Mundial de Clubes: Monterrey bate Al Sadd por a 2 e terá o poderoso Liverpool como rival

/ Esporte

Os mexicanos do Monterrey foram os últimos a se classificaram na tarde de hoje (14) para as semifinais do Mundial de Clubes da FIFA. Eles venceram os anfitriões do Al Sadd, por 3 a 2, no estádio Jassim Bin Hamad, em Doha (Catar). O adversário na próxima fase será o Liverpool, da Inglaterra, atual detentor do título da Liga dos Campeões da Europa. O duelo acontece na próxima quarta-feira (18), às 14h30 (horário de Brasília).

O lateral-esquerdo Vangioni abriu o placar para o Monterrey aos 22 minutos, quando recebeu a bola pela esquerda e disparou um belo chute de canhota no ângulo esquerdo do goleiro Al Sheeb. Após o gol, o Al Sadd passou a controlar mais a bola e até teve chances de igualar o marcador, mas quem voltou a marcar foram os mexicanos: aos 45 minutos, o atacante Funes Mori não perdoou o vacilo da zaga no recuo de bola e aproveitou para fazer o segundo do Monterrey.

Na volta do intervalo, o Al Sadd botou pressão e conseguiu diminuir a diferença aos 20 minutos, com o atacante Bounedjah, de cabeça. Mas onze minutos depois, Vangioni fez bela jogada pela esquerda e deu de presente para o volante Rodríguez fazer o terceiro da equipe mexicana. O time do Catar, comandado pelo espanhol Xávi Hernández, não se entregou e, de tanto insistir, fez o segundo gol na partida aos 43 minutos da etapa final. E que golaço: o lateral Abdelkarim recebeu pela esquerda e soltou uma bomba no canto esquerdo do goleiro Barovero. Apesar de o time da casa incendiar o finzinho do jogo, o Monterrey conseguiu administrar a vantagem no placar, até o apito final, aos 50 minutos. Vitória do time mexicano por 3 a 2, que sacramentou a classificação para a semifinal. Esta é a segunda vez que o Monterrey avança à semifinal do Mundial de Clubes: em 2012 os mexicanos também se classificaram, mas na fase seguinte perderam por 3 x 1 para os ingleses do Chelsea.

Já o Al Sadd disputa a quinta colocação no Mundial contra o Espérance, da Tunísia, na próxima terça-feira (17), às 11h30 (horário de Brasília), no estádio Khalifa International, na capital do Catar. Da Agência Brasil

Os comentários estão fechados.