OMS estima 2 milhões de óbitos por coronavírus antes de distribuição de vacina

/ Mundo

Diretor de Emergências da OMS, Mike Ryan. Foto: Reprodução

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que o número de mortes por coronavírus pode chegar a 2 milhões antes que uma vacina seja aprovada e distribuída. O número pode ser ainda maior caso não haja ação conjunta para combater a pandemia.

A avaliação é do chefe do Programa de Emergências da OMS, Mike Ryan, feita quando o mundo se aproxima da marca de 1 milhão de óbitos por Covid-19, desde a descoberta do vírus, nove meses atrás.

”A menos que façamos isso, qualquer número que você diga não é apenas imaginável, mas infelizmente muito provável. Ainda não estamos fora de perigo em lugar nenhum, não estamos fora de perigo na África”, avaliou.

De acordo com informações da Reuters e Agência Brasil, Ryan recomendou que não seja apontado o dedo para os jovens por um aumento recente de infecções, apesar dos temores crescentes de que eles estejam estimulando sua disseminação depois da flexibilização de restrições e medidas de isolamento. No entendimento do chefe da OMS, reuniões de pessoas de todas as idades em ambientes fechados têm impulsionado a pandemia.

Os comentários estão fechados.