Secretário do Trabalho pede prorrogação do seguro-desemprego dos demitidos da Azaleia

/ Bahia

Secretário estadual Álvaro Gomes
Secretário estadual Álvaro Gomes. Foto: Divulgação

Os 670 trabalhadores demitidos pela Vulcabrás/Azaleia em janeiro deste ano poderão ter um acréscimo de duas parcelas no seguro-desemprego. A solicitação partiu do Governo da Bahia e, de acordo com o secretário estadual do Trabalho, Álvaro Gomes, o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) deve emitir parecer nos próximos dias. Nesta quinta-feira (12), o secretário esteve com o presidente do Conselho, Quintino Marques, no Ministério do Trabalho, em Brasília, para protocolar e reforçar o pedido. Conforme Álvaro, a expectativa é favorável à concessão. “O Governo da Bahia está empenhado para manter empregos e diminuir os impactos das demissões. Por isso, entendemos que o pagamento adicional do benefício permitirá que esses trabalhadores busquem uma recolocação no mercado de trabalho com mais tranquilidade“, afirmou Álvaro. O governo baiano também entrou em contato com a empresa para que novos desligamentos não ocorram na sede de Itapetinga, no Sudoeste da Bahia. O secretário Álvaro assegurou que o retorno dado pelo diretor de Recursos Humanos da Azaleia, Eduardo Soares, foi que não haverá mais demissões. Ainda em Brasília, o secretário do Trabalho participou da primeira reunião ordinária do Codefat e fará visita de cortesia à diretora do escritório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil, Laís Abramo.

Os comentários estão fechados.