diário Oficial do município na quinta-feira (21).

O Projeto de Lei que estabeleceu o aumento foi aprovado em 2020 em votação na Câmara Municipal e vetado pelo ex-prefeito Zeca Braga (PSD), mas o veto foi derrubado após as eleições municipais na Câmara Municipal.

Além do salário do prefeito, a lei estabelece novos salários para a vice, passando de R$ 7.000,00 para R$ 7.500,00, apresentando um aumento de 7,14%, e para vereadores e secretários, de R$ 4.000,00 para R$ 5.000,00, um aumento de 25%. Os percentuais que passam por 7,14%, 25% 36,36%, chamam a atenção da população e dos funcionários que estão impedidos de obter aumento por causa da calamidade estabelecida no país.

Os comentários estão fechados.