Presidente do Bahia afirma que clubes não querem perdão em dívidas contraídas após o Profut

/ Esporte

Presidente Guilherme Bellintani. Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Apesar de não ser o presidente da Comissão Nacional de Clubes, o mandatário do Bahia, Guilherme Bellintani, fez uma declaração forte relacionada ao Profut.

Com o objetivo de congelar as cobranças no momento em que o mundo passa por uma pandemia, o presidente foi enfático ao afirmar que os clubes não querem perdão das dívidas.

”Estamos falando de carência nos prazos de pagamento, não de perdão. Ninguém no futebol quer perdão das dívidas”, disse Bellintani.

Tentando manter a saúde financeira do futebol brasileiro, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) negocia melhorias com o Ministério da Cidadania. As informações são do BNews

Os comentários estão fechados.