Ministério Público desmente informação de que investiga Comandante-geral da PM

/ Polícia

MP diz que Anselmo não é investigado. Foto: Blog Marcos Frahm

Uma notícia publicada no site Bocão News, da capital baiana, nesta sexta-feira (16) dava conta de que o Comandante-geral da Polícia Militar da Bahia, Coronel Anselmo Brandão, estaria sendo alvo de investigação criminal pelo Grupo de Atuação Especial de Controle Externo da Atividade Policial (Gacep) pelo ”suposto uso indevido de viaturas por oficiais da polícia”. Já o Ministério Público Estadual – MPE, em nota, desmentiu a informação. De acordo com a nota do MP, a promotora Isabel Adelaide Moura, do Grupo de Atuação Especial para Controle Externo da Atividade Policial (Gacep), teve como base representação formulada pela Associação de Policiais e Bombeiros e seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra). Na representação, a Aspra alegou que o comando da PM ignorou o Decreto Estadual 14.690/2013, que disciplina a utilização de veículos oficiais do Estado.

Nota de esclarecimento

O Ministério Público do Estado da Bahia esclarece que, ao contrário do divulgado, o comandante-geral da Polícia Militar da Bahia, coronel Anselmo Brandão, não é alvo de investigação criminal pelo Grupo de Atuação Especial de Controle Externo da Atividade Policial (Gacep) pelo “suposto uso indevido de viaturas por oficiais da polícia”. A informação correta é que uma recomendação foi encaminhada, no último dia 22 de maio, pela promotora de Justiça Isabel Adelaide de Moura, coordenadora do Gacep, ao comandante-geral e ao corregedor-geral da PMBA para que adotem providências no sentido de coibir o uso irregular de veículos oficiais pela corporação. A recomendação considerou o Decreto Estadual 14.690/2013, que disciplina a utilização de veículos oficiais do Estado, e teve por base representação formulada pela Associação de Policiais e Bombeiros e seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra) noticiando ao Ministério Público o descumprimento do referido decreto por alguns agentes da PMBA.

Os comentários estão fechados.