Polícia Federal pediu a prisão de empresários suspeitos de articular greve, diz Marun

/ Brasília

Ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun. Foto: Estadão

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou neste sábado (26) que a Polícia Federal já identificou e pediu a prisão de empresários suspeitos de estarem promovendo locaute (espécie de greve coordenada por patrões) no caso da paralisação de caminhoneiros que afeta o país. O movimento grevista entrou no sexto dia e ainda mantém estradas bloqueadas apesar de o governo ter autorizado o uso das Forças Armadas. Além disso, o ministro disse que a multa de R$ 100 mil por hora parada aos donos das transportadoras que não desbloquearem as vias e voltarem à atividade já começou a ser aplicada. Ontem, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou o uso da força e aplicação da multa para liberar as estradas bloqueadas.

Os comentários estão fechados.