Tanhaçu: Quatro pessoas da mesma família morrem após explosão de gás e bombeiros encerram buscas

/ Bahia

Prédio ficou destruído após explosão. Foto: Divulgação / CBMBA

Quatro pessoas da mesma família morreram na explosão de gás de botijão em uma padaria de Tanhaçu, no Sertão Produtivo, Sudoeste baiano (ver aqui). Segundo o Corpo de Bombeiros Militadas da Bahia (CBMBA), testemunhas disseram que as quatro vítimas estavam no imóvel no momento da explosão.

Conforme o Achei Sudoeste, parceiro do Bahia Notícias, as vítimas foram identificadas como Edivanda Costa da Silva e Adriano Lima Santana, uma criança filha do casal, e um homem que trabalhava de padeiro, identificado pelo prenome de Bruno.

A suspeita que elas estavam no pavimento superior. A edificação abriga a padaria, uma loja de autopeças e a residência.

Bombeiros militares do 7° GBM, em Vitória da Conquista, foram deslocados para o local e trabalharam no resgate dos corpos. O grupo segue o trabalho na área atingida com três viaturas.

Até o momento não se sabe a causa da explosão. Os bombeiros foram acionados por volta das 5h30 desta quinta. (Atualizado às 12h02) com informações do Bahia Notícias

Polícia identifica e prende 5º suspeito de participação em chacina contra família no DF

/ Brasília

O crime ocorreu na madrugada de quinta-feira. Foto: Reprodução

Um quinto suspeito de participação na chacina que deixou dez pessoas da mesma família morta no Distrito Federal (DF) foi preso na madrugada desta quinta-feira (26), segundo a Polícia Civil.

Quatro suspeitos já estavam presos e um adolescente de 17 anos, que teria participado da ação criminosa, foi ouvido e teve a sua internação provisória solicitada à Justiça pela Delegacia da Criança e do Adolescente, que investiga o seu papel nos crimes.

Responsável pelas investigações, o 6º DP disse que o novo suspeito é conhecido como Galego, 25. Ele foi preso em Itapoã, uma região administrativa do DF.

De acordo com a investigação, o suspeito teria participado da associação criminosa que praticou os crimes de extorsão mediante sequestro (agravada pela morte), ocultação de cadáver e corrupção de menores.

O quarto suspeito, Carloman dos Santos Nogueira, 26, foi preso na quarta (25), após se entregar na delegacia de São Sebastião, cidade a cerca de 25 km de Brasília, e foi levado para o 6º DP.

As outras três pessoas que já haviam sido presas são Horácio Carlos Ferreira Barbosa, 49, Gideon Batista de Menezes, 55, e Fabrício Silva Canhedo, 34.

O CRIME

Os corpos da cabeleireira Elizamar da Silva, 39, e dos três filhos dela, um menino de 7 anos, e um casal de gêmeos de 6, foram encontrados carbonizados no dia 13 deste mês, em Cristalina (GO), dentro do carro da família. Eles foram as primeiras vítimas a aparecer.

Até esta quarta (25), quatro pessoas foram presas: Horácio Carlos Ferreira Barbosa, 49, Gideon Batista de Menezes, 55, Fabrício Silva Canhedo, 34, e Carloman dos Santos Nogueira, 26. Segundo os investigadores, Horácio disse à polícia que a morte de Elizamar e das crianças tinha sido encomendada pelo marido, Thiago, e pelo sogro dela, Marcos Antônio Lopes de Oliveira, 54, para tomar o dinheiro da venda de uma casa.

Mas o delegado responsável pelo caso, Ricardo Viana, diz acreditar que a informação dada em depoimento não seja verdadeira e tenha tido apenas a intenção de tumultuar as investigações ou atenuar a pena em caso de uma eventual condenação.

Segundo o delegado, as investigações apontam que os presos se uniram para tentar tirar o dinheiro da família. Dois dos presos eram funcionários e moravam numa chácara em Planaltina com Marcos Antônio, a esposa, Renata Juliene Belchior, 52, e Gabriela Belchior, 25, filha de ambos. Durante a investigação, todos os membros da família foram encontrados mortos -carbonizados, degolados ou enterrados.Com informações do site Bahia Notícias

Cinco bilhões de pessoas ainda consomem gordura trans, diz Organização Mundial da Saúde

/ Saúde

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou um novo relatório na última segunda-feira (23) onde afirma que cinco bilhões de pessoas em todo o mundo ainda estão vulneráveis ao consumo de gordura trans, mesmo com a meta de eliminação para 2023.

A gordura trans produzida industrialmente é frequentemente encontrada em alimentos embalados, congelados, óleos de cozinha e patês prontos. A ingestão da substância é responsável por pelo menos 500 mil mortes prematuras por doença arterial coronariana (DAC) a cada ano no mundo todo.

Em nota, o diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, afirmou que a gordura trans não tem nenhum benefício conhecido. Muito pelo contrário: ela causa enormes riscos à saúde.

”Eliminar a gordura trans é econômico e traz enormes benefícios para a saúde. Simplificando, ela é um produto químico tóxico que mata e não deve ter lugar nos alimentos. É hora de se livrar disso de uma vez por todas”, diz.

O relatório menciona que 43 países já implementaram medidas para a eliminação da substância, inclusive o Brasil. Um número crescente de nações de renda média também está implementando ou adotando novos parâmetros, como Argentina, Índia, Paraguai, Ucrânia, Bangladesh e Filipinas.

No entanto, nove dos 16 países com maior índice de morte por DAC relacionado à gordura trans ainda não adotaram nenhuma medida para eliminar a substância: Egito, Irã, Austrália, Azerbaijão, Equador, Nepal, Paquistão, Butão e Coreia do Sul.

A OMS recomenda ainda que a prioridade dos governos seja não somente a adoção de políticas públicas, mas também de monitoramento das medidas e o incentivo aos fabricantes de alimentos para a eliminação da gordura trans. As informações são do portal Metrópoles.

Secretário nega falhas no reconhecimento facial e ignora relatos de abordagens equivocadas

/ Bahia

Marcelo Werner é o novo titular da SSP-BA. Foto: Reprodução

A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) comemorou, na manhã desta quarta-feira (25), a marca de 600 prisões realizadas após identificação do sistema de reconhecimento facial, operado no estado desde dezembro de 2018. Todas as ações intermediadas pela teconologia, garantiu o titular da pasta, Marcelo Werner, aconteceram sem nenhum erro.

”Esse é um processo altamente apurado, então no momento que a gente recebe uma identificação que é mais de 95% de certeza, mesmo assim nossas equipes continuam a checar, não só a validade do mandado como também a identidade daquela pessoa”, argumentou o secretário em entrevista ao Bahia Notícias.

Segundo Werner, o processo é ”bem apurado” e as equipes que atuam no Centro de Operações e Inteligência da Segurança Pública 2 de Julho, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), adotam ”o maior grau de certeza”. ”A gente chega até 98%. Não existe erro”, acrescentou.

Ao todo, contabilizou a secretaria, foram presos 222 assaltantes, 113 homicidas, 106 traficantes, 20 procurados por estupro de vulnerável, três foragidos por feminicídio e tentativa de feminicídio, além de foragidos por violência doméstica descumprimento de medida protetiva de urgência.

Além disso, foram caputrados indivíduos com mandado em aberto por crimes como associação, organização criminosa e associação para o tráfico, latrocínio, falsificação, furto, extorsão, estelionato, lesão corporal, ameaça, atentado violento ao pudor, ocultação de cadáver, porte ilegal de arma de fogo, sequestro, receptação e violação de domicílio.

As prisões computadas aconteceram em Salvador, Vitória da Conquista, Porto Seguro, Eunapólis, Feira de Santana, Alagoinhas, Barreiras, brumado, Camaçari, Candeias, Conceição do Coité, Dias D’Ávila, Ibotirama, Itaberaba, Itabuna, Itaparica, Itapebi, Jequié, Juazeiro, Luís Eduardo Magalhães, Paulo Afonso, Salinas da Margarida, Santo Antônio de Jesus, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Valença e Vera Cruz.

Nos primeiros, divulgou a SSP-BA, 25 dias de 2023 foram localizados 26 criminosos, sendo 10 procurados por prática de roubo, seis por homícidio, seis por tráfico de entorpecentes, um por feminicídio, um por estupro e outro por não pagamento de pensão alimentícia.

A versão que nega possíveis equívocos do sistema de reconhecimento, apesar de categórica, ignora relatos de erros em abordagens realizadas pela Polícia Militar da Bahia (PM-BA) após alertas da central de monitoramento, como as veiculadas pelo The Intercept Brasil em uma reportagem publicada em setembro de 2021. Perguntado especificamente sobre os testemunhos publicados no site, o chefe da Secretaria de Segurança Pública da Bahia retrucou: ”Não existiram”

”Hoje é utilizada a tecnologia que foi adquirida pelo estado. [Temos] atualizações no software para que esse grau de certeza seja de quase 100%”, pontuou o titular, citando outros procedimentos usados para checar alertas da central de monitoramento.

Segundo a assessoria de imprensa do órgão, possíveis abordagens a suspeitos identificados pela ferramenta não são considerados erros, mas procedimentos rotineiros, uma vez que, caso não haja procedência do vínculo da pessoa apontada com a identidade procurada, não há condução para a delegacia.

USO DOS ALGORITMOS

Ao longo dos anos de operação, melhorias foram executadas, uma delas se deu no aprimoramento do algoritmo usado, que com a pandemia da Covid-19 foi ajustado para analisar pelo menos 50% da face das pessoas.

”Logicamente, trabalhamos com a captura de pontos nodais, o sistema de reconhecimento trabalha com triangulações, onde ele faz funções de seno e coseno, para tratar e trazer um algoritmo que vai trazer uma identidade única para cada pessoa”, esclareceu o superintendente de Inteligência da SSP-BA, o Coronel Oliveira, que adicionou haver um processo de homologação no processo de produção de aprimoramentos.

Na avaliação digital, disse Oliveira, não existem precedentes de que haja o chamado ”racismo algorítmico”, alertado por especialistas e ativistas do campo dos direitos humanos: ”Não trabalhamos com esse parâmetro. Nosso parâmetro é: pessoas que tenham mandado de prisão em aberto. Não importa se ela é negra, branca, indígena, não importa. Para a gente é somente aquilo que diz respeito a Lei Geral de Proteção de Dados, que no seu artigo 4º, que nos garante exercer esse trabalho com segurança pública. Não entramos nessa questão do racismo”.

Atualmente, a ferramenta de monitoramento está em expansão na capital em outros 77 municípios da Região Metropolitana de Salvador e do interior do estado. A chegada do reconhecimento em outras localidades já aumenta a expectativa da gestão, que vislumbra uma maior efetividade. ”A expectativa é de que haja um volume maior de apreensões, tendo em vista que há um aumento desse volume de pessoas que terão as suas faces capturadas”, finalizou o superintendente de Telecomunicações, o Major Travessas. *Bahia Notícias

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 75 milhões no sorteio do próximo sábado

/ Esporte

O concurso 2.558 da Mega-Sena, realizado nesta quarta-feira (25) no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo, não teve acertadores das seis dezenas. Os números sorteados foram: 02 – 10 – 18 – 25 – 34 – 44.

O próximo concurso (2.559), no sábado (29), deve pagar prêmio de R$ 75 milhões. A quina teve 181 ganhadores e cada um vai receber R$ 28.883,07. Os 11.265 acertadores da quadra receberão o prêmio individual de R$ 662,96 .

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal.

A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50. O sorteio é realizado às 20h, no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

Jaguaquara: PRF detém motorista que transportava peças automotivas de origem ilícita na BR-116

/ Trânsito

PRF apreendeu caminhão durante ação na BR-116. Foto: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal deteve um homem de 27 anos que fazia o transporte de peças de automóveis de origem ilícita. A ação aconteceu no Km 637 da BR 116, próximo ao município de Jaguaquara, no último dia (23), segundo informações divulgadas nesta quarta-feira pela PRF.

Era por volta das 10 horas quando a equipe abordou um caminhão baú que estava carregado com sucatas de veículos. Ao solicitar a documentação fiscal da carga, o motorista informou não possuir qualquer documento. Ele também relatou que entregaria a carga em uma loja de peças automotivas em Feira de Santana (BA).

No decorrer dos procedimentos, os policiais constataram que diversas peças estavam com os elementos identificadores suprimidos por abrasão. Na cabine, os policiais ainda encontraram 11 comprimidos de anfetaminas e uma pequena quantidade de maconha. Diante dos fatos, a ocorrência foi encaminhada para a Polícia Judiciária local para adoção das medidas cabíveis.

Promessa do Estado e da Prefeitura de estadualizar hospital de Jaguaquara ainda não foi cumprida

/ Jaguaquara

Hospital segue gerido pela Prefeitura. Foto: Blog do Marcos Frahm

O Governo do Estado e a Prefeitura de Jaguaquara chegaram oficializar, em 2022, a proposta de reestadualização do Hospital Municipal. Depois de 22 anos, a unidade hospitalar voltaria, ou voltará, a integrar a rede estadual da Saúde, e funcionaria, ou funcionará, sob gestão da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia – SESA depois de 22 anos.

Em publicação do Diário Oficial datada de 19/10/2022, o governador Rui Costa autorizou o Estado a reassumir o Hospital, que havia sido municipalizado em 2002, pelo então governador Paulo Souto, que transferiu o órgão ao Município gerido na ocasião pelo prefeito Valdemiro Alves de Oliveira. De lá pra cá, os gestores municipais alegavam dificuldades financeiras para gerir o Hospital, com despesas que custam aos cofres cerca de R$ 700 mil /mês. Durante visita a Jaguaquara em julho de 2022, o então chefe do Executivo estadual prometeu em discurso que iria dialogar com a prefeita Edione Agostinone sobre a possibilidade de o Estado reassumir a unidade.

Um mês depois da promessa do governador à época, e agora ministro, a secretaria de Saúde da Bahia da ocasião e atual titular da Educação, Adélia Pinheiro, esteve na cidade e fez uma visita técnica às instalações do Hospital [relembre]. Com um grupo composto por integrantes da equipe gestora da Sesab, foi recepcionada pela prefeita Edione, que teria encaminhado ao Poder Legislativo local a proposta de transferência da gestão aprovada anteriormente pelo Conselho Municipal de Saúde.

E a secretária retornou. A 11 dias das eleições 2022, Adélia retornou à Jaguaquara para tratar de um assunto que já dominava as discussões políticas no município: a estadualização ou não do Hospital Municipal. Entretanto, HMJ ainda funciona sob o controle da Prefeitura, apesar da declaração de Adélia de que não era promessa de campanhia e que os trâmites legais estavam em fase de concçlusão. ”Quero dizer pra vocês como é honroso está aqui, representando o governador e dando continuidade a um compromisso que ele assumiu publicamente nessa cidade. Um passo importante que o município dar e que beneficia a região, como parte de um processo de ampliar e qualificar a rede. O hospital, assim que vier para nós, ele realizará, além de leitos de retaguarda clínica do Prado Valadares, também, cirurgia de baixa e média complexidade”, disse a ex-titular da SESAB ao discursar no prédio-sede do Sindicato dos Trabalhadores do Município.

Até esta quarta-feira (25/01/23), conforme apurou o Blog do Marcos Frahm, o HMJ segue gerido pela gestão municipal. O Hospital, apesar de não atender a casos de média e alta complexidade passou por uma ampla reforma na estrutura física através de convênio entre Estado e Município em 2020, mas a sua manutenção pela Prefeitura é uma lamentação da administração local, que alega enfrentar dificuldades financeiras para o funcionamento da unidade.

Segundo informações obtidas pelo BMFrahm, uma OAS irá assumir, não se sabe quando, o controle da unidade de Saúde. Cerca de 154 servidores municipais atuam no Hospital. Vale ressaltar que o assunto é de ”domínio público”, o que interessa à sociedade em geral, sobretudo quando se trata se saúde.

Secretária do Coegemas, Primeira-dama representa Maracás em encontro de gestores de Assistencia social

/ Bahia

Evento reuniu secretários e o governador Jerônimo. Foto: Divulgação

Caminhar de mãos dadas para assegurar a assistência social. Essa foi a frase que marcou a primeira reunião ordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) de 2023, realizada na terça-feira (24), em Salvador. O encontro reuniu gestoras e gestores estaduais e municipais da assistência social de diversos municípios baianos.

A mesa de abertura contou com a presença do governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, do vice-governador Geraldo Júnior, da secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Fabya Reis e da primeira-dama de Maracás, Guida Galvão, que além de membro da CIB como representante dos municípios de pequeno porte é secretária do Colegiado de Gestores Municipais de Assistência Social da Bahia e acompanhou no evento a da presidente do COEGEMAS-BA, Ediana Dourado.

Dentre as pautas da CIB estavam a apresentação do plano do governo 2023/2026, da área da assistência social, proposta de monitoramento de implantação do SUAS Bahia Mais Rural e proposta de critérios de elegibilidade para expansão dos Centros Pop.

A fome e outros problemas sociais que afetam famílias de baixa rende estiveram entre os assuntos mais discutidos pelos participantes, inclusive pelo governador, que se comprometeu com a assistência social pelos próximos quatro anos, afirmando que firmará parcerias com os municípios. ”Um momento importante, porque a assitência social está acima dos interesses políticos e essa é uma área que exige de nós gestores muita sensibilidade e sabedoria para acoolher os mais necessitados”, disse a primeira-dama de Maracás.

”Esse é o meu primeiro momento com essa instância colegiada e já me sinto acolhida. Juntos iremos somar para promover a política do Sistema Único da Assistência Social, a política do desenvolvimento social, e todas as políticas que conferem dignidade ao povo brasileiro e ao povo baiano”, destacou a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Fabya Reis.

Estão mantidas matrículas presenciais na rede estadual de ensino; secretaria faz busca ativa

/ Educação

Secretaria mantém matrículas. Foto: Claudionor Jr. / SECBA

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) deu início, nesta quarta-feira (25), ao processo de busca ativa para que nenhum estudante fique fora da escola. Após o período regular da matrícula, as escolas continuam abertas para atender estudantes, mães, pais e responsáveis na matrícula presencial. Para isso, basta levar a documentação necessária e se dirigir a qualquer unidade escolar, mesmo que não seja a que o estudante deseje se matricular.

A secretária da Educação do Estado, Adélia Pinheiro, ressaltou o chamamento para que as famílias possam ir às escolas.  “Neste período oficial de matrícula, colhemos um pouco mais de 192 mil novas matrículas, de um total de 602 mil matrículas em toda a rede. Você, estudante que não se matriculou, ou pai e mãe que ainda não matricularam o seu filho, venha para a escola, pois queremos todos os estudantes na escola. Para quem não fez a matrícula, agora não é mais on-line. É só de forma presencial. Procure a escola para fazer a sua. Nós já estamos preparados para o início do ano letivo, no dia 6 de fevereiro, e temos vagas para todo mundo”.

A matrícula na rede estadual de ensino foi realizada de 16 a 24 de janeiro. Quem fez a matrícula pela internet deve comparecer à escola em que o estudante foi matriculado, no prazo estabelecido no comprovante on-line, para entregar a documentação e confirmar a matrícula. Veja a documentação necessária: via original do histórico escolar; vias originais e cópias legíveis da Carteira de Identidade (RG) ou Certidão de Registro Civil, do Cadastro de Pessoal Física (CPF), comprovante de residência (água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, Internet, contrato de aluguel, IPTU, cartão de crédito ou TV por assinatura) e da carteira de vacinação devidamente atualizada; cópia legível do RG e do CPF da própria mãe do estudante e ou do responsável legal.

Bolsa Presença

Além de ser necessária para comprovar a matrícula, a documentação é imprescindível para que o estudante tenha acesso a programas e projetos estratégicos ofertados pelo governo do Estado, a exemplo do Bolsa Presença, que garante um auxílio financeiro de R$ 150, por mês, por família e mais R$ 50 a partir do segundo estudante matriculado na rede estadual. O programa beneficia famílias cadastradas no CadÚnico e em condições de vulnerabilidade socioeconômica e tem o objetivo de assegurar a permanência do estudante na escola.

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia também tem uma parceria de mobilização com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), para que os municípios façam a adesão ao Programa Busca Ativa Escolar, que pode ser acessado no site https://buscaativaescolar.org.br/. Atualmente, 351 municípios já realizaram a adesão ao Programa Busca Ativa Escolar.  A iniciativa visa sensibilizar toda a sociedade local, especialmente as comunidades mais vulneráveis, possibilitando que toda criança e adolescente tenham acesso à educação.

Servidor da Prefeitura de Planalto morre em acidente grave moto com carreta em trecho da BR-116

/ Trânsito

Um servidor da prefeitura de Planalto, no Sudoeste baiano, morreu em uma colisão entre uma motocicleta e uma carreta. A vítima foi identificada como Geraldo Souza, informou o Blog do Anderson, parceiro do Bahia Notícias.

O acidente ocorreu em um trecho da BR-116, perto do entroncamento da localidade de Lucaia, em Planalto. Conforme informações do Plantão Planalto, o servidor voltava de um sítio de propriedade dele quando houve a batida com a carreta.

Não foi informado se o condutor da carreta ficou ferido ou prestou socorro à vítima. Atuaram na ocorrência, agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da ViaBahia, concessionária que administra a estrada.

Jequié: Prefeitura avança com obras de pavimentação asfáltica nos bairros Kennedy e Cidade Nova

/ Jequié

Prefeitura executa o Programa Asfalto Novo Por Toda Cidade

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Infraestrutura, segue com as obras do Programa Asfalto Novo Por Toda Cidade, iniciativa que faz parte do planejamento de ações que vêm transformando positivamente a malha viária do município, contemplando bairros, distritos e povoados, levando investimentos públicos em melhorias estruturais, como nos bairros Kennedy e Cidade Nova, onde as equipes vêm atuando intensamente.

Os trabalhos que vêm sendo executados contam com a compactação do solo, drenagem superficial, banho de imprimação com piche e, para concluir, vem sendo aplicada a camada de Concreto Usinado a Quente (CBUQ). Em algumas vias, como a Rua Aureliano Barbosa, no bairro Kennedy, os moradores esperaram anos pela pavimentação e durante esse tempo, sofreram com a poeira e a lama e, agora, com chegada das intervenções estruturais, trazendo as melhorias, esses problemas foram definitivamente resolvidos.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Lucindo Menezes, as obras de pavimentação seguem avançando e devolvendo a acessibilidade da população. ”Com a estabilidade climática, estamos dando seguimento ao programa de pavimentação asfáltica, interferindo na reestruturação das vias públicas do município e na Cidade Nova e bairro Kennedy, os serviços estão bastante acelerados, graças a Deus! Essas obras têm melhorado a qualidade de vida dos moradores e a auxiliado na mobilidade, de forma a modernizar o acesso às essas localidades.”, destacou o secretário de Infraestrutura, Lucindo Menezes.

MPF denuncia seis pessoas por fraudes e desvios de recursos de contratos da saúde em Jitaúna

As investigações decorrem de inquérito policial. Foto: Prefeitura

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou seis pessoas por fraudes e desvios de recursos de licitações voltadas à contratação de empresas de prestação de serviços médicos no município de Jitaúna, na Bahia. As investigações apontam a participação de gestores, servidores públicos e empresários, que teriam atuado na montagem e direcionamento de procedimentos de dispensa de licitação de contratos realizados no ano de 2017.

As investigações decorrem de inquérito policial instaurado em março de 2021. Elas apontam para a realização de contratações diretas feitas de maneira irregular, como procedimentos abertos e finalizados num único dia, cotações com preços idênticos fornecidos pelas mesmas empresas, aditivos sem justificativa e pagamentos fora do prazo, entre outras irregularidades.

Ainda de acordo com as investigações, foram contratados serviços nas mesmas áreas para as quais o município já dispunha de profissionais pagos diretamente pelos cofres públicos, ou seja, houve pagamentos em duplicidade a profissionais de saúde que figuravam tanto na folha de pagamento da prefeitura como na relação de prestadores de serviços. Há evidências ainda de que uma das empresas contratadas não possuía estrutura e porte econômico para prestar os serviços pactuados, ou sequer existia de fato.

Os investigados foram denunciados pelos crimes de dispensa de licitação sem o cumprimento das formalidades legais (art. 89 da Lei 8.666/1993), frustração de procedimento licitatório (art. 90 da Lei 8.666/1993) e desvio de verbas públicas (art. 1º, inciso I, Decreto-Lei 201/1967), na medida de suas participações.

O MPF pede também a decretação da perda de cargo e a inabilitação dos denunciados, pelo prazo de cinco anos, para o exercício de cargo ou função pública, além da reparação do dano causado ao erário, no valor mínimo de cerca de R$ 289 mil.

A denúncia foi apresentada no último dia 20 de janeiro, em razão de foro por prerrogativa de função, ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1). Cabe agora ao tribunal analisar o caso e decidir se aceita a denúncia. Em caso de recebimento, os denunciados passarão à condição de réus. As informações são do site Bahia Notícias

Bahia registra 568 casos de Covid-19 e mais 3 óbitos, informa o boletim epidemiológico da SESAB

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 568 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de + 0,03%), 711 recuperados (+0,04%) e 3 óbitos. Dos 1.784.727 casos confirmados desde o início da pandemia 1.752.638 já são considerados recuperados, 718 encontram-se ativos e 31.371 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações.

boletim epidemiológico desta quarta-feira (25) contabiliza ainda 2.085.646 casos descartados e 374.317 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta quarta-feira. Na Bahia 71.837 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento a Bahia contabiliza 11.736.721 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.991.846 com a segunda dose ou dose única, 7.710.269 com a dose de reforço e 3.114.512 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 1.094.250 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 743.770 já tomaram também a segunda dose. Do grupo de 3 a 4 anos, 82.074 tomaram a primeira dose e 38.070 já tomaram a segunda dose. Do grupo de 6 meses a 2 anos, 11.921 tomaram a primeira dose e 1.650 tomaram a segunda dose.

Após incêndio nesta quarta, agenda de apresentações é cancelada no Teatro Castro Alves, em Salvador

/ Bahia

Telhado do Teatro após incêndio. Foto: Defesa Civil de Salvador

Após o incêndio que atingiu o Teatro Castro Alves, em Salvador, nesta quarta-feira (24), a assessoria de imprensa do TCA informou que a agenda de shows dos próximos dias foi adiada. O secretário de cultura Bruno Monteiro também falou sobre o cancelamento das apresentações previstas, pelo menos, até o final de semana.

”As apresentações neste final de semana estão canceladas. Tudo que precisar ser feito para ressarcir [quem comprou os ingresso] será tomado”, afirmou o secretário, segundo informações do G1.

De acordo com a informação do secretário, pelo menos sete apresentações foram canceladas. Entre elas, está a da cantora Adriana Calcanhoto, que se apresentaria no local na quinta-feira (26), na Sala Principal. Em nota, a assessoria do TCA informou que o show será reagendado, mas não informou a nova data.

Além disso, estão adiadas as sessões da peça ”Koanza: do Senegal ao Curuzu” dos dias 27, 28 e 29; e o projeto Domingo no TCA, que ocorreria no dia 29.