Prefeito alerta para risco de colapso no sistema de saúde da capital baiana após alta de Covid e Influenza

/ Saúde

Prefeto Bruno Reis. Foto: Mattheus Miranda/bahia.ba

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), alertou, na manhã desta sexta-feira (21), para o risco de um novo colapso no sistema de saúde após o aumento de casos de Covid-19 e gripe Influenza.

Em contato com a imprensa, o gestor revelou que sua maior preocupação é em relação a leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Segundo ele, não há leitos “suficientes” para atender a população e, por isso, a prefeitura pode voltar a aplicar medidas restritivas.

”Se houver risco de termos um colapso no sistema de saúde, esse colapso pode ocorrer em leitos de UTI. Nós temos limitações. Nós temos condições de mobilizar leitos de enfermaria numa rapidez muito maior porque são leitos mais simples, com exigência mais simples de equipamentos para funcionamento. Se houver risco de ter um colapso, principalmente por conta do aumento da Covid, nós não temos leitos de UTI suficientes para atender. Desta forma, nós teremos que avançar nas medidas restritivas. Temos que levar em consideração que a grande diferença em relação a 2021 e 2020, é o alto percentual de vacinação e o fato da variante Ômicron ser menos agressiva. A demanda e procura maior não é por leitos UTI e sim pelos serviços de emergências. Espero que não tenhamos que avançar para outras medidas de isolamento social, mas caso seja necessário, nós iremos fazer”, disse Bruno Reis. *Bahia.ba

Os comentários estão fechados.