Onda de assassinatos em Santa Inês deixa população apreensiva e polícia realiza operações na cidade

Polícia atua para tentar conter crimes em Santa Inês. Foto: MFrahm

Uma onda de homicídios num período de 32 dias deixou a população de Santa Inês, no Vale do Jiquiriçá, apreensiva com os casos de violência. De forma ousada, os assassinos executam as vítimas inclusive em suas residências.

O último homicídio ocorreu na noite da última quarta-feira (15), na localidade de Bela Vista, tendo como vítima José Raimundo de Oliveira, natural de Tanhaçu/BA e que foi alvejado com disparos de arma de fogo.

A polícia não descarta a hipótese de guerra de facções criminosas e afirma que as mortes estão relacionadas a rixas entre meliantes e que incursões estão sendo realizadas para elucidar os casos. Desde a noite de quarta que a Polícia Militar desencadeou operações na cidade.

Os comentários estão fechados.