Antônio Brito diz que Santa Casa de Jequié ajuda a salvar vidas com campanha Outubro Rosa

/ Entrevista

Brito no lançamento do Outubro Rosa. Foto: Blog Marcos Frahm

O deputado federal Antônio Brito, presidente da Frente Parlamentar de Luta contra a Tuberculose do Brasil, presente no evento de lançamento da Campanha Outubro Rosa da Fundação José Silveira, realizado no último sábado pela Santa Casa de Jequié classificou o evento como união de forças na luta contra o câncer de mama.

Para Brito, as ações desenvolvidas pelo Núcleo do Câncer da Mulher e pelo Centro de Reabilitação Nice Aguiar, da Santa Casa, assegurar atendimento com dignidade e qualidade aos pacientes. ”Essa é a política pública da saúde, que gera uma união de forças em apoio às mulheres. A Santa Casa está de parabéns, ajudando a salvar vidas com essa luta contra o câncer de mama”, ressaltou o deputado em entrevista ao Blog Marcos Frahm.

Santa Casa de Jequié reúne 5 mil pessoas em show beneficente da campanha Outubro Rosa

/ Jequié

A cantora Gilmelândia foi a primeira atração a subir ao palco

Um grande show, para uma grande causa. O lançamento da campanha Outubro Rosa da Fundação José Silveira, voltada à prevenção do câncer de mama, foi marcado por emoção, alegria e solidariedade. Harmonia do Samba, Gilmelândia e banda Lé Kum Cré uniram mais de 5 mil pessoas em prol de pacientes do Núcleo do Câncer da Mulher e Centro de Reabilitação Nice Aguiar, da Santa Casa de Jequié.

O evento beneficente atraiu pessoas de Jequié e de municípios vizinhos, que prestigiaram a festa, lotando a área da AABB na noite de sábado (05/10). A expectativa de arrecadação é de 10 toneladas de alimentos, além de sutiãs com prótese que serão doados a mulheres que passaram por mastectomia.  O show foi uma demonstração de solidariedade da população regional. O evento teve como patrocinadores o Bradesco, Coralmed e KMV Medical.

Os ingressos foram permutados por alimentos não perecíveis destinados às famílias de pacientes assistidos pelo Núcleo de Oncologia da Mulher.

Presidente da Fundação José Silveira, o médico Geraldo Leite

Durante o mês do Outubro Rosa, a Santa Casa de Jequié, que este ano pratica o slogan ”Siga em Frente”, desenvolverá diversas atividades voltadas para a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama.

Desde 2016, quando foi inaugurado o Núcleo de Câncer da Mulher, já foram realizados gratuitamente quase 7 mil atendimentos, com a realização na própria sede da entidade ou nas unidades móveis levadas às feiras de saúde, mais de 2 mil procedimentos com a oferta de exames de mamografia e ultrassonografia mamária.

Governador Rui Costa entrega novas ambulâncias para Santa Inês, Planaltino e outros municípios

/ Saúde

Rui entrega ambulâncias a 19 cidades. Foto: Mateus Pereira

O governador Rui Costa realizou a entrega de 19 ambulâncias tipo van para diversos municípios baianos. A ação representa um investimento de mais de R$ 3,1 milhões, com recursos oriundos de emendas de deputados federais. Cada veículo tem valor médio de R$ 166 mil.

”A entrega dessas ambulâncias certamente melhora a infraestrutura da atenção à saúde nos municípios, então fica o meu agradecimento em nome dos baianos e baianas aos nossos deputados que estão ajudando a melhorar a saúde pública na Bahia”, disse o governador Rui Costa.

O ato de entrega foi realizado na tarde desta segunda-feira (7), no pátio da Secretaria da Saúde do Estado, no Centro Administrativo da Bahia. Os municípios beneficiados foram Camacan, Casa Nova, Valença, Ilhéus , Condeúba, Guajeru, Wagner, Abaré, Itaetê, São Francisco do Conde, Ubaitaba, Varzedo, Rio Do Pires, Marcionílio Souza, Santa Inês, Planaltino e Tanque Novo, Biritinga e Igrapiúna.

O prefeito de Rio do Pires, município que fica a mais de 700 quilômetros da capital, Vânio de Gildásio, destaca a importância do equipamento para a população. ”Essa é a terceira ambulância que recebo na gestão do governador Rui Costa e para nós é um equipamento essencial para trazer pessoas que fazem treinamento em diversos hospitais na capital. Assim conseguimos oferecer mais conforto e segurança à nossa população”, ressalta.

Prefeitura de Jequié contempla alunos da EJA com cestas básicas por frequência em sala de aula

/ Educação

Secretário Paulo entrega cestas a estudantes. Foto: de Educação

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Educação, vem, desde 2018, executando o Programa Escolar de Manutenção do Aluno na Escola, o Programa Permaneça, que visa a entrega de cestas básicas aos estudantes que tiveram frequência acima de 70%, na modalidade da Educação de Jovens e Adultos (EJA). A solenidade de entrega de cestas básicas aos alunos contemplados aconteceu na última semana.

Na ocasião, estiveram presentes o secretário de Educação, o professor Paulo Andrade; as coordenadoras da EJA, Luanda Barreto e Josinélia Moreira; a presidente do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), Ângela Menezes da Silva, e o conselheiro do FUNDEB, Danilo Pereira dos Santos.

Todas as unidades escolares, que têm turmas da EJA/noturno, foram contempladas e a entrega simbólica ocorreu na Escola Municipal Professora Adinalva Miranda, no distrito de Itajuru; na Escola Municipal Doutor Daniel Andrade, na região do Tamarindo, em Itajuru; na Escola Municipal Osvaldo Evangelista Nascimento, na comunidade do Canoão, distrito de Monte Branco.

O Programa Permaneça foi aprovado pela Câmara Municipal, por meio da Lei número 2.044 de 15 de março de 2018 e, desde então, é uma ferramenta a mais que vem sendo colocada em ação como forma de ajudar a manter estável a frequência dos alunos da EJA/noturno, tornando-se parte das estratégias para que o sistema municipal de ensino combata a evasão escolar, sobretudo no turno noturno.

Jovens são presos com entorpecente em operação da PM no Entroncamento de Jaguaquara

/ Polícia

Por volta das 16h30 de sábado (05/10), uma guarnição da Polícia Militar, durante operação de combate à poluição sonora, no Entroncamento de Jaguaquara, avistou 03 indivíduos em local suspeito, próximo de casas residenciais em um conjunto habitacional do Minha Casa, Minha Vida e,  ao notarem a presença da guarnição tentaram evadir, correndo para um matagal; os policiais realizaram cerco no local, o que proporcionou a captura dos conduzidos, com uma certa quantidade de substância análoga a maconha, dinheiro e sacolés.

Ao serem questionados sobre a origem da droga, os abordados informaram pertencer a Alexandre dos Santos Rocha,19 anos,  que foi detido com Lucas Silvano dos Santos, de 22. Com eles a PM apreendeu R$ 124,10, em notas e moedas diversas; 135 gramas de substância análoga à maconha; e 01 aparelho celular, marca Linux, cor preta.

Multa para motorista que fizer transporte não autorizado passa a ser ”gravíssima”

/ Trânsito

Motoristas que fizerem transporte escolar não autorizado e transporte remunerado irregular de pessoas ou bens passam a cometer infração gravíssima a partir desta segunda-feira (7).

Para transporte escolar sem licença, a infração era considerada grave. Agora, além de ser gravíssima, terá a multa multiplicado por 5 e leva 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além de prever a remoção do veículo. Com a mudança, o valor cobrado passa de R$ 195,23 para R$ 1.467,37.

Para o transporte remunerado irregular, de pessoas ou bens, a infração passou de média para gravíssima, também com remoção do veículo, e 7 pontos na CNH. A multa sobe de sobe R$ 130,16 para R$ 293,47.

Atualmente tramita no Congresso um projeto que prevê alterações profundas no Código de Trânsito Brasileiro, proposto pelo presidente Jair Bolsonaro. Entre as mudanças sugeridas está o fim da multa para o transporte da criança sem cadeirinha,

Irmãos morrem após moto em que estavam ser atingida por carro em rodovia do sul da Bahia

/ Trânsito

Corolla bateu com moto em Porto Seguro. Foto: Divulgação/PRF

Dois irmãos morreram após a motocicleta em que estavam ser atingida por um carro, na BR-367, altura de Porto Seguro, no sul da Bahia, na noite de domingo (6). Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu no Km-30, por volta das 19h30, nas imediações de uma universidade.

Não há detalhes sobre as circunstâncias do acidente. Apesar disso, informações preliminares apontam que o carro atingiu o fundo da motocicleta.

Ronei Bispo dos Santos e Jéssica Bispo dos Santos não resistiram aos ferimentos e morreram no local. Os corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) da região. Não há informações sobre sepultamento. O motorista do veículo não foi encontrado, entretanto o carro dele foi apreendido. O caso é acompanhado pela Polícia Civil. *Com informações do G1

Homens armados invadem casa e matam jovem a tiros em Itabuna; namorada dele ficou ferida

/ Polícia

Crime ocorreu no bairro Nova Itabuna. Foto: Blog Verdinho Itabuna

Homens armados invadiram uma casa e mataram a tiros um jovem de 22 anos, na cidade de Itabuna, sul da Bahia, na noite de domingo (6). Segundo André Aragão, coordenador de polícia da cidade, a namorada da vítima, de 18 anos, também foi baleada na ação, mas sobreviveu.

Ainda de acordo com o coordenador, Moisés Bandeira dos Santos estava dentro de casa com a companheira, Thainara Ferreira Alves, na Rua do Dendê, bairro Nova Itabuna, quando os criminosos chegaram e balearam os dois.

O jovem morreu no local. O corpo dele foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) da cidade. Não há informações sobre sepultamento.

Já a namorada dele foi encaminhada para o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, que fica na cidade. Não há informações sobre o estado de saúde dela.

Os criminosos fugiram logo após o crime. A polícia ainda não tem informações sobre autoria e motivação. O caso é acompanhado pela Delegacia de Homicídio da cidade. Com informações do G1

Receita libera amanhã consulta ao quinto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 

/ Economia

A partir das 9 horas desta terça-feira (8), estará disponível para consulta o quinto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física  (IRPF) 2019. O lote de restituição inclui também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018.

O crédito bancário para 2.703.715 contribuintes será realizado no dia 15 de outubro, totalizando R$ 3,5 bilhões. Desse total, R$180.177.859,42 referem-se ao quantitativo de contribuintes com preferência: 4.848 contribuintes idosos acima de 80 anos, 32.634 contribuintes entre 60 e 79 anos, 4.281 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou doença grave, e 17.056 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Para saber se teve a restituição liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet, ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com o aplicativo, será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre a liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer requerimento por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Educação: Alunos da rede estadual de ensino participam de semana de revisão para o Enem

/ Educação

Projeto Aulão ENEM 100%, na SEC. Foto: Claudionor Jr

A Secretaria da Educação do Estado iniciou, nesta segunda-feira (7), o último ciclo de revisão do ano do projeto Aulão Enem 100%, que prepara os alunos da rede estadual para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), marcadas para 3 e 10 de novembro. As aulas seguem até sexta-feira (11) e devem reunir cerca de 1,6 mil estudantes de 40 unidades escolares de Salvador e região metropolitana, no auditório da secretaria, com a participação de professores e convidados.

As atividades são transmitidas ao vivo, no Portal da Educação, nas redes sociais (@EducacaoBahia) e no canal da secretaria no YouTube. ”Todo o material está disponível no portal. Os alunos podem entrar e ver as aulas, assim como baixar as apostilas e responder aos exercícios. Nosso objetivo é oferecer esse serviço ao maior número possível de jovens, para que eles possam melhorar ter o melhor resultado possível nas provas”, explica a superintendente de Políticas para a Educação Básica, Manuelita Brito.

Em busca do sonho de cursar engenharia elétrica, o estudante Vitor dos Santos está aproveitando o aulão para revisar os assuntos. ”Para quem vai fazer as provas, essas aulas são ótimas e têm uma importância grande no resultado que vamos ter. O projeto ajuda a manter o conteúdo fresco na cabeça, mas funciona também para nos deixar mais relaxados. Geralmente, nesse momento, a gente sente muita ansiedade, pois a prova está bem próxima. Por isso, antes da aula, há uma apresentação musical, que tem um efeito muito bom para aliviar o estresse”, afirma Vitor.

Programação

Nesta segunda-feira (7), estão sendo realizadas revisões de filosofia, história e física. Na terça (8), será a vez de matemática, redação, inglês e geografia; na quarta (9), língua portuguesa, geografia, química e matemática. Na quinta (10), os alunos irão contar com aulas de sociologia, redação, língua portuguesa e biologia. Na sexta (11), o aulão será encerrado com revisões de física, história, redação, matemática e biologia.

Além dos conteúdos para o exame nacional, o Aulão Enem 100% aborda conteúdos relativos às provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Sabe), que serão aplicadas entre 14 e 25 de outubro.

 

Universidade Federal do Sul da Bahia vive de puxadinhos enquanto espera verba

/ Educação

Criada em 2014, a UFSB (Universidade Federal do Sul da Bahia) subiu na lista geral do RUF (Ranking Universitário Folha) por dois anos consecutivos e chegou, em 2019, à 167ª posição. Agora, essa trajetória de crescimento pode ser interrompida por causa do bloqueio no seu orçamento imposto pelo Ministério da Educação, o maior entre as instituições federais. Mais da metade da verba (54%) que seria usada para custeio (contas gerais e materiais) e investimentos (obras e equipamentos) ficou retido, segundo dados da instituição. São R$ 17 milhões, ao todo.

O principal impacto foi a paralisação, em julho, da construção do novo campus Jorge Amado, em Ilhéus (a 310 km de Salvador e a 30 km de Itabuna, onde fica a reitoria). A expansão das instalações dos outros dois campi, nas cidades de Porto Seguro e Teixeira de Freitas, também parou. A dívida da instituição, só com as obras, é R$ 6,2 milhões. O ambiente é de extrema incerteza, segundo Franklin Matos, diretor de planejamento. Procurado, o MEC disse ter liberado, na última segunda (30), R$ 1,15 bilhão para as universidades, acrescentando que não “possui ingerência sobre os processos de pagamentos que estejam a cargo de suas unidades vinculadas”.

O revés é mais sentido do que em outras federais porque, além de ser muito nova, a UFSB nasceu sem uma estrutura física pronta. Até hoje, vive de puxadinhos. “A universidade não é lugar-comum, está aquém do lugar-comum. Precisava ter um tratamento diferenciado e, definitivamente, não tem”, afirma Rogério Quintella, pró-reitor de pesquisa e pós-graduação. Enquanto as obras em Ilhéus não são concluídas, o campus Jorge Amado funciona num galpão adaptado, a 10 km do centro de Itabuna. Na biblioteca, há cinco mesas de leitura e pouco mais de dez prateleiras. Livros ficam guardados em caixas.

A estrutura improvisada abriga 1.006 alunos de engenharia (florestal; agrícola e ambiental; e ambiental e da sustentabilidade) e também do chamado primeiro ciclo. A graduação na UFSB é dividida em duas etapas. Na primeira, o estudante tem uma formação geral, em artes, ciências, humanidade ou saúde. A segunda, onde entram as engenharias e outros cursos, é um bacharelado. Em Porto Seguro (a 276 km de Itabuna), são 1.028 estudantes, nos cursos de biologia, oceanologia e direito, entre outros; em Teixeira de Freitas (a 374 km da sede), são 999, em medicina e psicologia.

A reitoria e a administração funcionam em um edifício vizinho, alugado. Por lá, cartazes nas paredes exibem um pedido: “Deixe-nos crescer”. Com 18 salas e seis laboratórios, para 5.000 alunos, o campus em Ilhéus seria a resposta para essa demanda. Antes do bloqueio, a inauguração estava prevista para o primeiro semestre do próximo ano. A reportagem esteve no edifício, localizado em terreno da Ceplac (Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira), instituição ligada ao Ministério da Agricultura que já foi líder em pesquisas sobre cacau na América Latina.

A área, quase inteiramente ocupada por vegetação, tem ao todo 700 hectares, dos quais 37 foram doados à UFSB. Os banheiros já têm pias e vasos, e o piso tátil para deficientes visuais foi instalado. No teto, as estruturas que receberão painéis fotovoltaicos para a captação de energia solar também estão prontas. Outro prédio, ao lado, projetado para abrigar o setor administrativo e salas de professores, ficou só no esqueleto. Em pouco mais de três meses de obras paradas, a natureza ao redor já fez estragos. “Os animais vão tomando conta”, diz Lívia Sanjuan Farias, diretora de Infraestrutura. Por dentro, há fezes de morcego por todos os lados. A chuva causou infiltrações e ferrugem em algumas estruturas.

Após polêmica, Anitta tem nome removido de composição da música ”Onda Diferente”

/ Entretenimento

Anitta Ludmilla, Papatinho e Snoop Dogg. Foto: Reprodução

Anitta não está sendo mais creditada como uma das compositoras de ‘Onda Diferente’, canção gravada com Lumdilla e Snoop Dogg. O nome da Poderosa foi removido da lista após a polêmica do Rock in Rio, quando Ludmilla comemorou o fato de Ivete Sangalo ter cantado uma composição sua no palco principal do Festival.

Na época os fãs de Anitta caíram em cima de Ludmilla, afirmando que a artista estaria sendo egoísta ao tomar o crédito da canção toda para ela. A funkeira explicou que a composição era sua e que o nome de Snoop Dogg só estava ali devido a um acordo feito para que ele participasse da música.

Anitta ainda chegou a pedir para que seus fãs não atacassem Ludmilla por isso e explicou que o nome dela estava ali porque ela trabalhou na produção.

Porém quase uma semana depois da polêmica, Brunna Gonçalves, namorada de Ludmilla, trouxe o assunto de volta e provocou os fãs de Anitta ao filmar a funkeira cantando Onda Diferente e falar: ”Foi ela quem fez, amor! Foi ela quem fez essa música maravilhosa”.

”Querem me derrubar? Tenho couro duro”, diz Jair Bolsonaro sobre relação com imprensa

/ Brasília

Bolsonaro segue em guerra com à imprensa. Foto: Isac Nóbrega

Em uma nova radicalização de seu discurso, o presidente Jair Bolsonaro acusou nesta segunda-feira (7) a imprensa de mentir e difamar e questionou se o objetivo dos veículos de comunicação é derrubá-lo do cargo. Ao deixar o Palácio da Alvorada, onde cumprimentou um grupo de simpatizantes, ele afirmou que a cobertura da mídia ao seu governo não pode continuar com “covardia” e “patifaria”.

“Eu lamento a imprensa brasileira agir dessa maneira. O tempo todo mentindo, distorcendo, difamando. Vocês querem me derrubar? Eu tenho couro duro, vai ser difícil. Continuem mentindo”, disse. As críticas do presidente foram direcionadas à Folha de S. Paulo e ao jornal Correio Braziliense.

No domingo (6), a Folha de S. Paulo revelou que um depoimento e uma planilha obtidos pela Polícia Federal sugerem que recursos do esquema de candidaturas laranjas do PSL em Minas Gerais foram desviados para abastecer, por meio de caixa dois, a campanha de Bolsonaro.

A partir das informações, a Polícia Federal sugeriu ao Ministério Público a abertura de uma segunda investigação em decorrência do escândalo em Minas Gerais, desta vez especificamente para as contas de campanha do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Segundo reportagem publicada, um depoimento dado à Polícia Federal e uma planilha apreendida em uma gráfica sugerem que dinheiro do esquema de candidatas laranjas do PSL em Minas Gerais foi desviado para abastecer, por meio de caixa dois, as duas campanhas.

O depoimento foi dado por Haissander Souza de Paula, assessor parlamentar de Álvaro Antônio à época e coordenador de sua campanha a deputado federal no Vale do Rio Doce (MG). Ele disse à PF que “acha que parte dos valores depositados para as campanhas femininas, na verdade, foi usada para pagar material de campanha de Marcelo Álvaro Antônio e de Jair Bolsonaro”.

Em uma planilha, nomeada como “MarceloAlvaro.xlsx”, há referência ao fornecimento de material eleitoral para a campanha de Bolsonaro com a expressão “out”, o que significa, na compreensão de investigadores, pagamento “por fora”.

Já o Correio Braziliense, em reportagem nesta segunda-feira (7), afirmou que o presidente encaminhará ao Poder Legislativo projeto de reforma administrativa que deve prever o fim da estabilidade para servidores públicos.

“De novo hoje, capa do Correio Braziliense, que eu vou acabar com a estabilidade do servidor. Não dá para continuar com tanta patifaria por parte de vocês. Isso é covardia e patifaria. Nunca falei nesse assunto. Querem jogar o servidor contra mim. Como ontem a Folha de S.Paulo querendo me ligar ao problema de Minas Gerais. Um esgoto a Folha de S.Paulo”, criticou Bolsonaro.

Polícia Federal sugere nova apuração sobre caixa 2 em campanha de ministro de Bolsonaro

/ Polícia

Ministro Marcelo segue na mira da PM. Foto: Roberto Castro

A Polícia Federal sugeriu a abertura de uma segunda investigação em decorrência do caso de candidatas laranjas do PSL, desta vez especificamente para as contas de campanha do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. Conforme a Folha revelou no domingo (6), um depoimento e uma planilha apreendida na apuração do caso levantam suspeita de que dinheiro do esquema das laranjas do PSL foi desviado para abastecer, por meio de caixa dois, as campanhas do presidente Jair Bolsonaro e de Álvaro Antônio, que era coordenador da candidatura presidencial em Minas Gerais e candidato à Câmara dos Deputados. A nova investigação, caso aberta, terá o ministro de Bolsonaro como foco principal, sob suspeita de ter movimentado recursos sem o conhecimento da Justiça Eleitoral.

Além do depoimento e da planilha, a PF reuniu ainda outros indícios de recursos não contabilizados na campanha de Álvaro Antônio. Os casos estão nos autos e foram enviados para o Ministério Público, que é quem vai decidir se abre a nova apuração. O promotor Fernando Ferreira Abreu já confirmou que haverá novas investigações, mas não deu detalhes. Nas apurações do laranjal, Álvaro Antônio foi indiciado e denunciado na semana passada, ao lado de outras dez pessoas, sob acusação dos crimes de falsidade ideológica eleitoral, apropriação indébita de recurso eleitoral e associação criminosa —com penas de até cinco, seis e três anos de cadeia, respectivamente.

O hoje ministro foi o candidato a deputado federal mais votado de Minas, tendo sido reeleito ao cargo.
Não há nenhuma ação por parte da PF no que diz respeito às menções de dinheiro desviado para material de campanha para Bolsonaro. O ministro Sergio Moro (Justiça), a quem a Polícia Federal está subordinada, publicou em suas redes sociais neste domingo uma enfática defesa do presidente, apesar de as investigações estarem sob sigilo. “Jair Bolsonaro fez a campanha presidencial mais barata da história. Manchete da Folha de S.Paulo de hoje não reflete a realidade. Nem o delegado, nem o Ministério Público, que atuam com independência, viram algo contra o PR [presidente da República] neste inquérito de Minas. Estes são os fatos”, afirmou.

Adversário no segundo turno das eleições, Fernando Haddad (PT) declarou gastos de R$ 37,5 milhões. Bolsonaro, R$ 2,5 milhões. A Folha revelou, em reportagens publicadas desde o início de fevereiro, a existência de um esquema de desvio de verbas públicas de campanha do PSL em 2018, que destinou para fins diversos recursos que, por lei, deveriam ser aplicados em candidaturas femininas do partido. Neste domingo, o jornal mostrou que Haissander Souza de Paula, assessor parlamentar de Álvaro Antônio à época e coordenador de sua campanha a deputado federal no Vale do Rio Doce (MG), disse em seu depoimento à PF que “acha que parte dos valores depositados para as campanhas femininas, na verdade, foi usada para pagar material de campanha de Marcelo Álvaro Antônio e de Jair Bolsonaro”.

Em uma planilha apreendida na empresa Viu Mídia, nomeada como “MarceloAlvaro.xlsx”, há referência ao fornecimento de material eleitoral para a campanha de Bolsonaro com a expressão “NF”, que seria nota fiscal, e com a expressão “out”, o que significa, na compreensão de investigadores, pagamento “por fora”. Não há registro, na prestação de contas entregue por Jair Bolsonaro à Justiça Eleitoral, de gastos
com a Viu Mídia. Além desse novo inquérito destinado à campanha do ministro, a polícia solicitou a abertura de pelo menos mais dois para investigar, de forma individual, outros envolvidos no esquema.