Servidor é afastado por ato libidinoso com menor em carro da prefeitura de Vitória da Conquista

/ Bahia

Um motorista servidor da Secretaria da Educação de Vitória da Conquista foi desligado do cargo após ser ”flagrado em ato libidinoso” com uma adolescente. De acordo com o jornal Correio, o fato teria ocorrido dentro de um dos carros da prefeitura e durante horário de expediente.

Por meio da assessoria de comunicação, a prefeitura do município do Sudoeste baiano confirmou que o homem, que não teve o nome divulgado, prestava serviços temporários como motorista e foi ”desligado definitivamente” do quadro de funcionários da secretaria, após três meses de serviços.

A administração municipal esclareceu que o ato teria ocorrido no dia 18 de abril, mas só na última quinta-feira (1º), no entanto, foi aberta uma sindicância administrativa, por meio da Secretaria Municipal de Administração (Semad)  para apurar o caso. O desligamento foi publicado no Diário Oficial do Município. A reportagem procurou a Polícia Civil, que não informou se instaurou inquérito para apurar o caso.

Os comentários estão fechados.