Presidente do PSL na Bahia é condenada pela Justiça Eleitoral e concede direito de resposta a Rui Costa

/ Eleições 2018

Dayane Pimentel lidera o partido de Jair Bolsonaro. Foto: Vida Diária

A Justiça Eleitoral condenou a presidente do PSL na Bahia, Dayane Pimentel, a conceder direito de reposta ao governador Rui Costa (PT). Nas redes sociais, a presidente, que também é candidata a deputada federal divulgou um vídeo da campanha do governador. Ainda assim, Dayane escreveu no Facebook: ”Estão querendo me calar. Mas estou com Bolsonaro até o fim”. O vídeo tem 42 segundos. No vídeo, a apresentadora conta que foi concedido o espaço por ”ataques a honra do governador”. Enquanto isso, a dona da página afirma que chamou o ”PT de quadrilha” respondendo a uma outra acusação de que ”Bolsonaro colheu o que plantou”. Em sua decisão, a juíza Gardênia Pereira Duarte, afirma que ”ocorre, no entanto, que a livre exteriorização do pensamento não pode ser concebida como um direito absoluto, devendo a prática de eventuais abusos cometidos serem coibidas”.

Os comentários estão fechados.