Presidente da Petrobras terá que ir ao Senado explicar fechamento da Fafen na Bahia e Sergipe

/ Brasília

Presidente da Petrobras, Pedro Parente. Foto: Agência Brasil

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, terá que ir ao Senado explicar o fechamento de fábricas de fertilizantes nitrogenados (Fafens) na Bahia e em Sergipe. O requerimento apresentado pela senadora baiana Lídice da Mata (PSB) foi aprovado na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) na manhã desta quarta-feira (30). ”Não se pode negar que, além de aproximadamente mil empregos diretos envolvidos, deve-se mensurar todo o impacto econômico da medida para as economias locais e para a própria Petrobras”, argumentou a senadora em seu requerimento. A estatal aponta prejuízo de aproximadamente R$ 200 milhões para justificar o fechamento das unidades

Os comentários estão fechados.