Polícia deflagra operação e cumpre 17 mandados de integrantes de organização criminosa em Irecê

/ Polícia

Uma operação deflagrada pela 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Irecê identificou 21 integrantes de uma organização criminosa, envolvidos com o tráfico de drogas e diversos homicídios praticados naquela região. Durante as diligências, realizadas na sexta-feira (20), um homem foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e com a quantia de R$ 5.380 mil, além de colete balístico e celulares.

De acordo com o coordenador da 14ª Coorpin/Irecê, delegado Ernandes Reis Santos Júnior, a quadrilha já vinha sendo investigada há mais de um ano. Dezessete integrantes tiveram os mandados de prisão preventiva cumpridos. “Todos eles foram indiciados pela Polícia Civil e denunciados pelo Ministério Público, por organização criminosa, tráfico de drogas e associação para o tráfico”, ressaltou Ernandes.

Os mandados foram cumpridos no sistema prisional, onde os criminosos já cumpriam pena e permanecem à disposição da Justiça. Os demais alvos estão sendo procurados. “Montamos o organograma do grupo, estabelecido em diversos municípios da região, e identificamos o papel de cada um dos integrantes, sendo possível elucidar vários homicídios ocorridos nos últimos anos, que tinham ligação direta com a organização criminosa investigada”, destacou o coordenador regional.

Equipes da Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati/Chapada), da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), do Núcleo Especial de Atendimento à Mulher (Neam), de Irecê, da 13ª Coorpin/Seabra e das Delegacias Territoriais de João Dourado, Presidente Dutra, Central, Ibitita, Barro Alto, Jussara e Morro do Chapéu participaram das ações, além da Superintendência de Inteligência (SI/SSP).

Os comentários estão fechados.