Professores de Salvador pedem saída de secretário municipal de Educação; ”não entende de educação”

/ Educação

Professores pedem saída de Marcelo Oliveira. Foto: Rildo de Jesus

Os trabalhadores do setor de Educação de Salvador fizeram uma manifestação, nesta segunda-feira (31), em frente à Secretaria Municipal de Educação, na Avenida Garibaldi.

A categoria pede a demissão do atual titula da pasta, Marcelo Oliveira (PSDB), alegando que o mesmo não teria competência para o cargo, pois sua formação é como engenheiro eletricista. O grupo ainda afirma estar há mais de sete anos sem receber reajuste salarial, além do sucateamento das escolas e da retirada da Educação de Jovens e Adultos de algumas unidades da capital.

”Queremos um ano distensionado, mas o secretário está intransigente. A insatisfação da categoria é muito grande. Nas melhores escolas e creches particulares, são profissionais formados na área que dão as aulas, mas ele quer tirar o povo pra botar pedagogo. Isso cria escola de pobre na educação pública. Esse secretário é engenheiro, não entende de educação”, criticou Rui Oliveira, coordenador-geral da APLB Sindicato.

Marcelo Oliveira assumiu o cargo em 2021, no início da gestão de Bruno Reis (UB). Antes disso, foi prefeito de Mata de São João, cidade da região metropolitana de Salvador. Desde então, vem sendo alvo de críticas pela categoria.

Os comentários estão fechados.