Bahia se aproxima dos 2 milhões de vacinados contra Covid-19, informa Secretaria de Saúde

/ Bahia

Com 1.936.596 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 439.319 receberam também a segunda dose, até as 15 horas deste domingo, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Tem se observado volume excedente de doses nos frascos das vacinas contra a Covid-19, o que possibilita a utilização de 11 e até 12 doses em apenas um frasco, assim como acontece com outras vacinas multidoses.

O Ministério da Saúde emitiu uma nota que autoriza a utilização do volume excedente, desde que seja possível aspirar uma dose completa de 0,5 ml de um único frasco-ampola. Desta forma, poderá ser observado que alguns municípios possuem taxa de vacinação superior a 100%.

Governo do Estado prorroga toque de recolher em toda a Bahia por mais uma semana

/ Bahia

Por decisão do governo da Bahia, o toque de recolher, a proibição das aulas presenciais e a suspensão de eventos está prorrogada em todo o estado.  As medidas, que venceriam amanhã (12), passam a valer até 19 de abril. A prorrogação foi publicada ontem (11), na versão on-line do Diário Oficial do Estado (DOE).

Também fica vedada a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, no período das 18h do dia 16 até as 5h de 19 de abril. No período das 20h às 5h, em toda a Bahia, segue restrita a locomoção de pessoas, sendo vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas.

Até o dia 19, além do toque de recolher também seguem proibidas as aulas presenciais e a prática de quaisquer atividades esportivas coletivas amadoras. No caso dos esportes, ficam autorizadas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações. Continua autorizado o funcionamento de academias e estabelecimentos voltados para a realização de atividades físicas, desde que limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade do local, observados os protocolos sanitários estabelecidos.

Em 24 horas, Bahia registra 3.213 casos de Covid-19 e 98 óbitos provocados pela doença

/ Bahia

Em 24 horas, a Bahia registrou 3.213 casos de Covid-19 e mais 98 óbitos pela doença, segundo dados divulgados ontem (10) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro das mortes foram realizados hoje.

Dos 835.962 casos confirmados desde o início da pandemia, 805.347 já são considerados recuperados, 14.170 encontram-se ativos e 16.445 tiveram óbito confirmado. O estado registra 82% de ocupação de leitos de UTI adulto para pacientes com coronavírus.

Após ataques, marido de Ivete pede desculpas por dizer que cozinheira contaminou Ivete com Covid

/ Entretenimento

Daniel Cady causou revolta na rede social. Foto; Reprodução

O nutricionista Daniel Cady, marido da cantora Ivete Sangalo, se desculpou após ter sugerido a cozinheira do casal, cujo nome não foi divulgado, tinha sido a responsável por levar o vírus da Covid-19 para sua família. A mensagem foi postada  neste sábado (10) por meio do Instagram.

”Meu pedido de desculpas vai para a minha cozinheira (não vou citar nome para não expor ainda mais) para a Regina Casé por ter sido envolvida nisso tudo e para todas as pessoas que de alguma forma se sentiram ofendidas. Que Deus abençoe todos nós e que nos proteja de todo mal”, escreveu.

Por conta da polêmica, Cady foi criticado nas redes sociais. No vídeo, ele também afirmou que a funcionária foi atacada e criticada.

”E a Regina Casé, que é um tipo de representante das domésticas, cozinheiras e diaristas por sua representação, teve que engolir uma jaca ouvindo a merda do marido da Ivete”, detonou um. ”A cara da Regina Casé se fechando a cada palavra que sai da boca do marido da Ivete”, opinou outro. ”Ah claro, estamos no meio de uma pandemia e a culpa é da funcionária? Não é do patrão que a obriga a trabalhar?”, indagou mais uma. *Bahia Notícias

Ministro da Saúde, Queiroga analisará protocolo que prescreve cloroquina contra Covid-19

/ Saúde

Ministro Queiroga e o prefeito de Salvador, Bruno. Fotos: Ailton de Freitas

Motivação para a queda de dois ministros da Saúde, o protocolo do governo federal que indica o uso de cloroquina no tratamento de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, será reavaliado pela pasta. A recomendação explícita pode dar lugar a uma versão amenizada, apenas ressaltando o direito dos médicos de apelar ao ”off-label”, uso fora da bula, quando acharem necessário, mas retirando a citação nominal do medicamento. A informação é do portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias.

A ”liberdade” do médico para decidir o tratamento, conforme o governo tem abordado o assunto, ganhou força como meio de rebater as críticas direcionadas ao uso de remédios sem eficácia, o que foi estimulado desde o início da pandemia.

Editada há quase um ano, em maio de 2020, pelo ex-ministro da Saúde general Eduardo Pazuello, a recomendação não é chancelada pela comunidade médico-científica. O uso do fármaco não tem efeito comprovado.

Polêmico, o protocolo causou embates entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), entusiasta da ideia, e os ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich – ambos médicos.

Porto Seguro: MPF recomenda que prefeito aterre fiação do Quadrado em 60 dias

/ Justiça

Prefeito de Porto Seguro, Jânio, na mira d MPF. Foto: Facebook

O Ministério Público Federal, através do procurador da República Fernando Zelada, recomendou que o prefeito de Porto Seguro, Jânio Natal, adote medidas necessárias junto à Coelba para a elaboração e execução de instalação subterrânea no Quadrado de Trancoso. De acordo com o ofício, o projeto deve ser aprovado previamente pelo Iphan.

O MPF afirma que o sistema de iluminação pública instalado por vias aéreas causa impacto à ambiência do conjunto arquitetônico. O parquet diz ainda vai tomar ”medidas judiciais cabíveis, em sua máxima extensão, contra os que se mantiverem inertes”.

Nome do PSD para CPI do Covid, Otto concorda com comissão, mas critica decisão de ministro do STF

/ Política

Otto Alencar deve compor CPI no Senado. Foto: Alessandro Dantas

Presidente do PSD na Bahia, o senador Otto Alencar deve ser o nome do seu partido a compor a Comissão de Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar a atuação do governo federal durante a pandemia causada pelo coronavírus.

Apesar de ter assinado a criação do CPI, Otto discorda com a forma que ela foi instalada — a partir da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luis Roberto Barroso.

”Ele (Barroso) quis dar um tapa no Senado, no colegiado como um todo. Quando ele foi indicado para ter o voto dos senadores, ele não faria isso. Não foi uma decisão jurídica, foi uma decisão política”, afirmou Otto Alencar ao Estadão.

Otto ainda criticou o fato da comissão se reunir presencialmente. ”O Senado é um verdadeiro covidário. Sou favorável à CPI, quando houver condições sanitárias. Barroso entraria numa sala fechada, com risco de vida, para uma oitiva?”, questionou.

Detran-BA começa a aplicar novas regras de trânsito na próxima segunda-feira (12)

/ Bahia

A lei federal 14.071/20, que altera o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), começa a valer na próxima segunda-feira (12). Entre as principais mudanças estão a ampliação da validade da carteira de habilitação (CNH), o aumento na pontuação necessária para a suspensão do direito de dirigir e maior rigor na punição da Lei Seca.

Para o diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), Rodrigo Pimentel, a nova lei traz avanços e um tema que preocupa. ”O rigor para quem comete crime de trânsito sob o efeito de álcool, ajuste na regra da cadeirinha e ampliação de prazos são aspectos positivos. Já a pontuação na CNH poderia ter sido discutida de forma bastante criteriosa, já que o Brasil ainda registra mais de 30 mil mortos no trânsito por ano, o que seria motivo para endurecer as regras e não flexibilizar”, pontuou. As mudanças estão disponíveis no site do órgão (www.detran.ba.gov.br).

PM morre após receber descarga elétrica em distrito da cidade de Alcobaça, sul da Bahia

/ Bahia

Daniel Machado de MedeiroS estava de folga Foto: TV Santa Cruz

Um policial militar morreu nesta sexta-feira (9), após receber uma descarga elétrica na região do Cantagalo, distrito de Alcobaça, no sul da Bahia. As informações são da Polícia Militar da região.

De acordo com a PM, o soldado Daniel Machado de Medeiros estava de folga e recebeu um descarga elétrica enquanto fazia uma instalação de internet. Não há detalhes se ele tentava fazer a instalação da própria residência ou em outro imóvel. Também não há informações se ele chegou a ser socorrido ou morreu no local.

A polícia informou ainda que Daniel trabalhava na companhia da PM de Teixeira de Freitas, também no sul da Bahia e a cerca de 63 km de Alcobaça. O soldado deixou a esposa e uma filha. G1

Inep remarca provas do Exame Nacional para Certificação de Jovens e Adultos para agosto

/ Educação

As provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos 2020 (Encceja) foram remarcadas para o dia 29 de agosto. Por causa do cenário da pandemia da covid-19, que deixou vários estados com capacidade menor que 80% dos leitos para pacientes acometidos pelo novo coronavírus, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) ajustou o cronograma da prova, inicialmente prevista para o dia 25 de abril. A alteração foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (9).

Em nota, o Inep ressaltou que está empenhado em realizar a edição 2020 do Encceja e não tem medido esforços para cumprir sua missão institucional, sempre com aprimoramento de seus instrumentos.

“Do ponto de vista técnico-pedagógico, a postergação da data de aplicação do Encceja 2020 trará o menor impacto possível diante do estado de emergência de saúde pública de importância internacional. Assim, seguindo as recomendações já expressas por autoridades brasileiras, para a garantia da segurança de todos os envolvidos nas atividades de aplicação do exame, o Instituto entende a necessidade de adequação do calendário de aplicação das provas”, diz o documento.

Segundo o Inep, 1.630.046 participantes estão confirmados para o Encceja 2020. Desse total, 301.438 farão provas para obter certificação de ensino fundamental e 1.328.608 para o ensino médio. A participação no Encceja é voluntária, gratuita – para quem não faltou à última edição – e destinada a jovens e adultos que não concluíram os estudos na idade apropriada. Por meio do exame, que avalia competências, habilidades e saberes adquiridos no processo escolar ou extraescolar, os participantes têm a oportunidade de conseguir a certificação para as duas etapas de ensino.

Entre outras finalidades, o Encceja também possibilita que os gestores educacionais se baseiem na avaliação para corrigir questões relacionadas ao fluxo escolar, como a evasão de estudantes. Dessa forma, o exame serve de baliza para a implementação de procedimentos e políticas, visando à melhoria da qualidade na oferta da educação de jovens e adultos, bem como o aperfeiçoamento do processo de certificação. Além disso, os resultados das provas viabilizam o desenvolvimento de estudos e indicadores sobre o sistema educacional brasileiro.

Material

Os interessados no Encceja podem acessar diversos materiais de estudo, desenvolvidos pelo Ministério da Educação (MEC), disponíveis no portal do Inep.  Além das apostilas com conteúdo de todas as etapas e áreas de conhecimento, o instituto também possibilita o acesso a provas e gabaritos de edições anteriores. Todo o material é gratuito.

Aos inscritos para a certificação do ensino fundamental é disponibilizado conteúdo de matemática; ciências; história e geografia; língua portuguesa, língua estrangeira, artes e educação física. Já as apostilas para a certificação do ensino médio são de ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias.

Na página do Encceja no portal do Inep, há uma série de apostilas voltada para os professores. O conteúdo apresenta sugestões de trabalho, com o objetivo de direcionar os professores em relação ao desenvolvimento das competências e habilidades que estruturam o exame.

Mais da metade dos beneficiários gasta auxílio de forma digital, diz presidente da Caixa Econômica

/ Economia

Mais da metade das pessoas que recebem o auxílio emergencial gastam o benefício pelo aplicativo de celular, antes de fazerem o saque nas lotéricas e nas agências, disse ontem (9) o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. Ele participou do programa A Voz do Brasil e ressaltou a importância do aplicativo Caixa Tem na inclusão bancária e financeira da população.

”As pessoas estão utilizando muito bem o Caixa Tem. Mais da metade das pessoas [que recebem o auxílio emergencial] já consome o benefício antes de fazer o saque nas lotéricas e nas agências. Isso é muito importante porque essas contas [poupança] são de graça e vão ficar depois do auxílio”, disse Guimarães.

O presidente da Caixa disse que, no ano passado, o banco pagou a 120 milhões de brasileiros por meio do aplicativo e informou que a ferramenta será usada para pagar todos os benefícios sociais e trabalhistas do banco, não apenas o auxílio emergencial. ”O governo incluiu 38 milhões de pessoas que não tinham acesso a nenhum tipo de benefício social. Essas pessoas receberam uma conta bancária de graça”, acrescentou.

Fraudes

O presidente da Caixa ressaltou que, em dois casos, os beneficiários do auxílio emergencial precisarão ir às agências antes do início do pagamento. O primeiro diz respeito a alguns usuários que trocaram de telefones celulares entre o fim do ano passado e abril deste ano e tiveram o aplicativo Caixa Tem bloqueado. O segundo refere-se a beneficiários com mais de um CPF, que precisarão ir as agências comprovar a identidade.

Segundo Guimarães, o comparecimento às agências nessas situações será necessário para evitar fraudes. Ele, no entanto, pediu para os beneficiários evitarem corridas aos bancos e assegurou que todo mundo será atendido. ”Não precisa chegar cedo [à agência], basta levar identidade e o desbloqueio demora cinco minutos”, explicou.

Apesar das precauções, o presidente do banco ressaltou que o volume de fraudes foi muito pequeno, inferior ao pagamento de benefícios sociais nos Estados Unidos. De acordo com ele, em 2021, as fraudes deverão ser ainda menores, porque o auxílio emergencial será pago nas mesmas contas poupança usadas em 2020.

Saques

O pagamento da nova rodada do auxílio emergencial, com benefícios de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375 (dependendo da família), começou a ser depositado na terça-feira (6) para os trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) em janeiro nas contas poupança digitais. Hoje (9) receberam os nascidos em fevereiro. No domingo (11), receberão os nascidos em março.

Esse público só poderá sacar o auxílio quatro semanas depois do depósito na conta poupança digital. Até lá, o dinheiro só poderá ser movimentado pelo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), compras em lojas eletrônicas e pagamentos com código QR (versão avançada do código de barras) em máquinas de estabelecimentos conveniados.

Segundo Guimarães, esse prazo entre o depósito e o início dos saques é necessário para evitar aglomerações nas lotéricas e nas agências. ”Esse calendário é necessário exatamente para organizar para que as pessoas possam saber quando ir às agências. Isso foi feito no ano passado e, quando nós implementamos, ainda em maio, conseguimos uma redução muito grande nas filas. Implementamos [o calendário] pelo aniversário porque o mês de aniversário todo mundo sabe quando é e fica mais fácil para a população, principalmente a mais humilde”, explicou.

Apenas os cerca de 10 milhões de beneficiários do Bolsa Família poderão sacar diretamente o auxílio emergencial nas agências e nas casas lotéricas nos dez últimos dias do mês. De acordo com o presidente da Caixa, quase todos os inscritos no programa social receberão os valores do auxílio emergencial. Assim como em 2020, os membros do Bolsa Família receberão o valor atual do benefício ou o auxílio emergencial, prevalecendo o maior montante. Da Agência Brasil

Boletim da Covid-19 em Jequié revela mais um óbito e 54 novos casos da doença nas últimas 24h

/ Jequié

Ocupação de UTI/adulto está em 97% em Jequié. Foto: BMFrahm

O boletim da Covid-19 em Jequié revela o registro de mais um óbito, de uma mulher, de 84 anos, residente no Joaquim Romão, sem histórico de comorbidades, ocorrido em 08/04, e que estava internada no Hospital São Vicente foi divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, nesta sexta-feira (9), elevando para 266 o número de mortes.

Foram registrados mais 54 novos casos, nas últimas 24 horas, perfazendo um total de 13.506 pessoas confirmadas com a doença, até agora.

Ainda de acordo com o boletim, 12.693 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Conforme os dados repassados pelo HGPV e pelo Hospital São Vicente, a taxa de ocupação geral dos leitos de UTI/adulto está em 97%.

Destes, 15 leitos estão ocupados por residentes de Jequié e 13 leitos ocupados por pessoas de outros municípios. Até o presente momento 25.470 pessoas foram vacinadas em Jequié.

Hemoba e Polícia Militar iniciam campanha de doação de sangue em todo o estado

/ Bahia

A Fundação Hemoba e a Polícia Militar da Bahia se unem pelo segundo ano consecutivo com o tema ”Doe uma Gota de Carinho” para mobilizar e conscientizar policiais militares em todo o estado para a doação de sangue. A campanha terá abertura nesta terça-feira (13), na Vila Policial Militar do Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, onde um ônibus de coleta será instalado e ficará até sexta-feira (16), das 8h às 17h.

A unidade móvel ficará aberta para atendimento aos policiais militares e à sociedade civil que resida ou trabalhe no Centro Administrativo da Bahia (CAB) e no seu entorno. Na ocasião serão realizadas coletas de sangue e cadastros de doadores de medula no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome). Após a primeira semana no CAB, a campanha segue acontecendo até o dia 13 de maio nas unidades fixas de coleta da Hemoba do estado.

O médico hematologista e diretor da Hemoba Fernando Araújo lembra que os militares são grandes apoiadores da causa do sangue. ”É uma alegria ter os policiais militares da Bahia como parceiros. Eles vestem a camisa mesmo! Ano passado abasteceram nosso estoque em todo estado, mobilizaram muitos voluntários! Somos muito gratos por esse compromisso que eles têm com a doação de sangue”, diz.

Em 2020, os policiais mobilizaram todos os batalhões da Bahia, incentivados pela baixa dos estoques de sangue, em função da pandemia — queda representou 10% nas doações em relação a 2019. Só na primeira semana de campanha foram 694 bolsas doadas.

“A doação de sangue é um significativo ato de amor ao próximo. Com mais uma campanha, a corporação renova a parceria com a Fundação Hemoba e reafirma seu compromisso institucional”, ressalta o major Evanluiz, da Coordenação de Direitos Humanos da Diretoria de Polícia Comunitária e de Direitos Humanos (DPCDH) da Polícia Militar da Bahia.

No interior – As doações podem ser realizadas em um dos 24 pontos de coleta da Hemoba, localizados nos municípios de Feira de Santana, Camaçari, Eunápolis, Barreiras, Recôncavo da Bahia, Alagoinhas, Vitória da Conquista e outras regiões do estado. Os voluntários são atendidos por ordem de chegada, sem agendamento prévio, ou pelo Hora Marcada através do telefone de cada unidade de acordo com sua região.

Em Salvador, os atendimentos são realizados por ordem de chegada ou por agendamento através do telefone (71) 3116-5643, do e-mail [email protected] ou através do site da Hemoba.

Quem pode doar – Para doar sangue, o voluntário deve estar de máscara, em boas condições de saúde, sem sintomas virais, pesar mais de 50 quilos, estar bem alimentado, ter dormido pelo menos 6h, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12h, não fumar por, pelo menos, duas horas, e ter entre 16 e 69 anos incompletos. Menores de 18 anos precisam estar acompanhados de um responsável legal, e apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional.

Durante a pandemia, a recomendação é de que pessoas com mais de 60 anos permaneçam em casa.

Líderes do Congresso reagem a Jair Bolsonaro e veem ataque a Barroso como ameaça

/ Brasília

Bolsonaro ataca Luís Roberto Barroso. Foto: Marcos Corrêa

Líderes do Congresso reagiram ao ataque do presidente Jair Bolsonaro contra o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). O chefe do Executivo afirmou que o magistrado cometeu ”militância política” e ”politicalha” ao determinar a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Senado para investigar a atuação do governo na pandemia de covid-19.

Líderes de partidos e blocos de oposição no Congresso se uniram ao líder do MDB na Câmara, Isnaldo Bulhões (MDB-AL), e emitiram uma nota conjunta para criticar o comentário. O emedebista se diz independente e evita se posicionar como oposição ao governo. Os parlamentares veem ameaça de Bolsonaro contra a democracia e afirmam que a conduta pode ser enquadrada como crime de responsabilidade, dando base jurídica para um processo de impeachment.

”Eventuais inconformismos com decisões judiciais podem ser manifestados através de críticas, jamais de ameaças ou ações que tenham por objetivo constranger ou intimidar um juiz”, diz a nota. ”Em um momento gravíssimo como esse que nosso país atravessa, com milhares de brasileiros morrendo diariamente vítimas de Covid, é inacreditável que o governo federal se dedique a atacar outro Poder, em vez de investir todo o seu tempo e energia na busca de vacinas, leitos, medicamentos e oxigênio para nosso povo.”

Para estes líderes, o ataque de Bolsonaro a Barroso, além de ser “mais um” crime de responsabilidade do chefe do Planalto, ”só reforça a necessidade de uma investigação séria e profunda sobre as ações e omissões do governo Bolsonaro no enfrentamento à pandemia. A agressividade de sua reação é sinal de que tem muito a esconder.”

A criação da CPI da Covid preocupa o Palácio do Planalto por aprofundar o desgaste do governo em um momento de queda de popularidade de Bolsonaro e de agravamento da pandemia. Uma vez criada, a comissão poderá convocar autoridades para prestar depoimentos, quebrar sigilo telefônico e bancário de alvos da investigação, indiciar culpados e encaminhar pedido de abertura de inquérito para o Ministério Público.

*Estadão Conteúdo