Primeira parcela do auxílio emergencial foi sacada por 37 mil militares, diz jornalista

/ Economia

A primeira parcela do auxílio emergencial foi sacada por 37.298 militares, segundo a jornalista Daniela Lima, da CNN. Pouco mais de 14 mil militares também receberam a segunda parcela de R$ 600. Os números foram obtidos com cruzamento de dados das bases dos ministérios da Defesa, ao qual as forças armadas são subordinadas, e da Cidadania, que cordena o benefício.

O auxílio foi criado para socorrer informais e trabalhadores que perderam seus empregos ou renda por conta da pandemia do novo coronavírus. Cruzmento feito pelo governo impediu o pagamento indevido a 171 mil pessoas.

Ainda segundo a CNN, uma segunda fase da investigação vai apurar se houve uma fraude — ou seja, se os militares tiveram o CPF usado indevidamente por terceiro- ou se os beneficários agiram intencionalmente.

O Tribunal de Contas da União (TCU) pediu em maio um pente fino nos pagamentos e determinou a devolução dos recursos recebidos por mais de 73 mil militares identificados como beneficiários do auxílio emergencial.

Os comentários estão fechados.