Rui Costa destaca importância do diálogo entre Estado e Tribunal de Contas do Estado da Bahia

/ Bahia

 Penedo empossado presidente do TCE. Foto: Mateus Pereira

O governador Rui Costa participou da cerimônia de posse da nova mesa diretora do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE), realizada na tarde desta quinta-feira (04), no auditório Conselheiro Lafayette Pondé Filho, no Centro Administrativo, em Salvador. O conselheiro Gildásio Penedo Cavalcante de Albuquerque Filho tomou posse como presidente do Tribunal e para o cargo de vice-presidente foi eleito o conselheiro Marcus Vinicius de Barros Presídio. O ex-presidente do TCE, Inaldo da Paixão Santos Araújo foi empossado corregedor do Tribunal de Contas. O governador aproveitou para destacar a importância do diálogo entre o Estado e o Tribunal de Contas. ”Com certeza teremos a continuidade de um belíssimo trabalho e desejando que possamos continuar com a independência necessária, mas com dialogo, pois ajuda a trazer harmonia e a melhoria constante da gestão pública”, afirmou o governador. A nova mesa diretora foi eleita por unanimidade para o biênio 2018-2019 durante sessão plenária que aconteceu no dia 19 de dezembro. O presidente eleito, Gildásio Penedo Cavalcante Filho, destacou que aproximar a população das atividades do TCE é um dos desafios que estão colocados para a sua gestão. ”A participação da sociedade como elemento fiscalizador, já que ela está na ponta desse processo, será fortalecida na nossa gestão. Nós temos uma ação voltada fortemente para trazer a sociedade baiana para junto do tribunal, complementando o exercício do controle externo”. O conselheiro Inaldo da Paixão Santos Araújo destacou que o TCE está comprometido em defender as ações que beneficiem o povo. ”Nos últimos quatro em que estive a frente da presidência buscamos humanizar o TCE e levar nossas ações para perto da sociedade, que de fato é o mais interessado no nosso trabalho. Agora, espero desempenhar a função de corregedor com serenidade e tranquilidade”.

Os comentários estão fechados.