Porto Seguro: após filha da prefeita ser derrotada nas urnas, surgem rumores de suspensão de obras

/ Eleições 2018

Larissa, filha de prefeitos, não elegeu-se deputada. Foto: Diulgaão

Rumores se espalharam em duas cidades no sul da Bahia, depois que a candidata a deputada estadual Larissa (PSD), filha da prefeita de Porto Seguro, Claudia Oliveira (PSD), e do prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira (PSD), não conseguir obter votos suficientes para ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), nas eleições do último domingo (7). O boato foi motivado após uma publicação no Diário Oficial do Município de Porto Seguro, a qual informava sobre o cancelamento de uma licitação que contemplava obras de pavimentação e infraestrutura em diversos bairros, do distrito de Arraial D’ajuda e em Vale Verde. Segundo a imprensa local, a reação dos moradores dessas localidades foi imediata, e grande parte deles interpretou como retaliação ao resultado obtido nas urnas pela sua filha. Um site da região, Jojô Notícias, informou que há comentários também de perseguições no âmbito administrativo, de funcionários, fornecedores e prestadores de serviços nos municípios. Após a repercussão das informações, a prefeitura de Porto Seguro enviou uma nota de esclarecimento para imprensa. ”A suspensão da concorrência pública N° 005/2018, referente a pavimentação em diversas localidades neste município, ocorreu após questionamentos citados durante o trâmite do processo licitatório. Diante do exposto, notamos a necessidade de ajustes técnicos dos projetos executivos dentre outras alterações que serão de suma importância para obtermos resultados satisfatórios na execução dos serviços”, aponta trecho da nota. Ainda de acordo com a prefeitura, ”ao término das correções o processo de licitação será republicado o mais breve possível. Ressaltamos ainda, que o objeto do contrato não mudará, ou seja, atenderemos as mesmas localidades anteriormente citadas”. A gestão municipal acrescenta também que enquanto aguarda a finalização do processo licitatório, ”daremos continuidade através do contrato em vigência a pavimentação de mais de setenta ruas, em bairros e distritos do município de Porto Seguro”. Em Porto Seguro, Larissa obteve 8.612 votos, enquanto a rival da família, Cordélia (PMB), conseguiu 3.003 votos. Já em Eunápolis, Cordélia conseguiu 19.223 votos e Larissa teve 9.098. Nenhuma delas obteve votos suficientes para ingressar na AL-BA.

Os comentários estão fechados.