Prefeitura de Jequié promove ações do ”Setembro Amarelo” para pessoas com deficiências

/ Jequié

Equipe desenvolve ações do Setembro Amarelo. Foto: Secom

O Setembro Amarelo é uma campanha brasileira de conscientização da população a respeito da prevenção do suicídio. A Prefeitura de Jequié, por meio da Secretaria de Saúde, vem realizando ações com o objetivo de alertar a sociedade a respeito da realidade em torno do suicídio.  O Núcleo de Prevenção e Reabilitação Física (NUPREJ), equipamento municipal vinculado a Secretaria de Saúde e que presta assistência a pessoas com deficiência motora, neurológica ou incapacidades, promoveu na manhã desta quarta-feira (12), na sede da unidade, algumas atividades abordando o ‘Setembro Amarelo’, para o público com necessidades especiais ou limitações. A taxa de prevalência nacional da ocorrência do suicídio é de 5,7:100 mil habitantes/ano, índice muito preocupante, uma vez que os fatores desencadeantes do suicídio são inúmeros e podem atingir quaisquer pessoas. A ação, iniciada no NUPREJ, foi destinada, exclusivamente, para o público assistido e contou com apresentação de documentários, filmes, roda de conversa, terapia coletiva, construção de cartazes e dinâmicas em grupo, a fim de sensibilizar os participantes sobre o tema ”Viver é a melhor opção sempre”. ”A proposta que iniciamos aqui, hoje, no NUPREJ, é poder, de forma coletiva, discutirmos sobre alguns problemas que podem causar situações desconfortáveis e que, em casos mais extremos, possam levá-los a pensamentos destrutivos, e assim, ajudá-los a encontrar as soluções. Aqui eles poderão compartilhar tristezas, se descontraírem, voltarem a ter pensamentos mais positivos. A ideia é que seja um momento de alegria e interação.”, disse Ive Caroline Almeida Xavier, enfermeira coordenadora do Núcleo de Prevenção e Reabilitação Física de Jequié. Desde o ano passado o Ministério da Saúde tem estabelecido uma agenda de ações estratégicas compreendendo a importância da temática de saúde da população, nos municípios, e estabelecendo compromissos e responsabilidades entre todas as instâncias elencando três eixos de cuidado: em primeiro a vigilância e qualificação da informação; em segundo a prevenção do suicídio e promoção da saúde e em terceiro a gestão e cuidado.

Deixar uma Resposta