Neto nega conversa com PP na Bahia, mas admite contato com Cacá Leão para ”aliança nacional”

/ Política

ACM ler mensagem na Câmara de Salvador. Foto: Divulgação/CMS

Ao dizer que “não precisa” pedir ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, para intermediar uma possível aliança com o PP, o prefeito ACM Neto (DEM) admitiu que mantém conversas com o partido, que integra a base de apoio do governador Rui Costa (PT). No entanto, ele nega que o contato, que inclui o deputado e filho do vice-governador João Leão, trate inicialmente de articulações para a eleição estadual. ”Eu quero repetir o que eu venho dizendo, até porque é a expressão mais fiel da verdade. Não existe nenhuma conversa para eleições na Bahia com o PP, nesse momento. A gente tem conversa com o PP para uma possibilidade de aliança nacional, com Ciro Nogueira, com o próprio Cacá Leão, mas nada que, neste momento, envolva a Bahia. Eu estou muito tranquilo porque, nesse momento, eu tenho que pensar primeiro na decisão que eu vou tomar, de deixar ou não a prefeitura, de ser ou não candidato. Depois daí, caso eu decida ser candidato, é que eu vou procurar os partidos. Então, tudo tem o seu tempo. Não tem porque ter afobamento”, disse Neto, ao ser indagado pelo site Metro1, nesta sexta-feira (2), após a leitura da mensagem do Executivo municipal na abertura dos trabalhos na Câmara de Vereadores de Salvador. Sobre a sua decisão de disputar ou não o Palácio de Ondina, o democrata garantiu que ”tudo vai ser decidido antes do mês de março”.

Os comentários estão fechados.