Rui quebra o silêncio e descarta hipótese de Aline ser candidata em Jequié: ”não pode ser candidata”

/ Jequié

”Eu teria que renunciar”, diz Rui sobre Aline. Foto: Blog Marcos Frahm

O governador da Bahia, Rui Costa (PT),quebrou o silêncio sobre as especulações da imprensa na capital baiana de que a primeira-dama Aline Fernanda Peixoto pode ser candidata à prefeitura de Jequié, sua terra natal, no próximo ano. O chefe do Palácio de Ondina disse que a esposa está ”impedida legalmente” de entrar na disputa eleitoral, pois ele teria que renunciar ao cargo.

Rui Costa argumentou ainda que Aline Peixoto ”não gosta de ficar aparecendo demasiadamente”. ”Nem se ela quisesse ela poderia, porque é esposa do governador. Não pode ser candidata a prefeita, nem deputada, nem a senadora, exceto se eu renunciasse o mandato. E eu não pretendo”, declarou, durante o programa Papo Correria que é transmitido pelas redes sociais.

Na última semana, o site Política Livre, de Salvador, publicou nota afirmando que ”o processo de sucessão do prefeito Sérgio da Gameleira (PSB) em Jequié, cidade que possui uma receita de cerca de R$ 30 milhões/mês, tende a movimentar o cenário político baiano. Nomes como o da primeira-dama Aline Peixoto e do deputado federal Leur Lomanto Júnior (DEM) despontam nos bastidores como principais pré-candidatos. Estaria no páreo ainda, o também deputado federal Antonio Brito (PSD), que fala abertamente sobre a possibilidade de concorrer ao posto. Informações chegadas a este Política Livre dão conta de que Peixoto, filha da cidade, enquanto primeira-dama, leia-se através do governador Rui Costa (PT), tem diversos serviços prestados na cidade e encontra-se no centro de uma articulação para ser a aposta de Rui. A policlínica instalada no município, por exemplo, que contou com investimento de R$ 22 milhões da gestão estadual, é tida como obra emblemática sob a tutela dela, aliada a entrega da Unidade de Pronto Atendimento Eunice Jesus Leal Almeida (Dona Dite), localizada na Avenida Governador Lomanto Júnior, no bairro Cansanção. O equipamento, vale ressaltar, levou o nome da avó da primeira-dama”.

Os comentários estão fechados.