Secretário do Ministério do Meio Ambiente também é vaiado durante Semana do Clima em Salvador

/ Bahia

Secretário saiu de evento escoltado. Foto: Maiana Belo/G1BA

O Secretário de Relações Internacionais do Ministério do Meio Ambiente, Roberto Castelo Branco, foi vaiado nesta quinta-feira (22), durante o quarto dia da Semana do Clima, que está sendo realizada em Salvador. O episódio com Castelo Branco foi semelhante ao que ocorreu com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, na quarta-feira, também durante o evento.

As manifestações contra Castelo Branco ocorreram especialmente quando ele falou sobre os dados do desmatamento no país. Castelo Branco falava sobre a implementação da Contribuição Nacionalmente Determinada (NDC) no Brasil, quando foi interrompido pelas vaias.

”Com relação ao desmatamento, a restauração e a regeneração de florestas. Isso é muito importante porque houve uma meta que até 2030 era ter dois milhões de hectares de florestas regeneradas e restauradas. Nós já temos 9,4 milhões de florestas naturais e dois milhões de florestas plantadas. Então nós temos 11,4 milhões, e estamos muito bem com relação ao compromisso para 2030”, disse o representante do ministério, segundo o G1.

Posteriormente, ele foi interrompido novamente quando falava sobre compromissos de zerar o desmatamento ilegal. ”Temos também o compromisso de chegar ao desmatamento ilegal zero em 2030. É muito importante fortalecer o Inpe para que ele possa dar os dados cada vez mais…”, disse, até ser interrompido.

Ainda no palco, Castelo Branco comentou as vaias. ”Eu passei 20 anos na Europa e sei o valor da democracia. Eu queria escutar também. Vou dar a voz para os senhores”, disse. Após a apresentação, ele saiu sem falar com a imprensa. A Semana do Clima, que segue até sexta-feira (23), reúne participantes de 26 países.

Os comentários estão fechados.