Maracás: Prefeito quer priorizar Saúde e Educação em 2018 e anuncia reforma do Hospital Municipal

/ Entrevista

Soya diz que saúde é o maior problema. Foto: Blog Marcos Frahm

O prefeito de Maracás diz que vai administrar o município, neste ano de 2018, com foco na Educação e na Saúde, áreas que terão prioridade em sua gestão, neste segundo ano do seu primeiro mandato como gestor público. Empresário, Uilson Venâncio Gomes de Novaes (PDT), o Soya, que saiu da iniciativa privada para a vida pública engrossa o coro dos gestores que lamentam problemas financeiros enfrentados pelas prefeituras em face da queda de arrecadação. Servidores públicos de várias cidades do Vale do Jiquiriçá e de outras regiões da Bahia passaram a conviver com a rotina de atraso salarial, gerando desgastes para os prefeitos. No entanto, em Maracás, Soya diz ter honrado compromisso com os trabalhadores e não houve atraso de salários, mas revela ter fechado o ano de 2017 com pendências com fornecedores, sobretudo de medicamentos. ”Infelizmente, é uma realidade da maioria dos municípios. Já tínhamos consciência de que seria um ano difícil, mas foi muito pior do que a gente esperava. Graças a Deus, não atrasamos salários, mas ficamos com algumas pendências com fornecedores e já estamos sanando esses probleminhas”, disse o mandatário em contato com o Blog Marcos Frahm. Ele lamenta a falta de repasse por parte do Governo Temer de  2 bilhões para socorro aos municípios, e relatou que a decisão de Michel Temer de suspender os recursos pegou a todos  de surpresa. ”Todos os prefeitos contavam com esse apoio para fechar as contas do ano passado, mas infelizmente o presidente não cumpriu e a situação das prefeituras se complicou ainda mais”, reclamou. Soya aposta na austeridade para o bom andamento da gestão. ”Vamos evitar gastos desnecessários, evitar extrapolar na contratação de pessoal, mas vamos manter os serviços essenciais a todo vapor, porque a população não pode pagar pela crise gerada pelos políticos”, afirmou. Com investimento de R$ 300 mil a Prefeitura de Maracás iniciou a reforma da estrutura física do Hospital Municipal Álvaro Bezerra, por meio de recursos destinados ao município através de emenda parlamentar do deputado federal Félix Mendonça Júnior (PDT). ”A saúde é um dos nossos grandes problemas, pois nós encontramos um hospital que não tinha se quer um aparelho Raio X, que foi adquirido agora e colocamos esse e outros serviços pra funcionar, mas precisávamos fazer alguma coisa para dar melhores condições de trabalho aos profissionais e, graças a Deus, iniciamos a reforma do hospital, que precisa estar em boas condições para atender a população”, revelou Novaes ao BMFrahm. Na Educação, o prefeito prioriza a conclusão de uma obra de uma creche na área interna do Colégio Normal de Maracás e recorre ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para destravar os recursos.  ”Encontramos essa creche sem concluir e estamos fazendo um esforço para que possamos finalizar a obra e reformar outra creche. Maracás é uma cidade com uma população pobre, onde a propaganda estava em primeiro lugar, mas na prática a realidade era outra. Temos creches que funcionam aqui, mas quanto mais equipamentos de educação estiver funcionando, melhor será para as mães, que precisam trabalhar e deixar seus filhos num bom lugar”, afirmou.

Os comentários estão fechados.