Santa Casa e Maternidade de Jaguaquara recebe auxílio de R$ 521 mil para combate à Covid-19

/ Jaguaquara

Dr. Argemiro fala sobre mudanças na SBOTE. Foto: Blog Marcos Frahm

A direção da Santa Casa de Saúde e Maternidade Maria José de Souza Santos – SBOTE de Jaguaquara comemorou, nesta quarta-feira (24), o recebimento de auxílio financeiro emergencial para ações de combate a pandemia do novo coronavírus, por parte da unidade de Saúde, que atende pelo SUS. Os recursos, da ordem de R$ 521.290,09, já depositados na conta do Fundo Municipal de Saúde serão aplicados na reestruturação da Maternidade, conforme informou o Diretor e médico Argemiro Pereira, durante entrevista concedida hoje à tarde ao Blog Marcos Frahm.

A SBOTE, que integra a rede de Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, sem fins lucrativos, sendo responsável por mais de 50% dos atendimentos do SUS no país, passará por uma reestruturação, a partir da aplicação dos recursos destinados.  ”Nós recebemos essa quantia, que chega a fundo perdido, ou seja, nós não precisaremos devolver o dinheiro e ele vem através de um projeto de modernização que nós apresentamos cujo objetivo é readequar a Santa Casa, para melhorar o atendimento nessa fase de coronavírus. Vamos readequar todo o nosso centro cirúrgico, com uma mesa nova, carro de anestesia, outros equipamentos e também com o pré-parto. – parto e puerpério em um leito individualizado, que é quando a paciente tem um quarto pra ela, uma maneira de preservarmos a pessoa, dando mais conforto.  Vamos ter uma sala de recuperação pós-anestésica, o nosso Raio-X vai ser o primeiro digitalizado da região e vamos readequar o nosso berçário, pois somos o único hospital, depois da Santa Casa de Jequié que dispõe de um neonato. Uma parte desse dinheiro será para compra de insumos, inclusive EPIs, para que os nossos profissionais possam trabalhar protegidos nesse período” afirmou.

O diretor da Maternidade em entrevista ao repórter Marcos Frahm

Segundo Argemiro, os serviços de reestruturação do prédio já foram iniciados e a Maternidade estará dando total transparência à reforma, para que a sociedade tenha conhecimento de todas as ações feitas com os recursos destinados pelo Governo Federal e agradeceu o apoio da Secretaria Municipal de Saúde e do Conselho Municipal de Saúde e que as os trabalhos serão concluídos num prazo de 90 dias.

Atuando em Jaguaquara durante mais de 30 anos, com vasta experiência na medicina, o médico acredita que o município estará dando um salto de desenvolvimento na saúde, com a ampliação e reforma em andamento do Hospital Municipal e a abertura da UPA/24H, instalada no distrito Stela Dubois, o que deve ocorrer nas próximas semanas, conforme garantiu o Secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas: ”O hospital está passando por uma modernização, ficará melhor para a população e a Santa Casa também”.

Os comentários estão fechados.