Contraprova do ex-ministro teste de Geddel Vieira Lima dá negativo para Covid-19

/ Saúde

Após teste rápido dar positivo para o novo coronavírus, uma contraprova atestou que o ex-ministro Geddel Vieira Lima não contraiu a Covid-19. Segundo o jornal Correio, a informação foi confirmada pela Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização do Estado da Bahia (Seap), neste sábado (11).

”O resultado do exame do interno Geddel Quadros Vieira Lima para o Covid-19 deu negativo. Na última quarta-feira (08), ele havia testado positivo no teste rápido. A contraprova foi feita na modalidade Swab nasal”, informou a Seap.

Preso após a descoberta de um bunker com R$ 51 milhões na capital baiana, em setembro de 2018,  o político cumpre pena no Complexo Penitenciário de Salvador, no bairro da Mata Escura.

Jair Bolsonaro anuncia o professor Milton Ribeiro como novo ministro da Educação

/ Educação

Ribeiro é o quarto ministro da Educação do governo. Foto: Rede social

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, nesta sexta-feira (10), a indicação do professor Milton Ribeiro para ministro da Educação. Ribeiro é doutor em educação pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e graduado em direito e teologia. Desde maio do ano passado, integra a Comissão de Ética da Presidência da República. O decreto de nomeação foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União

O cargo estava vago desde a semana passada, quando a nomeação de Carlos Alberto Decotelli foi revogada, sem que ele tivesse tomado posse, depois de uma série de inconsistências curriculares terem vindo à tona. 

Ribeiro é o quarto ministro da Educação do governo Bolsonaro. Em declarações recentes, o presidente disse que estava buscando um nome de perfil ”conciliador” para a função

Milton Ribeiro tem uma trajetória ligada à Universidade Presbiteriana Mackenzie, onde foi reitor em exercício, vice-reitor e superintendente da pós-graduação lato sensu. Ele também fez parte do conselho deliberativo do Instituto Presbiteriano Mackenzie e da Comissão de Ética e Compliance da mesma instituição.

O currículo de Ribeiro informa que ele já atuou como representante da Universidade Mackenzie na Conferência New Frontiers in the Figth Against Corruption in Brazil at Columbia Law School, no Estados Unidos, e como diretor administrativo da Luz Para o Caminho, agência de produção de mídias da Igreja Presbiteriana do Brasil. Com informações da Agência Brasil

Covid-19: Brasil passa de 70 mil mortes e 1,8 milhão de casos, diz boletim do Ministério da Saúde

/ Saúde

As mortes por conta da pandemia do novo coronavírus passaram da casa dos 70 mil, segundo atualização diária divulgada pelo Ministério da Saúde ontem (10). Nas últimas 24h, foram registrados 1.214 óbitos, totalizando 70.398. O número total de mortes representa um aumento de 1,7% em relação a quinta-feira (9), quando o painel trazia 69.184 óbitos desde o início da pandemia.

De acordo com a atualização do ministério, 651.666 pessoas estão em acompanhamento e 1.078.763 se recuperaram. Há ainda 4.000 mortes em investigação.

O número de casos confirmados desde o início da pandemia chegou a 1.800.827. O sistema do ministério contabilizou 45.048 pessoas desde o balanço de quinta-feira. O total representa aumento de 2,5% em relação a ontem, quando o sistema marcava 1.755.779 casos confirmados. Foi o sexto dia em número de novos registros desde o início da pandemia.

Estados

Os estados com mais mortes são: São Paulo (17.442), Rio de Janeiro (11.280), Ceará (6.777), Pernambuco (5.482) e Pará (5.224). As unidades da Federação com menos óbitos pela pandemia são Mato Grosso do Sul (146), Tocantins (245), Roraima (393), Acre (417) e Santa Catarina (459).

São Paulo também lidera entre os estados com maior número de casos confirmados, com 359.110, seguido por Ceará (133.546), Rio de Janeiro (129.443), Pará (122.674) e Bahia (101.186). As unidades da Federação com menos pessoas infectadas registradas são Mato Grosso do Sul (12.261), Tocantins (14.509), Acre (15.768), Roraima (21.220) e Rondônia (26.000). Da Agência Brasil

Jequié volta a adotar toque de recolher e suspende por uma semana atividades no comércio

/ Jequié

Toque de recolher volta a partir do próximo domingo. Foto: BMFrahm

Depois de flexibilizar as atividades econômicas e por fim ao toque de recolher, Jequié volta a adotar medidas duras para tentar conter a disseminação do novo coronavírus, diante do crescimento exponencial de casos, 1.590 até esta sexta-feira, conforme informou a Prefeitura através do boletim epidemiológico. Destes, 95 foram confirmados nas últimas 24 horas, com o registro de 40 óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia e 807 estão recuperados.

O novo decreto da Prefeitura impõe também regras mais rígidas no comércio, que estava funcionando com flexibilização e agora volta à estaca zero, com a proibição da realização de toda e qualquer atividade econômica formal e informal (setores de serviços, varejista ou atacadista), no município de Jequié, incluindo ambulantes e feirantes. O decreto também prevê, a partir das 15h do dia (12) a (20) de julho a restrição da circulação de pessoas, no horário compreendido entre as 18h às 5h, devendo todos os munícipes e proprietários de estabelecimentos comerciais o cumprirem.

Comércio

Farmácias; postos de combustíveis; supermercados, hipermercados e mercadinhos (podendo funcionar diariamente até as 17h). Além de padarias e delicatessens (que só Plpoderão funcionar diariamente até as 17h); borracharias;  distribuidor de água mineral, gás de cozinha e alimentos;  Distribuidor e provedores de internet; Hospitais e atendimentos de tratamentos contínuos a exemplo de oncologia, hemoterapia, hemodiálise e diagnóstico por imagem;Clínicas médicas em geral, apenas para atendimento de urgência e emergência e cardiologia; clínicas odontológicas, apenas para atendimento de urgência; Clínicas veterinárias, apenas para atendimento de urgência e emergência; laboratórios de análises clínicas; serviços funerários e velatórios; bancos, lotéricas e cooperativas de crédito; hotéis, pousadas e Pensões; Empresas de segurança e vigilância patrimonial; restaurantes, lanchonetes, quiosques e trailers, em atendimento exclusivo por delivery;

Estabelecimentos que forneçam insumos hospitalares; Estabelecimentos de produtos agropecuários, indispensáveis à
manutenção de lavouras, rebanhos e afins; farmácias de manipulação; petshops, exclusivamente por meio de delivery; Transporte coletivo urbano;Indústrias. Os estabelecimentos que não tiveram suas atividades suspensas deverão observar as regras de uso de máscaras, higiene e limitação de público já em vigor conforme legislação municipal, em especial as normas e protocolos já  estabelecidos no Decreto Municipal nº 20.573, de 29 de junho de 2020. Decreto municipal

Irajuba: Prefeito confirma novos casos do coronavírus no município e demonstra preocupação

Jerônimo se diz preocupado em Irajuba. Foto: Blog Marcos Frahm

O prefeito Jerônimo Souza (PSD), de Irajuba, confirmou a ocorrência de novos casos do coronavírus no município, perfazendo um total de 09 casos confirmados, até esta sexta-feira (10).

O prefeito disse lamentar o crescimento da doença. ”Lamentamos esse crescimento do coronavírus em nosso município. Nós já temos hoje quatro comunidades acometidas por essa doença, as comunidades do KM 70, 73, KM 75 e agora a zona roral, comunidade de Lans. Tínhamos uma grande preocupação também em preservar o nosso cidadão, que está no campo. Tentamos inclusive fazer um trabalho de fechamento de fronteiras, a princípio, aceito pela comunidade e posteriormente a comunidade passou a rejeitar essa ideia, por não querer que ficassem fechadas as cancelas. Nós entendemos, mas agora cresce a nossa preocupação com essa comunidade ruralista, dada a facilidade de amizades, a maneira hospitaleira com que o homem do campo tem com todos os cidadãos que por lá chegam”.

O chefe do executivo pediu a população para seguir as orientações das autoridades sanitárias, apelando pelo isolamento social. ”Conto com toda a sociedade, no sentido de precaução”, concluiu.

Prefeita de Ubatã anuncia lockdown e toque de recolher a partir da próxima segunda

/ Bahia

Prefeita Simeia anuncia lockdown em Ubatã. Foto: Divulgação

A cidade de Ubatã, na região Sul, terá lockdown (bloqueio total) e toque de recolher a partir da próxima segunda-feira (13), como forma de conter o avanço da Covid-19. O anúncio das medidas foi realizado pelo secretário de Administração, Expedito Rigaud, em entrevista a Rádio Povo local.

De acordo com o pronunciamento, os estabelecimentos deverão permanecer fechados até o próximo dia 16, com exceção dos serviços essenciais, como farmácias e postos de combustíveis, através do decreto a ser publicado pela prefeita Simeia Queiroz. Ainda de acordo com o gestor, o toque de recolher vai funcionar das 18h às 5h, com restrição ao tráfego de pessoas até o fim do mês de julho.

Conforme o último boletim epidemiológico, Ubatã já registrou 218 casos da Covid-19, com 81 pacientes curados e cinco mortes confirmadas.

Jequié registra novo recorde, com mais 95 casos de Covid-19 em 24 horas, chegando a 1.590

/ Jaguaquara

Jequié bate recorde de caos do coronavírus. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, apresentou o boletim epidemiológico do coronavírus desta sexta-feira (10), atualizado às 19h, que registrou mais um grande número de casos positivos, estabelecendo mais um recorde de pessoas confirmadas com a doença, de um dia para o outro, com 95 novos casos, perfazendo um total de 1.590, até agora.

Destes, 546 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 807 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 3620 pessoas.

O boletim local conta, agora, com os dados encaminhados pelo Hospital Geral Prado Valadares (HGPV) relativos a ocupação de adultos nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Até às 12h a taxa de ocupação era de 100%.

Parte da carga de desinfetantes furtada no DEMAP da prefeitura de Jequié é devolvida a Polícia Civil

/ Jequié

Parte da carga de desinfetante foi furtada no DEMAP. Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Jequié recuperou, na manhã de quinta-feira (9), parte da carga de desinfetante furtada no DEMAP e que teria como destino a Secretaria de Serviços Públicos.

A acusação da frade é atribuída ao ex-diretor de Serviços Públicos Marcos Moura, apelidado de ”Garapa”, que teria assinado o ofício requisitando a entrega de  480 caixas de desinfetantes, que segundo as apurações teriam sido revendidos a um comerciante da cidade de Ipiaú.

Depois de investigações da Polícia, o próprio empresário de Ipiaú, levou parte do material para o Complexo Policial de Jequié e entregou ao delegado Ivan Lessa responsável pela apuração do caso.

A ação praticada pelo então diretor configura em crime que consiste na subtração ou desvio, por abuso de confiança, de dinheiro público ou de coisa móvel apreciável, para proveito próprio ou alheio, por funcionário público que os administra ou guarda; abuso de confiança pública.

Jaguaquara registrou 2 óbitos por Covid nas últimas 24 horas; dois homens, com comorbidades

/ Jaguaquara

Jaguaquara tem 2 óbitos por Covid, diz prefeitura. Foto: Blog Marcos Frahm

O município de Jaguaquara confirmou, num curto período de 24 horas, 2 óbitos por Covid-19, conforme anúncio da Prefeitura. O primeiro paciente, de 68 anos, portador de hipertensão e diabete, morador do bairro Arco-Íris, faleceu no fim da tarde de ontem no Hospital de Base de Itabuna, no Sul do Estado, para onde teria sido transferido após ter contraído o vírus.

Na manhã de hoje, o segundo paciente, de 69 anos, inclusive da  mesma rua [Nelson Gonçalves] e bairro, também portador de comorbidades, faleceu na manhã desta sexta-feira (10), no Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié, onde estava internado desde o dia (28) de Junho e teria testado positivo para o coronavírus.

Outros pacientes oriundos de Jaguaquara, que contraíram a Covid-19 encontram-se internados em UTIs de unidades de Jequié, Vitória da Conquista e Salvador.

Mais um Corolla clonado é recuperado pela PRF na Rodovia Santos Dumont BR-116, em Jequié

/ Trânsito

Corolla foi abordado no KM 677 da BR-116. Foto: Divulgação/PRF

Mais um automóvel roubado foi recuperado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em uma abordagem no KM 677 da BR-116, em Jequié. O condutor, de 38 anos, foi detido, por suspeita de receptação e uso de documento falso.

Inicialmente, foi dada ordem de parada ao veículo Toyota/Corolla, com placas de Volta Redonda (RJ). Durante a fiscalização, foram solicitados documentos pessoais dos ocupantes e do veículo.

Após realizadas consultas ao sistema de segurança, os agentes federais constataram que o documento apresentado pelo condutor apresentava indícios de falsificação. Constatou-se que o CRLV apreendido pertence a um lote furtado de órgão de trânsito do município carioca de Miracema.

Os PRFs detectaram também que se tratava de um veículo com características de identificação adulteradas, visto que o Corolla original possuía registro de roubo datada de junho/2019 em Niterói (RJ). As placas do carro foram trocadas de um veículo da mesma marca e modelo, para tentar ‘burlar’ fiscalizações da polícia.

Aos policiais, o motorista informou que o carro é de propriedade de um colega de trabalho que mora em Valença (BA).

Diante dos fatos, os ocupantes foram encaminhados juntamente a documentação apreendida e o veículo à Delegacia de Polícia Civil local, para os procedimentos legais.

Na tarde de hoje (10/07), o cidadão visitou a unidade PRF em Jequié(BA) para agradecer ao agentes federais pela excelência dos serviços prestados à sociedade.

Após denúncia, Polícia Militar de Jaguaquara intercepta e apreende caminhão roubado

/ Jaguaquara

A Polícia Militar de Jaguaquara, através de nota pública nesta sexta-feira (10) informou ter apreendido, na quinta-feira (9), um caminhão VW/24.250 CNC 6X2 de cor prata eu teria sido produto de furto.

O veículo de placa NTS-93382 foi interceptado no bairro Popular, em Jaguaquara após denúncia de que o caminhão, que trafegava no Entroncamento de Jaguaquara, seguia em direção a sede do município. O veículo e o condutor foram encaminhados à Delegacia Territorial local.

Câmara de Vereadores de Jequié passa por ”desinfecção” como forma de prevenção

/ Jequié

Instalações passaram por uma desinfecção. Foto: Souza Andrade

As dependências da Câmara Municipal de Jequié, incluindo o anexo, passaram por uma desinfecção total para a eliminação ou remoção de microrganismos na manhã desta sexta-feira (10). O trabalho de sanitarização foi executado por uma equipe designada pela Secretaria de Serviços Públicos do Município a partir de solicitação ao secretário de Saúde, feita pelo presidente da Casa, vereador Emanuel Campos – Tinho – que foi diagnosticado positivo para Covid-19.

A ação se repetirá para aumentar a sensação de segurança aos servidores que executam de forma presencial serviços essenciais nesses tempos de pandemia. Vale salientar que alguns funcionários realizam atividades em Home Office como medida visando a diminuição da circulação de pessoas.

”O secretário Vitor Lavinsky foi bastante solicito à demanda que apresentamos no sentido de fazer a desinfecção tanto do Plenário como das demais instalações do Poder Legislativo e assegurou que o secretário Vinicius viabilizaria todas as providências, inclusive repetir a ação nas semanas seguintes”, destaca o presidente Tinho.

A Câmara tem adotado várias medidas restritivas para evitar possíveis aglomerações e consequente propagação do coronavírus.

Está suspenso até 30 de setembro, o recadastramento de aposentados e pensionistas

/ Brasil

Está suspenso até o dia 30 de setembro, o recadastramento anual de aposentados, pensionistas e anistiados políticos. O prazo, que acabaria no próximo dia 16, foi prorrogado por causa da pandemia. A instrução normativa com o adiamento foi publicada na quarta-feira (8) no Diário Oficial da União.

Segundo a Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal do Ministério da Economia, cerca de 700 mil pessoas serão afetadas pelo adiamento. A instrução normativa esclarece que a suspensão não prejudica o pagamento dos benefícios aos aposentados, pensionistas e anistiados.

Realizada todos os anos no mês de aniversário do beneficiário, a comprovação de vida é exigida para a manutenção do pagamento do benefício. A prova de vida exige o comparecimento do segurado ou de algum representante legal ou voluntário à instituição bancária onde saca o benefício.

Desde agosto do ano passado, o procedimento pode ser feito por meio do aplicativo Meu INSS ou pelo site do órgão por beneficiários com mais de 80 anos ou com restrições de mobilidade. A comprovação da dificuldade de locomoção exige atestado ou declaração médica. Nesse caso, todos os documentos são anexados e enviados eletronicamente.

Justiça dá prazo de cinco dias para ACM Neto explicar medidas restritivas de enfrentamento a Covid-19

/ Justiça

ACM diz que enviará dados à Justiça. Foto: Dinaldo Silva / BNews

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), refutou qualquer tipo de polêmica sobre a decisão judicial que determinou a divulgação dos dados que embasam as medidas do combate ao novo coronavírus na Capital. Após ser indagado pelo site BNews sobre a questão, o presidente nacional do DEM afirmou, nesta sexta-feira (10), que trabalha com transparência e autorizou sua equipe a encaminhar todos os dados disponíveis.

”Eu sou absolutamente favorável a transparência e não é por outro motivo que qualquer todo dia converso com vocês, faço lives, sempre e antes de anunciar qualquer medidas eu faço aquelas apresentações que mostram os números que embasa nossa decisões. Não precisa de polêmica e nem decisão judicial nenhuma. Determinei a minha equipe que disponibilize todas as informações que nós dispomos, é claro, e que não comprometa a segurança da nossa equipe de trabalho”, afirmou, nesta sexta-feira (10), durante a retomada da medidas restritivas no bairro da Liberdade.

ENTENDA O CASO – A Seção Cível de Direito Público do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), sob a relatoria do juiz substituto de segundo grau Adriano Augusto Gomes Borges, deu o prazo de cinco dias para que a Prefeitura de Salvador explique a escolha e a adoção das medidas restritivas de combate à Covid-19 no município.

O pedido foi feito em um mandado de segurança impetrado pela jornalista e ativista Priscila Chammas Dau em maio deste ano, quando argumentou que a população tem o direito de ”analisar e compreender minuciosamente as medidas adotadas para o enfrentamento da doença Covid-19”.

A autora da ação solicitou o ”acesso às informações que serviram de base para a edição de diversos decretos municipais, além de atas de reunião, dados relativos a testes, estoques e à estratégia municipal de combate à pandemia”.

De acordo com ela, o Gabinete do Prefeito afirmou, em 10 de junho, que ”as informações já haviam sido prestadas”, mas a jornalista afirmou que não localizou nenhum arquivo inserido no requerimento administrativo, ”o que lhe fez concluir que a omissão seria uma maneira de retardar ou dificultar o atendimento à sua solicitação”.