Material apreendido em operação contra pedofilia choca policiais baianos: ”É muito pesado”

/ NOTÍCIAS, Polícia

Polícia Civil detalha operação na Bahia. Foto: Almiro Lopes

Material pornográfico com bebês e crianças pequenas, além de bonecas infantis e bonecas infláveis foram apreendidos nesta quinta-feira, 17, em Salvador, região metropolitana e oito cidades do interior da Bahia, durante a Operação Luz da Infância 2, que mobilizou as policias civis e a Polícia Federal em 24 estados e Distrito Federal (DF), em uma mega ação coordenada contra a pedofilia em todo o país. Na Bahia, foram presas 10 pessoas, sete pela Polícia Civil e três pela Polícia Federal.  O teor das imagens contidas no material apreendido chocou até os investigadores. ”É muito pesado. A prática de sexo com crianças pequenas ou a imagem delas de forma pornográfica, são condutas que realmente chocam”, destacou a titular da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra à Criança e o Adolescente (Dercca), delegada Ana Crícia Macedo. ”A gente trabalha com violência contra crianças mas esse tipo é uma das condutas que mais chocam. A gente sabe que por trás daquela imagem tem uma criança que está sendo abusada e explorada, e isso tem que ser definitivamente coibido”, afirma Ana Crícia Macedo. As prisões foram realizadas em flagrante após cumprimento de 26 mandados de busca e apreensão. As investigações vêm acontecendo desde janeiro. A Polícia Civil baiana explica que os mandados foram direcionados às residências dos titulares dos planos de internet. ”Temos informação do titular da conexão que fez acesso a esse tipo de conteúdo pornográfico”. Agora, as investigações vão ser desenvolvidas para determinar quem foi que acessou esses conteúdos, se o titular dos planos ou alguém utilizando seus dados. As informações são do Correio

Os comentários estão fechados.