Governadora distrital do Rotary Internacional na Bahia fará visita oficial ao Rotary de Jequié

/ Jequié

Anaci fará sua 1ª visita aos Rotary Clubs de Jequié. Foto: Divulgação

A governadora do Distrito 4550 do Rotary Internacional na Bahia, Anaci Paim, fará sua primeira visita oficial aos Rotary Clubs de Jequié nesta semana, quando cumprirá extensa agenda de atividades durante dois dias, com especial atenção aos projetos rotários desenvolvidos na cidade. Da parte do Rotary Club Jequié – Norte, presidido por Arlon Ferreira, a recepção terá início às 15 horas de terça-feira (18), na sua sede, localizada na Av. Lions Club. Em seguida ela visitará o Centro de Treinamento de Judô e participará da inauguração do mais novo Núcleo de Treinamento do Projeto Judô Ação, na sede da Associação Cultural Arte Viva, no bairro Cansanção. Além disso, a governadora distrital visitará a sede da APAE, no bairro Mandacaru e a Escola Municipal Guiomar Pinto. Anaci Paim também participará do lançamento do projeto ”Geladeira Solidária” de incentivo à leitura, às 9h30min. da manhã de quarta-feira, dia 14, na Praça Ruy Barbosa, no ponto de taxi em frente ao prédio da Secretaria da Fazenda. Consiste na instalação de uma geladeira cheia de livros à disposição das pessoas que desejam ler no local, ou até mesmo leva-los para casa com o compromisso de passar para outra pessoa após sua leitura. Fará ainda o plantio de uma árvore ao lado do marco rotário instalado na entrada da cidade, precisamente no Oasis. A governadora distrital tem agenda de entrevistas a emissoras de rádio e participará na noite de quarta-feira, dia 14, da Festa Solidária promovida pelo próprio Jequié – Norte, no salão de eventos da AABB, com a Orquestra Super Oara, cujo objetivo é angariar recursos para a manutenção, ampliação e criação de ações sociais. A governadora do Distrito 4550, biênio 2018-2019, Anaci Paim, que já foi secretária de Educação da Bahia e reitora da Universidade de Feira de Santana, empresta sua larga vivência em ações sociais na presidência do Rotary na Bahia. Este clube de serviços é uma organização que reúne homens e mulheres das mais diversas profissões, unidos no mundo inteiro, que prestam serviços humanitários, desenvolvem programas e projetos especialmente nas áreas de educação, saúde e assistência social, estimulam e fomentam o ideal de servir. Neste Município existem os clubes: Jequié, Cidade Sol, Jequié-Norte, Vale das Montanhas, além do Rotaract e Casa da Amizade.

Jequié aplica nova goleada em Maracás no Baiano Feminino 2018; time venceu por 18×0

/ Esporte

Jequié construiu um grande resultado. Fotos: Emanuel Júnior

O Jequié aplicou uma das maiores goleadas no Campeonato Baiano Feminino 2018. No sábado (18), em Maracás, o time venceu por 18×0, em uma tarde iluminada, onde atletas como Ju e Itacaré brilharam na artilharia, com 6 gols cada uma. O domínio da equipe foi completo, do primeiro ao último minuto do jogo. O comportamento do Jequié tem sido esse, desde o começo da competição, impondo o seu ritmo de jogo, atuando de maneira ofensiva, encurtando os espaços, dificultando a atuação dos adversários. O Jequié voltará a campo na próxima quinta-feira, dia 15, um feriado, para enfrentar Conquista no Waldomirão. A partida será às 15 horas. O diretor do departamento de futebol feminino e treinador, Tinho, espera contar com a presença maciça do torcedor para incentivar a equipe, que no ano passado, sagrou-se vice-campeão estadual, numa campanha surpreendente. Com informações do site Jequié e Região

Motorista morre após ser atingido por caminhão enquanto trocava pneu de veículo na BR-116

/ Trânsito

Um motorista de caminhão morreu enquanto trocava o pneu do veículo em um acostamento da BR-116, em trecho do município de Canudos, norte da Bahia, após ser atingido por outro caminhão. O acidente ocorreu na tarde de domingo (11). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o homem estava trocando o pneu do caminhão, na altura do KM-164 da rodovia, quando foi atingido na traseira pelo outro veículo, que transportava carga de piso. As circunstâncias da batida ainda são desconhecidas. Com o impacto, o caminhão parado se moveu e atingiu o homem que trocava o pneu, que morreu na hora. A cabine do caminhão que acertou o outro ficou totalmente destruída. Segundo a PRF, o corpo da vítima foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Euclídes da Cunha, na mesma região. O motorista do outro caminhão teve ferimentos leves e foi encaminhado para o Hospital de Euclides da Cunha. Não há informações sobre o estado de saúde dele.

Filho de ex-vereadora de Itamaraju morre em batida entre carro e caminhão na BR-101

/ Trânsito

Carro bateu em caminhão. Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

Um jovem de 24 anos, filho da ex-vereadora de Itamaraju, Jocélia de Souza, morreu após o carro em que ele estava bater de frente com um caminhão, na BR-101, entre as cidades de Teixeira de Freitas e Itamaruju, sul da Bahia, na tarde desta segunda-feira (12). Jefferson Souza, 24 anos, que conduzia o carro, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A mãe dele também estava no veículo e foi levada para o Hospital de Teixeira de Freitas. Não há informações sobre o estado de saúde dela. O motorista do caminhão teve ferimentos leves e também foi levado para o Hospital Municipal de Teixeira. As circunstâncias do acidente ainda são desconhecidas.G1

Ministério Público da Bahia lança aplicativo para mapear casos de racismo no estado

/ Bahia

O Ministério Público estadual (MP-BA) lançará o aplicativo ”Mapa do Racismo”, que pretende delimitar casos de violações de direitos no estado. A ferramenta vai informar o usuário e ajudar as pessoas a identificar casos de racismo. Por meio do app, será possível fazer o registro de denúncias anônimas de discriminação racial, intolerância religiosa, injúria racial e racismo institucional. Para contribuir com a investigação dos casos, será possível enviar fotos, áudios, textos, vídeos e digitalizar documentos. A ferramenta estará disponível para download no próximo dia 19. Segundo a promotora de Justiça Lívia Vaz, o aplicativo permitirá a rápida distribuição das notícias registradas pelos cidadãos aos membros com atribuição nas respectivas comarcas do estado para adoção das medidas cabíveis. Os usuários do aplicativo terão total segurança para realizarem as denúncias, pois seus dados pessoais e os relatos registrados serão mantidos em sigilo. Assim que um cidadão fizer uma denúncia, o sistema vai emitir automaticamente um código numerado e registrar a ocorrência. Após análise, a denúncia será encaminhada para o promotor de Justiça com atribuição no combate a crimes de racismo e intolerância religiosa no local da ocorrência do fato. Os dados estatísticos dos registros por município estarão disponíveis ao público, o que tornará possível o georreferenciamento dos casos de racismo.

Morre Stan Lee, criador dos heróis da Marvel

/ Mundo

Não foi divulgado o motivo da morte de Lee. Foto: Reprodução

Lenda dos quadrinhos e criador de boa parte dos personagens do universo Marvel, Stan Lee, morreu nesta segunda-feira (12), aos 95 anos. Segundo informações divulgadas pelo TMZ, uma ambulância foi chamada às pressas e o diretor foi levado para o Cedars-Sinai Medical Center, onde teria falecido. Ainda não foi divulgado o motivo da morte do empresário, que deixa, além de um grande legado de heróis, uma filha chamada J.C. ”Meu pai amou todos os seus fãs. Ele foi grande, um homem decente!” afirmou a herdeira de Lee para o TMZ.

Deputados baianos tentam frear votação do projeto ”Escola sem Partido” nesta terça-feira

/ Brasília

Alice tenta empurrar votação para dezembro. Foto: Divulgação

Parlamentares baianos que fazem parte da comissão especial que analisa o projeto de lei da “Escola sem Partido” tentarão, nesta terça-feira (13), atrasar ao máximo a ida do texto para o plenário da Câmara dos Deputados. Com o poder de pedir vista da matéria que precisa passar pela delegação obrigatoriamente, Alice Portugal (PCdoB) e Bacelar (Podemos) ensaiam o movimento para empurrar a votação da proposta para o dia 18 de dezembro. A data, próxima do recesso parlamentar, pode deixar o assunto para o próximo ano. A estratégia dos deputados baianos que, ao lado de Glauber Braga (PSOL-RJ), são minoria na comissão formada principalmente por deputados pastores da “bancada da bíblia”, é usar o regimento da Casa para atrapalhar o andamento da matéria. “Nossa primeira ideia é interpor à inconstitucionalidade do projeto e solicitar a retirada de pauta”, narrou Alice Portugal. Caso não seja atendida, a frente de oposição “linha dura”, como apelidou Bacelar, pode ainda tentar obstruir a sessão por queda de quórum ou, por fim, pedindo vista do projeto, caso fique na ordem do dia. A ação atrasaria a ida para o plenário em pelo menos cinco semanas, calcula Bacelar.  “Já conseguimos adiar a votação em duas semanas. Amanhã estarei na linha de frente para impedir o avanço desse absurdo”, disparou Bacelar, que também reconhece que a missão pode ser difícil. “A comissão é majoritariamente formada por pastores. Nossa última opção será pedir vista do projeto e atrasar a votação em pelo menos cinco sessões”, completou. Desde que Jair Bolsonaro (PSL) foi eleito presidente, a comissão especial que analisa o “Escola sem Partido” marca uma reunião por semana para tentar aprovar o projeto ainda este ano. Caso a frente organizada pelos baianos peça vista da matéria nesta manhã, a lei só poderá ser votada no plenário no meio de dezembro, se continuado o ritmo de uma sessão da comissão a cada 7 dias. Mesmo assim, a votação ficaria com prazo apertado, uma vez que o recesso parlamentar deste ano está marcado para o dia 22 do último mês do ano. “Esse é um texto retrógrado que quer substituir e subordinar a escola formal aos valores familiares, que são morais, éticos e religiosos. A escola deve respeito a princípios científicos e por isso esse projeto é inconstitucional”, defendeu Bacelar ao fazer a oposição.

O PROJETO

Atualmente o texto do “Escola sem Partido” é uma junção de pelo menos 11 outros projetos apresentados por deputados que buscam limitar o que pode ser ensinado e dito em sala de aula. Com proibições a menções a “ideologia de gênero” e teorias que enfrentam o que acreditam os pais de alunos em sala, a redação final que precisa passar pela comissão especial antes de ser votada também tem trechos elaborados pelo deputado federal baiano Erivelton Santana (Patri), que apresentou uma proposta de lei similar e com o mesmo nome em 2014.

Ministro extraordinário da transição, Onyx refere-se a Bebbiano como ”futuro ministro” de Bolsonaro

/ Política

Onyx Lorenzoni cuida da transição de governo. Foto: Estadão
O ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni, já confirmado para a Casa Civil no governo de Jair Bolsonaro, referiu-se a Gustavo Bebianno, ex-presidente do PSL, como cotado para assumir a Secretaria-Geral da Presidência da República. Os dois estiveram reunidos nesta segunda-feira (12) na residência oficial do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). ”Ainda hoje, junto com o futuro ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, fomos à casa do presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia, do DEM [do Rio de Janeiro], conversamos sobre o cenário atual, sobre o cenário futuro, e apresentamos como vai ser a condição de avaliar como pretendemos trabalhar com a Câmara dos Deputados.” Questionado se o nome de Bebianno estava sendo anunciado oficialmente, Onyx disse que expressou o ”desejo de ver alguém que foi importante na campanha e quem tem todas as condições, participar [do governo]”. Porém, ressaltou que a definição está nas mãos do presidente eleito.

Ex-ministro de Dilma, Joaquim Levy aceitou convite para presidir BNDES, diz assessoria de Paulo Guedes

/ Política

Joaquim deve ingressar no Governo Bolsonaro. Foto: Reprodução

A assessoria de imprensa do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, informou nesta segunda-feira, que o economista Joaquim Levy aceitou o convite e será indicado para presidir o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). ”Com extensa experiência em gestão pública, PhD em economia pela Universidade de Chicago, Joaquim Levy deixa a diretoria financeira do Banco Mundial para integrar a equipe econômica do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro”, diz a nota. A informação de que Levy seria indicado para a presidência do BNDES foi antecipada no domingo pela colunista Sônia Racy, que informou que o ex-ministro da Fazenda do governo Dilma Rousseff já estaria esvaziando suas gavetas na sede do Banco Mundial para se mudar para o Rio e substituir Dyogo Oliveira no comando do banco de fomento.

Deputado federal do DEM é cotado para ser ministro da Saúde, diz Jair Bolsonaro

/ Política

Luiz Henrique Mandetta se reuniu com Bolsonaro. Foto: Divulgação

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) disse nesta segunda (12) que está examinando o nome do deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) para assumir o Ministério da Saúde. Mandetta é ortopedista pediátrico, não se candidatou novamente e portanto ficará sem mandato no próximo ano. Ele se reuniu de manhã com Bolsonaro e conversaram sobre a possibilidade de assumir a pasta. Segundo Bolsonaro, Mandetta, de 53 anos, se for nomeado para a Saúde terá missões específicas. ”Tem que tapar os ralos”, afirmou. ”Queremos facilitar a vida do cidadão e economizar recursos”, acrescentou o presidente eleito, em defesa da implantação do prontuário eletrônico. ”Não temos como falar em investir mais em saúde porque estamos no limite em todas as áreas.” O presidente eleito conversou com a imprensa ao sair de sua casa, na Barra da Tijuca, para novamente ir à agência do Banco do Brasil sacar dinheiro. Foi a terceira vez que Bolsonaro saiu nos últimos dias para ir ao banco.

Bolsonaro gastou R$ 1 mil para impulsionar conteúdo, diz Google ao Tribunal Superior Eleitoral

/ Justiça

A campanha do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) à Presidência da República gastou R$ 1 mil com impulsionamento de conteúdo no Google, informou a empresa ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na noite desta segunda-feira, 12. As informações do Google foram incluídas na prestação de contas de Bolsonaro, que será analisada pelo TSE. A legislação eleitoral permite a contratação desse tipo de serviço. O impulsionamento de conteúdo é considerado gasto eleitoral e deve ser devidamente identificado na internet, além de só poder ser contratado por partidos, coligações ou candidatos. Em um documento de duas páginas, o Google informou ao TSE que a campanha de Bolsonaro efetuou contratações de impulsionamento de conteúdo com a empresa, sendo representado no caso pelo PSL. O valor do serviço foi de R$ 1 mil. Na última quinta-feira, 8, o relator da prestação de contas, ministro Luís Roberto Barroso, atendeu a um pedido de área técnica do TSE e determinou que as principais plataformas (Google, Facebook, Twitter, Instagram e WhatsApp) apresentassem dentro de um prazo de 3 dias informações sobre a contratação ou não de impulsionamento de conteúdo a favor de Bolsonaro durante a última campanha eleitoral. O Facebook e o Twitter disseram nesta segunda-feira ao TSE que as contas oficiais de Bolsonaro nessas plataformas não contrataram esse tipo de serviço. O corregedor nacional da Justiça Eleitoral, ministro Jorge Mussi decidiu no mês passado abrir uma ação de investigação judicial no TSE pedida pelo PT para que sejam investigadas as acusações de que empresas compraram pacotes de disparos em larga escala de mensagens no WhatsApp contra a legenda e a campanha de Fernando Haddad (PT) à Presidência da República.

Tribunal Superior Eleitoral aponta falhas na prestação de contas da campanha de Bolsonaro

/ Justiça

Um relatório da Assessoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias (Asepa) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontou uma série de irregularidades e indícios de omissão de gastos eleitorais na prestação de contas da campanha do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), à Presidência da República. A área técnica do TSE pediu que seja concedido um prazo de 72 horas para que Bolsonaro complemente dados e a documentação, além de apresentar esclarecimentos sobre as dúvidas levantadas pela unidade técnica. A Asepa identificou falhas como indícios de recebimento indireto de doações de fontes vedadas, ausência de detalhamento na contratação de empresas e comprovação de serviços efetuados e até mesmo as informações divergentes entre os dados de doadores constantes na prestação de contas e aquelas que constam do banco de dados da Receita Federal. “Ao efetuar o exame das manifestações e da documentação entregues pelo candidato, em atendimento à legislação eleitoral, foram observadas inconsistências ou registros na prestação de contas”, diz o parecer do TSE. De acordo com a área técnica do TSE, a prestação de contas de Bolsonaro informa doações às campanhas de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filhos do presidente eleito, que totalizam R$ 345 mil, mas não informou os doadores originários dos recursos. Também foram identificadas doações recebidas de outros candidatos ou partidos políticos com informações divergentes na prestação de contas dos doadores, apontou a Asepa. Segundo o Broadcast Político apurou, a prioridade da área técnica do TSE é o exame da prestação de conta de Bolsonaro, que saiu vitorioso das urnas e precisa obedecer uma série de ritos processuais para a diplomação. Neste primeiro momento, a força de trabalho é direcionada exclusivamente para o presidente eleito. Os demais candidatos que disputaram o Palácio do Planalto serão analisados depois de Bolsonaro. Procurada pela reportagem, a defesa de Bolsonaro disse que as dúvidas da área técnica do TSE serão respondidas dentro do devido prazo. O relator da prestação de contas é o ministro Luís Roberto Barroso, que analisará o parecer da Asepa.

Bahia apresenta sistema de controle de investimentos em assistência social durante evento

/ Bahia

Representantes de todo o Brasil estão reunidos até quarta-feira (14), em Salvador, durante o 3º Encontro Técnico do Fundo Nacional e Fundos Estaduais de Assistência Social, no Hotel Vila Velha. Sediado pela primeira vez na Bahia, o estado é o que mais tem famílias beneficiadas pelo Programa Bolsa Família, 53% da população, e registra anualmente 2,8 mil famílias atendidas pelos Centros de Referência em Assistência Social (Cras). Durante o encontro, a Bahia vai apresentar sua experiência e seu sistema de controle de investimentos do Fundo de Assistência Social. Segundo o secretário da Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Cezar Lisboa, os estados possuem um fundo para promover a assistência social. “Nós vamos apresentar nossa experiência do acompanhamento de aplicação desse fundo, um sistema de gestão que desenvolvemos ao longo do tempo e que permite acompanhar a prestação de contas e também o desenvolvimento dos planos de trabalho em cada município onde nós mantemos o cofinancimento dos serviços de assistência social nos Creas”. Lisboa afirma que a Bahia tem uma particularidade. “É um dos poucos estados do Brasil que mantém um sistema de cofinanciamento para quase todas as ações do Sistema Único de Assistência Social e o fundo é bastante atuante para esses municípios, em ações preventivas, especializadas com crianças, adolescentes, idosos, mulheres vítimas de violências, entre outras”. A diretora-executiva do Fundo Nacional de Assistência Social, Dulcelena Martins, afirma que a Bahia tem contribuído histórica e ativamente para o fortalecimento do contexto da assistência social. “A Bahia é um estado grande, que temos como referência da organização da gestão dos serviços em assistência social. Este é um encontro entre técnicos, onde será elaborado um documento que vai ser transformado em uma portaria ministerial, institucionalizando os encontros, para agregar todos os estados da federação em um trabalho de nivelação de conhecimentos, monitoramento técnico aos municípios e aprimoramento das ações”. Para a superintendente de Assistência Social do Estado, Leíza Souza, a Bahia é um estado privilegiado. “A Bahia coloca o ser humano em primeiro lugar. E pela importância de investir no social, todas as unidades de assistência social são cofinanciadas”. Segundo Leíza, a Bahia é ainda o único estado que tem um sistema para que os municípios façam a sua prestação de contas, informe quantos atendimentos são realizados no mês.

Bolsa Família perde R$ 15 bilhões

/ Artigos

Mário Negromonte Júnior (PP), presidente da Comissão de Orçamento da Câmara dos Deputados, o homem que comanda as discussões das propostas orçamentárias que vão valer em 2018, pontua alguns fatos curiosos. Os dois principais:

1 – Há um corte de 46,5% do Sistema Único de Assistência Social (Suas), que engloba os Creas e Cras, além do Bolsa Família:

”Só no Bolsa Família a pancada é de R$ 15 bilhões, o que significa dizer algo em torno de sete milhões de beneficiários excluídos. Outros R$ 30 bilhões serão cortados do benefício de prestação continuada (BPC), o que prejudicaria 2,3 milhões de pessoas. Essa é a nossa maior preocupação.

2 ”Nem Bolsonaro nem ninguém da equipe de transição procurou a Comissão de Orçamento para conversar qualquer coisa sobre a proposta enviada por Temer”.

Na espera

Negromonte diz que a pretensão da Câmara é votar o orçamento no máximo até 20 de dezembro. E mudanças a esta altura da tramitação seriam bastante complicadas. ”Estamos aguardando que o governo sinalize para a manutenção de R$ 1 bilhão para o Minha Casa, Minha Vida e mais R$ 1,6 bilhão para a Educação. Já externamos nossa preocupação e estamos aguardando”. Detalhe é que até agora Bolsonaro não conversou com o Congresso. Sobre nada.

*Por Levi Vasconcelos