Suspeito de matar ex-companheira a pauladas em Santa Teresinha se apresenta à polícia e é liberado

/ Polícia

Maria Cristina morreu após tomar pauladas. Foto: Rede social

O homem suspeito de matar a ex-companheira a pauladas, na cidade de Santa Teresinha, na região do Vale do Jiquiriçá, se apresentou à polícia na tarde da última terça-feira (31). A informação foi divulgada pela Polícia Civil nesta quarta (1º). De acordo com a polícia, o homem, identificado como Eron Santos, compareceu à Delegacia de Castro Alves, a cerca de 19 km de Santa Teresinha, por questão de segurança, pois o crime comoveu a população de Santa Teresinha. Ele estava acompanhado de um advogado e foi liberado após prestar depoimento, por já ter passado o período do flagrante. Conforme a polícia, o homem foi ouvido pelo delegado Carlos Freaza, que responde pelas duas cidades. O site G1 publicou que tentou, mas não conseguiu contato com o delegado. Não há informações sobre o teor do depoimento. O crime ocorreu no domingo (29), no bairro do Rio Seco, na zona rural de Santa Teresinha. Conforme a polícia, a mulher, identificada como Maria Cristina de Almeida Moura, foi atacada por volta das 21h30. Segundo a polícia, o casal estava separado há cinco meses e o homem não aceitava o fim do relacionamento.

Os comentários estão fechados.