Prefeitura de Maracás e Largo se reúnem para alinhar novas ações conjuntas de combate à Covid

/ Saúde

Reunião na Prefeitura discute parceria. Foto: Divulgação

A Covid-19 ligou o sinal de alerta em Maracás, que voltou a registrar casos da doença. O Município adotará novas medidas para conter o vírus, que durante o período de pico da pandemia, chegando a fazer 77 vítimas fatais, conforme registros da Secretaria Municipal de Saúde. Nesta terça-feira (18), uma reunião entre o prefeito Soya Novaes, a secretária de Saúde, Darlene Rosa, o procuradora-geral Hyone Ribeiro e representantes da mineradora Largo Brasil, que explora o Vanádio no Município, discutiu o alinhamento de novas parcerias para ações de combate ao Coronavírus.

Segundo o prefeito, a mineradora, representada no encontro por Valéria Rocha, Ronaldo Souza e Tiago Mauriz já adotou medidas de prevenção com o acompanhamento diário da saúde dos cerca de um mil colaboradores da empresa. ”Infelizmente, a doença volta a assustar o mundo e a Covid-19 é mais uma vez motivo de preocupação para todos nós, que precisamos nos unir e de forma preventiva evitar uma avalanche de casos graves, apesar de que os números de ativos aumentam em Maracás, ligando um sinal de alerta para todos nós”, disse.

Soya relembrou as ações exitosas, realizadas conjuntamente entre Prefeitura e Vanádio no início da pandemia e chamou a atenção para a questão da vacinação, fazendo apelo aos munícipes que ainda não recorreram ao imunizante nas unidades de Saúde. ”Todos vocês devem se recordar dos esforços que foram empreendidos conjuntamente há dois anos, no pico da pandemia, pela Prefeitura em parceria com a Mineradora. Perdemos amigos, não queremos que essa fase se repita e, por isso, vamos seguir os protocolos, os decretos do Estado e respeitar a ciência. Quem não se vacinou, se atentar para a vacinação e assim venceremos mais um desafio”, ressaltou. No último boletim epidemiológico, o número de casos ativos é de 33, além de 17 casos de Influenza A, e 01 de Influenza A / Covid.

No encontro, também foram discutidas possibilidade de doação de testes de antígeno e parcerias de apoio às operações de recuperação de estradas rurais, afetadas pelas fortes chuvas nos últimos meses, inclusive no trecho entre Maracás / Porto Alegre, área de acesso às instalações da Largo.

Os comentários estão fechados.