Presidente Tancredo Neves: Jovens são mortos em ação policial, população reage e incendeia carros

/ Polícia

A morte de dois adolescentes durante ação da Polícia Militar no município de Presidente Tancredo Neves, na região do Baixo-Sul do Estado, na noite desta quinta-feira (28), provocou uma reação popular que resultou em quebra-quebra na cidade. As informações preliminares dão conta de que houve um assalto a um estabelecimento e que a PM foi acionada, tendo confundido os dois adolescentes com os autores do crime, que teriam fugido de moto. Os menores também ocupavam uma motocicleta e não teria obedecido a ordem de parada, reagindo com disparos contra a guarnição, e sendo baleados e socorridos ao hospital local, mas não resistiram aos ferimentos à bala, conforme a polícia. Mas a versão policial passou a ser contestada por populares que, revoltados, interditaram o trânsito na BR-101, incendiaram dois veículos, de um vereador e da Câmara Municipal e ainda protestaram em frete ao Hospital Luis Eduardo Magalhães, unidade para onde foram levados os jovens depois de alvejados. O efetivo policial na cidade foi reforçado com a chegada de policiais militares de Gandu e Wenceslau Guimarães, e o clima só foi normalizado com o reforço policial. Os jovens foram identificados como Marcelo Santos e Eduardo Alves. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal de Valença. Até a manhã desta sexta-feira, quando esta nota era publicada pelo Blog Marcos Frahm, a redação não teria conseguido manter contato com a polícia para obter mais detalhes da operação.

Os comentários estão fechados.